quarta-feira, junho 30, 2010

Úrano na casa X? Sou livre através da minha profissão

Aqui está um posicionamento que confere às pessoas que nasceram sobre a sua influência uma necessidade em ter uma profissão e reputação fora do comum. Na verdade estas pessoas valorizam muito a sua liberdade no trabalho. O seu ideal mesmo é poder ser dono do seu tempo e da sua carreira na integra, isso trar-lhes-á muita realização pessoal.

Seja qual for a sua profissão, apesar de terem grandes tendências para trabalhar na electrónica, matemática ou astrologia, eles serão pessoas inovadoras nos métodos e técnicas usadas. São pessoas ambiciosas!

Porém, as mudanças que Úrano opera são também neste campo. Por isso, muitas vezes podem ver os seus trabalhos ameaçados, sendo mesmo forçados a mudar de ramo. Além disso, e que poderá ser mais grave ainda, há uma tendência quase natural para haver oscilações no dinheiro e no status.

As pessoas com este posicionamento vêem então o seu campo de trabalho entre o dinamismo de trabalhar a liberdade individual no aqui e agora, que operam através da profissão escolhida. São, por último, muito pouco conservadores em ideologias políticas. Todavia, se Úrano estiver aflito pode auferir características pouco simpáticas, criando pessoas que não reconhecem autoridade nos outros e/ou rebeldes.

Deixo-vos com alguns exemplos deste posicionamento: Michael Jackson, Jean-Claude Van Damme, Françoise Hardy, Patrick Swayze, Winona Ryder, Tina Turner, Marie Antoinette, Mystic Meg, Raymond Domenech, J. K. Rowling, Muhammad Ali, Fidel Castro, Benito Mussolini e Mao Tse Toung. 

Na primeira hora de Saturno do dia de Mercúrio, S. Marçal

segunda-feira, junho 28, 2010

O Imperador

Para a semana que nos traz o fim de Junho, a energia que nos irá influenciar é a IV - O Imperador. Para quem quiser aprofundar o que já aqui foi dito sobre esta lâmina pode clicar aqui, aqui ou aqui

O Imperador, símbolo de abundância, eram nos tempos antigos considerados como deuses. Eram seres perfeitos, não podiam mentir e possuíam todas as virtudes dos deuses. Tinham ainda o dom da cura e o poder da justiça. Se as desgraças se abatiam sobre o rei e o deixavam enfermo ou sobre o seu reino, significava que este estava corrupto.

E não é assim também connosco? Quando algo de errado nos acontece, sendo errado algo que não desejamos, quando caímos na cama doentes, não são isso sinais de que algum desvio na nossa alma aconteceu? Estejamos atentos esta semana aos sinais enviados pelo nosso corpo, ele falará para quem o quiser ouvir e para que possamos realizar as alterações necessárias na nossa programação.

O Imperador, na árvore real da vida, leva-nos de Yesod a Netzach. Este caminho da Árvore da Vida leva-nos ao  Amor supremo. Em Yesod produzem-se as imagens sublimes que encantam a nossa consciência, concretizando uma realidade material.

Aqui em Malkut, para concretizar este caminho, precisamos de projectar a Beleza na forma física. Vamos corrigir e completar os nossos hábitos, aperfeiçoar os aspectos da nossa personalidade que precisam de refinamento, ao nível interior. No exterior, tentemos projectar a semente da harmonia dos mundos sobre a Sociedade.

Será uma semana interessante, sem dúvida. O Imperador está entre nós, estejamos atentos e façamos as alterações.

Como energia sonora escolho um artista que creio fazer muito bem a comparação com este caminho. Devendra Banhart, um gémeos muito interessante. A música é Lover do albúm Smokey Rolls Down Thunder Canyon.

Espero que tenham uma semana cheia de Beleza!!!

Na primeira hora de Mercúrio do dia de Lua

Isis toma a sua decisão

Já chega com algum atraso esta partilha, mas o fim-de-semana exigiu outras lides que não estas. Foi uma semana de grande prazer, com uma liberdade bem desejada. Apesar de não sentir que esta leitura faça sentido com esta semana, com a minha é claro, cá está ela.

