terça-feira, junho 17, 2008

Exercício Espiritual

Para este final de dia alucinante, onde houve espaço para que tudo pudesse acontecer, desde fazer coisas que nunca tinha feito antes, a ter jantares imprevistos, fica uma pequena reflexão. A primeira de um dos meus poetas preferidos de sempre e a segunda de um mestre intenso por ser tão simples.



É preciso dizer rosa em vez de dizer ideia
é preciso dizer azul em vez de dizer pantera
é preciso dizer febre em vez de dizer inocência
é preciso dizer o mundo em vez de dizer um homem
É preciso dizer candelabro em vez de dizer arcano
é preciso dizer Para Sempre em vez de dizer Agora
é preciso dizer O Dia em vez de dizer Um Ano
é preciso dizer Maria em vez de dizer aurora

Mário Cesariny, in manual de prestidigitação

E ainda:

Caminho eternamente sobre estas margens,
entre a areia e a espuma.
O fluxo do mar apagará a impressão dos meus passos,
e o vento levará a espuma.
Mas o mar e a margem
permanecerão
eternamente.
Kahlil Gibran, in Areia e Espuma



Num dia de Marte e do Arcanjo Samael, de São Manuel e de Santa Teresa Infanta
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...