terça-feira, agosto 12, 2008

Ritual de Exorcismo e Protecção

Este ritual é uma excelente alternativa ao Ritual do Exorcismo que encontramos no livro de José Medeiros. Todos os anos, no início do Outono, realizo um ritual de exorcismo, i. e., uma limpeza espiritual para me livrar de todos os aspectos negativos que possam estar presos no meu campo energético e em mim. Esse ritual costuma durar três dias, a alternativa que aqui coloco dura sete dias, ou sete meses, dependendo da escolha pessoal que se faça.
Para mim é essencial realizar anualmente um ritual de exorcismo, normalmente até deveria ser feito sempre que iniciamos algo de novo na nossa vida, deveríamos cortar com o Passado para poder encarar o Presente. Este ritual foi encontrado na Net, mas tem já muitas adaptações realizadas por mim, de forma a fazer mais sentido. Este ritual tem um aspecto interessante que é a preparação que a pessoa tem de fazer no dia antes do ritual, no dia antes de fazer os seus pedidos ela começa a enviar a energia para o Universo com a sua intenção, de protecção e de realização. Achei-o de facto interessante.

Momento adequado: durante 7 sextas-feiras ou 7 luas cheias, pode ser no dia 7 de cada mês durante 7 meses.

Material necessário para cada dia: 9 velas cor-de-rosa e 9 velas azuis; hortelã e alecrim para o banho purificador; 7 pregos; 7 alfinetes; 7 agulhas; arruda moída; alecrim moído; essência de Cravo-da-Índia ou Canela; 3 taças pequenas.

No dia anterior ao Ritual, deverá manter-se num estado calmo e purificante, tentando evitar comidas pesadas e estimulantes. Deverá acender as 3 velas cor-de-rosa e azuis de manhã, à tarde e à noite, só indo dormir quando estiverem apagadas. As velas cor-de-rosa são para o Anjo da Guarda e as azuis para o Divino, para o Pai/Mãe do Universo, mentalize tudo aquilo de que se quer livrar.
Antes do ritual tomar o banho com a hortelã e o alecrim, se não puder ser banho, faça chá.

1 – Encerrar o Círculo Mágico
2 – Abertura
3 – Ritual:
Saudar o Oriente e dizer:

Guardiães da Alquimia Real, Mestres da Magia Universal, abro este Ritual pedindo-vos para levarem deste ambiente, dos meus corpos, dos meus chacras, todo o mal por mim criado ou a mim enviado!

Colocar numa taça os sete pregos e um punhado de arruda moída e dizer:

Santos Feiticeiros, Feiticeiros Santos! Livrai-me das maldades, das invejas, dos quebrantos, dos dissabores, dos desencantos, dos perigos, dos inimigos e, principalmente, dos falsos amigos! Que assim seja!
Colocar noutra taça as sete agulhas e o alecrim moído. Dizer:

Santos Justiceiros! Santos companheiros! Vossos nomes vou pronunciar para que o Universo confirme, revitalize vosso poder. Marcus, Lázaro, Cipriano, Jorge, Catarina, Roque, Bento, Helena! Que eu seja poderosa, iluminada, forte, luminosa! Assim, com vossa ajuda, me defenderei das pedras, dos espinhos, dos perigos visíveis e invisíveis, neste e no outro mundo. Por Amor e Glória do Criador!

Numa terceira taça, colocar os sete alfinetes e as sete gotas de essência de canela e dizer:
Seja desfeito todo o Feitiço, mesmo que ele tenha sido feito no Ar, no Fogo, na Terra, no Mar! Ainda que tenha sido tecido noutro ou neste Plano! Que assim seja!
4 – Encerramento
5 – Abertura do Círculo.

Depois do ritual terminado as taças devem ser seladas e enterradas ou lançadas em água corrente. Quando o fizer reze às Entidades que estiveram presentes consigo no ritual e ao seu Anjo da Guarda para o proteger e permanecer consigo a partir de agora. Durante, pelo menos, sete dias não deverá voltar ao lugar onde colocou as taças.

Num dia de Marte e de Samael, de Santo Herculano e de santa Clara de Assis
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...