O encontro com o Sacerdote foi agendado. Isis estava verdadeiramente nervosa. Sabia que ele não iria poupar nas palavras e que tudo seria revelado naquele instante. Porém, a situação não se poderia alargar por mais tempo. Era chegado o momento de enfrentar os seus medos e tomar as rédeas da sua vida.
Encheu os pulmões com o ar puro da manhã e com a mesma determinação, encheu a alma de coragem.
«Bom dia minha Sacerdotisa da Maravilha. Entra e que os Mestres te acompanhem.» 
Bastou que ele olhasse para ela para ver a nuvem negra da indecisão à sua volta. Enquanto lhe preparava um chá, com ervas que ajudariam na clarificação da sua mente, começou a conversar:
«Então, como vai Alegria? Está tudo bem? Há já algum tempo que está de partida e ainda não o fez. O que o prende? Oh...como poderei ser tão distraído. Tu, é claro! Mas o que te prende a ti? Por que ainda aqui estás?»
Houve um silêncio entre os dois. Um silêncio que o Hierofante aproveitou para dispersar a nuvem e ajudar Isis a clarificar a sua mente.
«Soube da agressão a que foste sujeita. Agiste tão bem, fizeste-me sentir orgulho por te ter iniciado na Arte. O Amor comanda-te e paralisou-te no momento em que te levava para uma batalha desnecessária. Porém, parece que agora não consegues escolher a tua sucessora. Ah...vejo perfeitamente agora, é esse o teu dilema. Não há ninguém preparado o suficiente para ocupar o teu lugar.
Esse Mercúrio em Peixes obriga-te a elevar a mente. Confia e não racionalizes as tuas percepções. Aquela que escolheres terá que trilhar o seu caminho e tu não serás responsável por nada do que ela fizer. Sim, concordo contigo, é um fruto colhido antes do tempo. - Isis apenas o tinha pensado e ele já o verbalizava. -Todavia, ele poderá ter um sabor apenas diferente daquele a que nos habituámos, mas poderá ser saboroso também.
Sabes, querida Isis. Há pessoas que precisam de encontrar o objecto do seu amor para se dedicarem de corpo e alma. Terá sido assim para ti? Vénus passa por Escorpião, sê sensata.»
Mais um silêncio....e:
«Oh pelas barbas de Merlin! Como não senti essa presença?!? Minha querida, parabéns!»
Foi só quando ela baixou as guardas para pensar sobre Vénus a transitar por Escorpião que a presença que crescia dentro dela se revelou ao Sumo Sacerdote. Isis, envergonhada, coloca-se de pé para que ele a possa abençoar e determina:
«É verdade, encontrei o meu Amor e acabaste de o abençoar. Ser-te-ei eternamente grata. Seguirei em frente, ainda sem saber o que virá. Mas opto por escolher uma vida profana. Irei construir um Novo Mundo, um Mundo em que este ser possa crescer, ser e estar. No meu ser habita o desejo de construir, mas já não neste lugar. 
Quanto à minha sucessora. Creio que se revelará bastante sensato que seja a noviça Xihang. Foi uma bênção poder ser tua filha. Estou-te grata por tudo. Os nossos caminhos separam-se aqui. Que os Mestres nos acompanhem.»
O Sacerdote e Isis envolveram-se num longo e emocionado abraço. Despediram-se e ela pegou nas suas poucas posses e seguiu viagem. Num cavalo negro como a noite, seguiu só. Olhou para trás e sorriu enchendo a sua alma de gratidão. Elevou a mão e abençoou a terra que tanto amou. 
Alegria conduzia uma pequena carroça que serviria de casa aos dois, também ele tinha o seu coração cheio de felicidade. Olhou para trás e fechando os olhos reverenciou a terra onde tinha encontrado a sua família.

E finalmente a história dá um pulo. Confesso que andava a ficar cansada de tanta indecisão e adiamentos... E a vossa semana faz sentido com a de Alegria Isis? Surgiu alguém que vos fez parar e pensar? Foram para a guerra ou escolheram o caminho do Amor? 

Houve algo que não consegui enquadrar com a história, mas que desejo deixar registado, pode fazer sentido para algum de vós. Nestas cartas surge uma personalidade com uma necessidade enorme de ajudar pessoas presas, enfermas, doentes. Alguém que só poderá limpar karma envolvido com pessoas "defeituosas". 

