quinta-feira, setembro 11, 2008

Puxão de Orelha

Hoje aconteceu algo tão maravilhoso que não posso deixar de o referir, primeiro para registar o que aconteceu e depois para agradecer de forma pública pela graça que me foi dada.

Para hoje tinha programado aproveitar a lua em crescente para consagrar uns amuletos para uns familiares, que comprei no Bom Jesus de Braga e ainda andava à espera do momento ideal. Escolhi este dia porque a lua entrava em aquário, lua excelente para realizar rituais que tenham a ver com outras pessoas. Mas havia ainda outra situação pendente.
No Domingo passado, dia de quarto crescente, era o dia ideal para realizar um ritual para pedir prosperidade, que eu tinha agendado fazer, mas nesse dia acordei muito preguiçosa e decidi que não estava muito bem para o realizar. Na altura pensei que poderia fazê-lo depois, mas não tive grande vontade, dado que o tinha realizado há pouco tempo, em Fevereiro, o que não é assim há tanto tempo.
Contudo, hoje quando acordei e comecei a preparar o ritual de consagração, decidi que ia também fazer o da prosperidade, pois afinal a minha situação profissional estava a pedir que eu tomasse medidas.
Tudo se passou dentro da normalidade, nada de excitante ou de decepcionante a assinalar, um ritual normal que senti ter sido produtivo pois deixou-me segura de que tudo se iria passar bem, à semelhança do ritual em si. No fim, contudo, recebi uma prenda tão grande que nem soube como lidar com isso, dentro de mim surgiu um turbilhão de emoções contraditórias e confusas, até para mim. Às pessoas que tiveram de presenciar o acontecimento, mesmo se foi apenas por telefone, um muito obrigada por serem tão compreensivos, pacientes e amigos!
O que me aconteceu foi algo de muito bom, mas que apenas o tempo deixará que se revele, por isso, e mais uma vez, terei de esperar pacientemente. No entanto, foram feitas algumas pequenas mas grandes aprendizagens.
Hoje descobri que ando a perder as minhas energias desnecessariamente, hoje senti que levei mais um puxão de orelhas do Universo, que me mostrou como eu estou a dispersar, como me estou a tornar confusa e complicada. Mas graças aos deuses, quando saímos do Caminho o Universo mostra-nos, primeiro de formas suaves e depois mais evidentemente, que esse não é o Caminho. Assim, hoje experimentei a outra parte da Cabala, ou seja, aquilo em que acreditamos torna-se real, por isso cuidado; uma teoria que eu sei na prática mas que pelos vistos se está a tornar difícil de acreditar, pelo menos no campo profissional. Mais uma prova para superar!
Depois da aprendizagem de hoje, estarei ainda mais atenta para o que se passa na minha vida, isto é, estão coisas boas a acontecer ou más? Que ando a pensar, a dizer ou a fazer para criar essa realidade para mim? Estas são apenas duas das perguntas que vou incluir no fim do dia, quando fizer o meu balanço e me estiver a aconselhar com o Anjo da Guarda.

Num dia de Júpiter e de Saquiel, de São Teodoro e de São Jacinto
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...