sexta-feira, setembro 05, 2008

Rotina ou Disciplina?

Hoje apetece-me divagar sobre um aspecto que há algum tempo me andava a ocupar a mente. Quando iniciei este caminho, com mais consciência sobre aquilo que pretendia para mim, deparei-me com uma necessidade pessoal, tornar-me disciplinada.

Porém, havia uma dualidade nesse meu desejo. Dentro de mim eu deseja ser capaz de ter uma higiene diária espiritual, isto é, de conseguir todos os dias meditar, alinhar os meus chakras e desenvolver técnicas básicas de magia. Todavia, sempre que fazia uma agenda com esses compromissos a coisa descambava. Crescia dentro de mim uma dúvida enorme, pois embora desejasse essa rotina diária, não queria que a minha espiritualidade se tornasse numa rotina. O dilema foi crescendo e a mente nunca conseguiu obter uma resposta suficiente para largar o assunto. A dúvida era simples - eu queria ser disciplinada mas sem que aquilo se tornasse parte da rotina, ou seja, sem que fosse mais uma das obrigações a que todos os dias estamos sujeitos.

Larguei o assunto e, ainda por cima de férias, também larguei a disciplina, pois tem sempre de haver um momento de paragem. Tudo na vida é cíclico e depois de muito trabalho é necessário o repouso, depois de muito repouso é necessário o trabalho e por aí fora.

Então, há uns dias atrás a ler um livro que não me recordo agora o nome, descubro a minha resposta, que é bem simples. Por vezes tenho tendência a ponderar demasiado as coisas, algo que até é quase contra-natura a uma carneiro como eu, mas a verdade é que a minha auto-disciplina me ajudou a dominar essa impulsividade e agora sou demasiado ponderada em algumas situações. Enfim, nunca há situações perfeitas, talvez momentos!

A resposta é simples, conforme estava a dizer, enquanto for minha a decisão de realizar aquelas actividades com aquela regularidade, não estou a cair na rotina, pois esta acontece de forma inconsciente, sem que o desejemos; enquanto que a disciplina é algo feito e desejado com consciência do que é pretendido.
Uma resposta tão simples para acalmar a minha mente, uma resposta suficiente para que eu me sinta em paz, sabendo a distinção entre rotina e disciplina.

Num dia de Vénus e de Anael, de São Vitorino e de São Antonino
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...