Na primeira hora de Vénus do dia de Lua, S. Ireneu, S. Leão

quinta-feira, junho 24, 2010

S. João Baptista

S. João Baptista por Leonardo Da Vinci

Oração para protecção:

Santo percursor que merecestes de Cristo ser escolhido para preparar os homens no caminho da Redenção; que baptizaste a Jesus por Vossas mãos na ribeira do Jordão, descendo sobre ele o Espírito Santo em forma de pomba; que foste o primeiro neste mundo a saudar o redentor, exultando de contentamento ainda no ventre materno, quando Maria Santíssima visitou a Vossa mãe Santa Isabel; dignai-vos interceder sobre mim, para que alcance o redentor perdão de todos os meus pecados.
A Vós entrego a guia da minha alma e do meu corpo, para que não abrigue pensamentos desonestos ou contrários à doutrina que professo, em virtude das santas águas do Baptismo com que fui regenerado do pecado original, para merecer a glória eterna.
Assim seja.

Oração para conseguir encontrar um companheiro ou companheira, ver aqui.

Na primeira hora de Mercúrio do dia de Júpiter e do nascimento de João Baptista

quarta-feira, junho 23, 2010

Nowhere Man by The Beatles

Hoje registo uma mensagem muito importante, além de partilhar uma animação interessante!

Que a mão erguida do Hierofante não cesse de nos enviar as suas bênçãos, para que os Nowhere Men possam despertar da sua letargia e viver a sua Vida em Pleno! Que a Luz Interior do Mago que habita em nós seja acesa e expandida. 

Vamos iniciar o iniciado a iniciador unindo a Sabedoria ao Amor! 

Na primiera hora de Sol do dia de Mercúrio, S. Edeltrudes, S. João Sacerdote, S. José Cafasso

terça-feira, junho 22, 2010

O Hierofante chega com a energia do Verão

Com a chegada do Verão temos direito a uma energia especial, a do número cinco, o Hierofante.
Esta semana podemos esperar alguma estabilidade a ser manifestada. Parece-me que depois de termos limpo o karma é o momento certo para compreendermos o quão sintonizados estamos com o Uno.

The Beguiling of Merlin, de Sir Edward Coley Burne-Jones.

O Hierofante chama a nossa atenção para o domínio dos quatro elementos que se unem agora com o quinto - o Espírito.
Não será, portanto, difícil de conseguir levar as nossas ideias a bom porto esta semana, basta que nos lembremos que tudo e todos somos parte do mesmo.

Como energia sonora escolho I Want Candy de Bow Wow Wow. Aproveitem a música que evoca o melhor do Verão e que esta Luz se manifeste em todos.

A todos uma Excelente semana!

Na primeira hora de Mercúrio do dia de Marte, S. Paulino, S. Tomás Moro, S. Albano

segunda-feira, junho 21, 2010

Solstício de Verão

Viva o Verão, o Caranguejo e o Girassol! 


Na primeira hora de Vénus do dia de Lua, S. Luís Gonzaga

domingo, junho 20, 2010

Limpando o Karma com a Justiça


A Sacerdotisa começou a busca da nova Representante da Deusa perante a Comunidade. Porém, a tarefa verificou-se mais difícil do que ela esperava.
A primeira candidata revelou-se ser demasiado materialista para a tarefa. A sua união com o Divino, o seu canal especial estava entupido por desejos de matérias. A segunda era o oposto, ela acreditava ser a encarnação da Deusa! Parecia que o equilíbrio entre estas duas era mais árduo do que previsto.
Com estas dificuldade, Isis deu por si a pensar se estaria a agir cedo demais. Uma semente lançada à Terra antes das sementeiras é um desperdício. Será que a sua saída da comunidade sem ter preparado antes uma candidata conveniente, não seria também uma atitude estéril?
Optou por sair da sua cabana. Lá fora as candidatas continuavam reunidas à espera da sua vez para prestar provas. A reverência foi total, assim que identificaram os tons azuis da Alta-Sacerdotisa. Isis sentiu a energia da adoração como há muito não sentia. E nesse instante, uma das mulheres vestidas de branco lança-se a ela!
A violência do gesto foi tão forte que a poeira do lugar dançou no ar, enquanto a noviça tentava esfaquear a Sacerdotisa. 
Isis mal precisou de se defender pois as mulheres que estavam à sua volta lançaram em sua ajuda. Rapidamente conseguiram desarmá-la e aprisioná-la. Isis, ainda sem assimilar o impacto da acção, lança-se sobre ela e mira-a profundamente na alma, através do olhos. Era incrível o rancor que aquela alma emanava para com ela. Parecia um rancor alimentado durante séculos.
Num leve acenar da mão mandou que a libertassem. A decisão encontrou a população surpresa. Ninguém conseguia compreender bem aquela decisão. Mandava ela libertar alguém que a tentara matar?!? O espanto era geral. Isis num tom neutro e equilibrado, virando a cabeça e falando sobre o ombro direito, esclarece:
«Ela nada mais fez que me mostrar o efeito da minha decisão. Fui imprudente julgando que a Sacerdotisa poderia abandonar a sua posição e perseguir um sonho. Enquanto a Deusa não manifestar a próxima Sacerdotisa, permanecerei aqui. O crime dessa pobre mulher foi única e exclusivamente ter servido aos Deuses para me darem uma mensagem. Libertem-na e que ela siga em paz.»
«Quererão os Deuses que aquela que faz a ponte entre o Divino e a Comunidade se sinta miserável na sua função? Minha Sacerdotisa, não pretendo ser arrogante ou falar de um assunto que não me pertence, mas o meu Amor por ti impele-me a fazê-lo. Vejo tristeza na tua alma, apesar da tua voz estar tranquila. Bem sei que representarás o teu papel, mas não deverá este ser mais do que isso?»
Um dos Druidas mais velhos, que assistia à cena há algum tempo, começou a ordenar a dispersão e a resposta à noviça ficou por ser dada. Isis ficou aliviada que assim tivesse acontecido, pois mais uma vez se sentia perdida, entre aquilo que eram os seus deveres e os seus desejos. Precisava consultar o Sumo Sacerdote, só ele poderia tomar uma decisão.


