quarta-feira, maio 06, 2009

O mês de Maio e os seus rituais

O mês de Maio deve o seu nome à deusa Gaia, a Grande Mãe Terra que gera os seus filhos, os nutre e os devora nas suas entranhas. A ela se associam todos os processos de regeneração, os ciclos naturais, a vida e a morte, o nascimento e o envelhecimento, a raiz e a copa da árvore, a semente e a flor...

Assim, este mês é dedicado à fertilidade, com o Ritual da Fecundidade, à Vida que se gera, com o ritual A Vida Manifestada, à procriação, com o Maypole, às mães, às flores e, curiosamente, ao silêncio, dia 7 de Maio.


Durante este mês poderemos nutrir em nós a energia maternal, não precisamos de ser mães para poder dar e receber essa energia, pelo menos eu acredito nisso. Este mês tem-e feito pensar nisso, na questão da maternindade, um dom que vejo tão mal usado, julgamnetos da minha parte, talvez, mas tenho a minha opinião sobre o que é ser mãe e pai, por isso, não posso deixar de dizer que há tanta coisa errada a acontecer com este dom. Hoje não será o melhor dia para falar sobre o assunto, pois apenas sairia a minha tristeza, mas fica a dica para um próximo post.


Ao longo do mês escolhamos momentos para transmitir histórias familiares aos mais novos, façamos com que o conhecimento antigo da família seja transmitido, ou aproveitemos os mais velhos para ouvir as suas histórias, eles têm tanto para nos ensinar.
Poderemos ainda usar esta energia da lua cheia de Touro para pedir protecção, realizando o ritual do Guardião do Lar, ou para dirigir a nossa Vontade para os projectos que temos que mais necessitem. Mas adescobri que esta lua cheia em Touro também pode ser utilizada com a sua energia oposta, a de Escorpião, vejam o excelente artigo aqui. Aproveitemos para nos curar usando a força do Escorpião.

Maio é um mês forte, façamos bom uso da energia da Lua Cheia, que ela nos ajude a recuperar a Força de concretização e de cura.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...