domingo, dezembro 28, 2008

Melodia da Semana XXXIII

Para esta última semana do ano escolho uma música antiga, uma música que me encanta, que me faz sonhar e acreditar que vale a pena sonhar! Criada para o filme O Feiticeiro de Oz de Victor Fleming, Over the Rainbow é a melodia perfeita para concluir um ciclo da minha vida. Porém, recordei-me desta música pelo simples facto de ela estar presente no filme Australia de Baz Luhrmann.

Este filme é um conto de fadas como já não via há muito tempo, conta a história de Nullah, um menino mestiço que anda no meio dos brancos e dos negros sem se sentir parte de nenhum (sensação que tão bem conheço). Nas suas viagens com o avô vai aprendendo a ser um homem e um mago, acreditando veementemente nos seus poderes, nas canções que o Uno transmitiu aos seus Ancestrais e que ele humildemente aprende e sabiamente utiliza. É através dos olhos profundos desta criança que um casal encontra o seu caminho e uma nação o seu reinício. Aconselho vivamente este filme, cinematograficamente o realizador já conseguiu muito melhor, Romeo + Julliet ou Moulin Rouge, mas espiritualmente encontrou o seu apogeu, a sua mensagem é clara e translúcida, mas cada um retirará o que de si houver para retirar. Eu fiquei maravilhada e com uma paz no coração, relembrei que afinal esta vida é que é a Viagem e não a Outra!
Depois deste belo filme e porque normalmente no fim do ano gosto de fazer o balanço, considerei esta melodia apropriada para este estado que me assola a alma nesta época. A seguir ao Natal, o momento é ideal para fazer planos e com Marte em Capricórnio, não podia ser melhor a conjunção, vamos aproveitar esta boa Energia.
Desejo a todos um fim de ano maravilhoso e que 2009 seja um ano de conclusões, mas lembrem-se depois de uma conclusão, vem sempre um recomeço.
Fiquem com a letra maravilhosa desta música e lembrem-se "There's no place like Home!" por muito que nos façam, não permitam que a vossa essência seja corrumpida e sejam sempre vocês próprios!

Somewhere over the rainbow
Way up high,
There's a land that
I heard of
Once in a lullaby.

Somewhere over the rainbow
Skies are blue,
And the dreams that you dare to dream
Really do come true.

Someday I'll wish upon a star
And wake up where the clouds are far
Behind me.
Where troubles melt like lemon drops
Away above the chimney tops
That's where you'll find me.

Somewhere over the rainbow
Bluebirds fly.
Birds fly over the rainbow.
Why then, oh why can't I?
If happy little bluebirds fly
Beyond the rainbow
Why, oh why can't I?

Num dia dos Santos Inocentes e de Miguel, Regente da Energia de Sol
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...