Assim terminou a semana da Justiça, onde o Karma foi colhido e limpo. Onde as acções tiveram o espelho imediato das suas consequências. A Sacerdotisa viu a sua vida ameaçada, mas compreendeu que era apenas um efeito das suas escolhas. E nós? Conseguimos compreender isso a tempo? 

Na terceira hora de Vénus do dia de Sol, S.  Silvério, S. Macário, S. Bernardo de Claraval

sexta-feira, junho 18, 2010

Poema à boca fechada

Não direi:
Que o silêncio me sufoca e amordaça.
Calado estou, calado ficarei,
Pois que a língua que falo é de outra raça.

Palavras consumidas se acumulam,
Se represam, cisterna de águas mortas,
Ácidas mágoas em limos transformadas,
Vaza de fundo em que há raízes tortas.

Não direi:
Que nem sequer o esforço de as dizer merecem,
Palavras que não digam quanto sei
Neste retiro em que me não conhecem.

Nem só lodos se arrastam, nem só lamas,
Nem só animais bóiam, mortos, medos,
Túrgidos frutos em cachos se entrelaçam
No negro poço de onde sobem dedos.

Só direi,
Crispadamente recolhido e mudo,
Que quem se cala quando me calei
Não poderá morrer sem dizer tudo.


in OS POEMAS POSSÍVEIS, José Saramago

Na segunda hora de Júpiter do dia de Vénus

Invocar as direcções

Sempre que damos início a um ritual precisamos primeiro de fechar o Círculo Mágico e, em seguida, invocar as direcções, ou por outras palavras, realizar o ritual de abertura.
Invocation de Frederic Leighton

Quando o Círculo é fechado e sentimos que estamos plenamente protegidos da influências exteriores, é o momento indicado para invocar as Entidades que concluirão a protecção do espaço.Essas entidades estão associadas aos quatro elementos e aos quatro pontos cardeais. 

Pela ordem de invocação: a Oriente temos a Ar, lugar onde todos os começos se dão, e como seu regente temos as Sílfides e o Arcanjo Rafael,  a Sul o Fogo e como regente as Salamandras e o Arcanjo Miguel, a Ocidente a Água e as Ondinas e Gabriel e, por último, a Norte a Terra e os Gnomos e Uriel. 

Passando em cada ponto cardeal, que deve de facto corresponder à realidade, deve realizar-se um convite ou uma ordem, dependendo da familiaridade que têm com os Elementais e com os rituais. Atenção que as ordens devem ser dadas apenas a alguns, certas Entidades, como os feéricos e as Deidades, nunca devem ser ordenadas, meramente convidados a participar, com muita humildade, or else!

No fim das invocações de todas as portas, regressa-se ao altar e convida-se a Deusa e o Deus a estarem presentes na cerimónia. Este convite deve ser feito de braços abertos, recebendo a energia com acolhimento sincero.

