sexta-feira, dezembro 31, 2010

2011 o ano do Dependurado

Esperava uma energia mais animada para este ano que se inicia, mas as coisas nem sempre são como desejamos. 


Foi com alguma resignação que aceitei esta energia como sendo a regente de 2011, poderia ter ido pelo mais simples e numericamente escolhido a carta do Imperador (2+1+1) ou a da Morte (2+11), mas optei por me concentrar e tirar uma carta para este ano...saiu a 12 - O Dependurado.

Assim seja! 
A experiência é uma lanterna dependurada nas costas que apenas ilumina o caminho já percorrido.
Confúcio

2011 parece poder vir a ser ou a continuar a ser um ano de sacrifícios. Porém, estes sacrifícios serão aceites de forma diferente, mesmo que sejam impostos, cada um de nós compreenderá melhor o motivo pelo qual o faz e aceitá-lo-á mais facilmente.
Como diz Saint-Exupéry: Sacrifício não significa nem amputação nem penitência. (...) Ele é uma oferta de nós próprios ao Ser a que recorremos.

Talvez, no meio dessa situação, venhamos a conseguir compreender os paradoxos da nossa existência, os mistérios da nossa vida e de tudo o que nos envolve. É tempo de nos readaptarmos e seguirmos rumando confiantes na nossa intuição. 

Durante este ano podemos contar com muitas provas à nossa capacidade de adaptação, e não restará solução senão o fazer. Talvez no meio desta turbilhão que se adivinha possamos reencontrar o que são as nossas prioridades e redefinirmos o caminho.

O Dependurado deixa-nos um aviso, cuidado com as conversas e contratos deste ano, haverá tendência a sermos teimosos e obstinados. É preciso pormos-nos no outro lado do espelho e analisarmos a situação sobre novas perspectivas. 

Não me parece que venha a ser um ano fácil para aqueles de nós que se mantêm firmes com as suas convicções, com as suas perspectivas e se resignam a aceitar as novidades. Para aqueles que sabem aceitar os desafios da vida, as novidades, será mais simples, mas também esses terão escolhas árduas para realizar.

Os Carneiros serão abençoados com a Estrela, poderão assim esperar um ano com muitas ajudas divinas, fazendo com que o auto-sacrifício do Dependurado seja mais fácil ainda. Sendo estes um dos signos que mais aventureiros são, as mudanças serão todas muito positivas. Porém, é preciso pensar nas metas que se auto-propõem pois estas poderão não se cumprir, deixando-os um pouco frustrados.

Para os Touros, signo que se resigna às adaptações, a energia a influenciar é o Juízo Final como que a confirmar que as mudanças são obrigatórias. Esta carta ajudará os nativos de Touro a conseguirem renovar as suas energias e crenças nas suas capacidades, é o renascer das cinzas. O lado menos bom da coisa pode ter a ver com a tendência de se auto-flagelarem, quer seja pelo que dizem ou pela sensação de responsabilidade que sentem para com alguém ou alguma situação.

Para os Gémeos, os Virgens e os Sagitários a Torre, uma destruição de formas-pensamento. A Torre irá conferir uma carga mais pesada este ano para estes nativos. Será necessária alguma capacidade de reconstrução para saírem das destruições pelas quais poderão passar. O entrave ao avanço terá muito a ver com cargas emocionais antigas que ainda não foram libertas. 

Os Caranguejos e os Leões serão abençoados com os Amantes. Prevêem-se alguns romances amorosos, novas companhias e ligações a serem feitas, talvez ajudas para aprenderem a libertar os seus amores. Ser-lhes-á exigidas muitas escolhas. Por outro lado, poderemos pensar que os sacrifícios exigidos pela energia do ano possam ter a ver com as relações que mantêm com os próximos. Serão momentos decisivos nas forma de Amar e se expressar.

Os Balanças terão como carta ajudante a Temperança. Será desta que aprenderão a agir com mais celeridade nas questões? As mudanças ocorrerão para estes nativos de forma mais calma, parece que lhe será dado o tempo necessário para analisarem todas as saídas possíveis. Ou quem sabe já terão aprendido a aceitar e esperar para ver, transmutando dentro de si as expectativas. Chamada de atenção para a necessidade que pode haver em querer agradar os outros e continuar a relegar a sua escolha, se assim for o Dependurado será mais agressivo. 

Já os Escorpiões terão um ano mais suavizado com a Lua a ajudar. Se o Dependurado nos irá ajudar a todos a aprender a ouvir a nossa intuição, serão estes nativos os mais influenciados nessa questão, pois a Lua transformá-los-á em verdadeiras antenas. É preciso, porém, cuidado para que as adaptações sejam feitas com base na realidade e não na ilusão. 

Os Capricórnios terão um ano em grande! Os sacrifícios são algo com o qual estes nativos lidam bem, aceitam-nos por compreenderem as possibilidades que isso lhes trará, pelo que este ano será como estar em casa. O Mago abençoa-os conferindo a este ano uma carga iniciática importante. Terão todas as condições para começar o tal projecto que andam a adiar há tempos por outras responsabilidades. Muito sucesso este ano para estes nativos, advertência, porém, para não deixar turvar a sua percepção com a loucura da ribalta.

Os Aquarianos terão a soprar para as mudanças, que tanto lhes agrada, a Sacerdotisa ajudando-os a rumar cada vez mais para dentro dos seus conhecimentos. As adaptações deste ano serão suavizadas por esta energia, contudo, é preciso estar atento à possibilidade de recear encontrar o seu Eu. 

Por último, recebem a Morte os nativos de Peixes. Esta carta confirma a necessidade destas pessoas mudarem durante este ano, já que irão ser "forçados" a grandes mudanças externas. É preciso não recear a novidade para que a morte iniciática aconteça.

Sejam que signo forem, contem com muitas transformações na nossa vida, social, profissional e emocionalmente falando. É um ano para evoluirmos no caminho espiritual, com confiança e sem medos, com entrega e sem reservas. 

Desejo para todos nós um coração aberto ao que a vida nos dá, um sorriso nos lábios em todos os momentos e um ombro amigo para ajudar a amparar nos momentos menos fáceis. 

Feliz 2011!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...