Deixo-vos exemplos de invocações usadas na tradição wicca, que elas sirvam como base de trabalho para cada um criar a sua forma de abrir o ritual. 

De frente para Oriente, com ou sem os instrumentos deste elemento na mão, dizer de forma a que a voz pareça transpor todas as barreiras existentes e chegue ao lugar onde habitam as maravilhas. Dizer:

Torres de vigia do Oriente - Sílfides, guardiães, espíritos e elementais - oiçam o meu pedido.
Poderes sussurantes do Oriente e do Ar, peço a vossa presença esvoaçante e transitória hoje neste círculo.
Juntem-se a mim neste local que está fora de tudo, neste tempo fora do tempo, enquanto desenho o círculo Sagrado para adorar e fazer magia.
Guardem, protejam, testemunhem e adorem comigo esta noite, juntando os vossos poderes e bênçãos a este empreendimento.
Bem-vindos sejam os poderes do Ar que vêm para equilibrar este lugar sagrado. Abençoados sejam.

Permaneçam nesse lugar pelo tempo que for necessário, fechando os olhos e visualizando a energia desse elemento a invadir o lugar. Enquanto a imagem ficar estável na sua mente, não se mexa. Aproveite e receba a energia. Quando pronto dirigir-se para Sul e dizer:

Torres de vigia do Sul - Salamandras, guardiães, espíritos e elementais - oiçam o meu pedido.
Poderes apaixonados do Sul e do Fogo, peço a vossa presença fogosa e transformadora hoje neste círculo.
Juntem-se a mim neste local que está fora de tudo, neste tempo fora do tempo, enquanto desenho o círculo Sagrado para adorar e fazer magia.
Guardem, protejam, testemunhem e adorem comigo esta noite, juntando os vossos poderes e bênçãos a este empreendimento.
Bem-vindos sejam os poderes do Fogo que vêm para equilibrar este lugar sagrado. Abençoados sejam.

Fazer como em cima e seguir para Ocidente. Dizer:

Torres de vigia do Ocidente - Ondinas, guardiães, espíritos e elementais - oiçam o meu pedido.
Poderes férteis do Ocidente e da Água, peço a vossa presença psíquica e purificadora hoje neste círculo.
Juntem-se a mim neste lugar para além de todos os lugares, neste tempo para além do tempo, enquanto lanço o círculo Sagrado para adorar e fazer magia.
Guardem, protejam, testemunhem e adorem comigo esta noite, juntando os vossos poderes e bênçãos a este empreendimento.
Bem-vindos sejam os poderes da Água que vêm para equilibrar este lugar sagrado. Abençoados sejam.

Como em cima, permanecer no lugar o tempo que for necessário e depois caminhar para Norte. Dizer:

Torres de vigia do Norte - Gnomos, guardiães, espíritos e elementais - oiçam o meu pedido.
Poderes estabilizadores do Norte e da Terra, peço a vossa presença forte e reconfortante hoje neste círculo.
Juntem-se a mim neste lugar para além de todos os lugares, neste tempo para além do tempo, enquanto desenho o meu círculo Sagrado para adorar e fazer magia.
Guardem, protejam, testemunhem e adorem comigo esta noite, juntando os vossos poderes e bênçãos a este empreendimento.
Bem-vindos sejam os poderes da Terra que vêm para equilibrar este lugar sagrado. Abençoados sejam.

Neste momento convém voltar a Oriente e fechar o círculo que caminhámos. Há que goste, eu incluída, de dar três voltas ao espaço em comunhão com a energia que chegou, costumo dançar enquanto o faço. Depois regressar ao Altar e virada para Oriente chamar a presença da Deusa/Deus.
The Garden of the Hesperides de Frederic Leighton

De braços abertos dizer:

Abençoada Senhora da Vida, da Morte e do Renascimento, mãe de toda a criação, peço humildemente a tua presença neste círculo esta noite. Testemunha a minha magia e confere-lhe as tuas energias criativas. Bem-vinda e abençoada sejas.
Abençoado Senhor, Deus deste mundo e do que está para vir, espírito da vegetação, peço humildemente a tua presença neste círculo esta noite. Testemunha a minha magia e confere-lhe as tuas bênçãos. Bem-vindo e abençoado sejas.

Deve ser acesa uma vela neste momento para celebrar a presença e iluminar o espaço. Eu uso branca. Podem também em cada ponto cardeal, que marcam com o Nascer do Sol, vendo onde ele acontece no vosso espaço ou com uma bússola, colocar uma vela que acendem quando os invocam e apagarão quando realizarem o ritual inverso, de encerramento.

A cor de Oriente é amarelo, Sul é vermelho, Ocidente é azul e Norte é verde escuro.

Talvez noutro dia partilhe o ritual de José Medeiros, que uso, já com algumas alterações feitas por compreender que o meu sentir desse ritual era ligeiramente diferente.

Na primeira hora de Lua do dia de Vénus, S. S. Leôncio, S. Marceliano, S. Gregório Barbarigo, S. Márcio

quinta-feira, junho 17, 2010

quarta-feira, junho 16, 2010

Auto-Iniciação

Objectivo: consagração ritual aos trabalhos da Arte.

Materiais necessários: vela branca, sal e óleo vegetal.

Momento adequado: realizar o ritual numa noite de Lua Cheia. Tomar um banho de purificação. Vestir roupa branca ou muito clara. Meditar longamente sobre o sentido deste ritual, da dedicação ao serviço da Arte e da vontade e determinação de percorrer o Bom Caminho e vencer o Bom Combate.

1 - Círculo Mágico.
2 - Abertura. 
3 - Ritual:

Em frente ao altar, na direcção de Oriente, acender a vela branca e colocar um pouco de sal sobre a língua.
Dizer:
Energia Primordial, Pai/Mãe do Universo, através do sal eu me consagro à Grande Mãe, Senhora da Natureza Terrena, de quem tudo nasce e a quem tudo regressa neste plano Ajuda-me a atravessar esta porta, a travar o Bom Combate e a percorrer o Bom Caminho que me foi destinado, para que a tua vontade se cumpra.

Colocar o frasco com óleo sobre o pentagrama, ajoelhar e cruzar os braços sobre o peito.
Dizer:
Eu, .....(nome mágico)......, de minha livre vontade e em consciência, tendo por testemunhas as Entidades Angelicais e os Génios e Poderes dos Quatro Elementos, prometo solene e sinceramente dedicar a minha vida ao estudo da Arte e da Tradição, percorrendo a via que me conduz à Sabedoria e ao Conhecimento.
Energia Primordial, Pai/Mãe do Universo, protege-me no Bom Combate, dirige-me no Bom Caminho e inspira-me em todos os meus estudos e trabalhos.
Que assim seja.

De pé, virar para Oriente e dizer:
Génios e Poderes do Ar; sois testemunhas do meu voto. A partir deste momento consagrarei a minha vida ao serviço da Grande Deusa, manifestação da energia Primordial no nosso Plano.

Virar para Sul e dizer:
Génios e Poderes do Fogo; sois testemunhas do meu voto. A partir deste momento consagrarei a minha vida ao serviço da Grande Deusa, manifestação da energia Primordial no nosso Plano.

Virar para Ocidente e dizer:
Génios e Poderes do Água; sois testemunhas do meu voto. A partir deste momento consagrarei a minha vida ao serviço da Grande Deusa, manifestação da energia Primordial no nosso Plano.

Virar para Norte e dizer:

Génios e Poderes do Terra; sois testemunhas do meu voto. A partir deste momento consagrarei a minha vida ao serviço da Grande Deusa, manifestação da energia Primordial no nosso Plano.

Pegar no óleo, colocar uma gota no dedo indicador direito e ungir a testa em cruz, dizendo:
Que a minha mente se abra para o Conhecimento dos Mestres e a Sabedoria da Tradição.

Ungir a boca em cruz e dizer.
Que a minha boca permaneça fechada para as palavras vãs e os discursos inúteis. Que nunca se abra para divulgar o que não deve ser divulgado.

Ungir o coração em cruz e dizer:
Que o meu coração se mantenha aberto para o Amor e saiba desenvolver as emoções fortes, justas e belas, que nos ajudam no Caminho.

Ungir as palmas das mãos em cruz dizendo:
Que as minhas mãos executem os trabalhos da Arte com justeza e perfeição e se ergam para saudar os Mestres e a Grande Mãe.

Ungir os pés em cruz e dizer:
Que os meus pés me conduzam sempre pelo Bom Caminho.

Ficar em silêncio, durante algum tempo, fazendo uma ligação mental com as Entidades Angelicais agradecendo-lhes a protecção, dizendo:
Rafael, Arcanjo do Ar; Miguel, Arcanjo do Fogo; Gabriel, Arcanjo da Água; Uriel, Arcanjo  da Terra; bem hajam pela protecção e ajuda que me deram durante o meu trabalho.

4 - Encerramento.
5 - Abertura do Círculo

in Rituais Antigos para um Mundo Novo - Manual de Magia, José Medeiros

Na primeira hora de Saturno do dia de Mercúrio, S. Francisco Regis, S. Aureliano, S. Ciro, S. Júlia

terça-feira, junho 15, 2010

Úrano na casa IX? Sou livre viajando!

Este posicionamento é fenomenal! A meu entender, pois claro!
Úrano opera nestas pessoas forçando-as a viajar, já viram que chatice!!! Bom, claro que só estou a ver as coisas boas, mas sempre que algo não estiver de acordo com a energia evolutiva destes nativos, Úrano forçá-los-á a fazer uma viagem.
A viagem pode não ser física, visto que este posicionamento transmite uma certa tendência para a filosofia, a religião e o ocultismo, mas mais numa vertente de reencarnações, de vidas passadas e afins. Porém, estas pessoas não serão aquelas que se regem pelas massas, bem pelo contrário a sua originalidade manifesta-se precisamente aqui. Inovadores e pouco ortodoxos poderão manifestar-se contra as instituições e religiões.

A juntar a estas características temos ainda uma certa inovação na educação, quer seja como pais ou como professores. Para o fazer usam as novas tecnologias de forma positiva, mostrando a liberdade através da inovação.

Todavia, se Úrano estiver aflito as coisas não serão tão simples. Há tendência para que a liberdade filosófica ou religiosa crie os fanáticos, os beatos, os filósofos de cadeira que não agem, os políticos e os sociais inertes. Enfim, ao invés de pregarem as suas próprias crenças baseadas nas suas experiências reias, debitam informações decoradas.

Em suma, Úrano na casa IX cria pensadores e religiosos que ambicionam mudar a forma de transmitir os conhecimentos, que através de viagens vão cumprindo a sua missão! Como disse Fernando Pessoa: Eu não evoluo, viajo. Deveria estar a referir-se a este posicionamento, não?

Famosos com este posicionamento e que sejam exemplo do que está descrito em cima: Mahatma Gandhi, Paul McCartney, Bill Clinton, Françoise Sagan, Woody Allen, Jules Verne, Prince, Andy Warhol, Vladímir Vladímirovitch Putin, Jiddu Krishnamurti, Abraham Lincoln, Moliere, Robert Coffy e Mata Hari.

Na primeira hora de Vénus do dia de Marte, S. Vito, S. Modesto, S. Crescência, S. Benilde, S. Germana

segunda-feira, junho 14, 2010

La Justice avec Justice

Depois da Lua Nova surge-nos a Justiça, energia 8 na Rota! Com esta carta voltámos atrás na Jornada da Árvore da Vida. Será que alguma das nossas acções precisa de ser revista e purificado o karma que gerou?

Estamos agora no Caminho do Adepto, o caminho da condição humana para a divindade. Pretendemos sair da Beleza em direcção à Casa do Pai, mas para isso temos de nos submeter à severidade.  
Todas a acção gera um efeito! Como este anúncio, "Má comida, mau cão"!

Que efeitos temos vindo a cocriar recentemente? Será que esta semana vai ser difícil ou fácil? Bom...tudo depende mesmo do que andámos a fazer. Se as nossas acções causaram mais efeitos positivos que negativos, a semana será calma, um autêntico ponto de equilíbrio!
Se pelo contrário...bom...só espero que tomemos consciência de que é um efeito ricochete e o abracemos o mais cedo possível.

Seja como for...será uma semana de aprendizagem, com exigências ao nível da Integridade! Vamos dar o nosso melhor como sempre, certo?

Para nos inspirar, uma música um pouco diferente daquilo a que vos acostumei, para esta semana temos a pop electrónica francesa a invadir o Grimoire. Fiquemos com Genesis de Justice! Se não gostarem podem sempre pôr em silêncio ou avançar para a seguinte e descobrir que o Grimoire tem tido uma música escondida há semanas...

A todos uma excelente semana temperada de Justiça!

domingo, junho 13, 2010

A providência, o destino, o fatus...será que está tudo escrito?

A Sacerdotisa não sabia o que responder...Ela acreditava que tudo estava certo a toda a hora, que qualquer errado representa também um correcto...mas desta vez...a dúvida habitava a sua alma.
Alegria havia chegado até ela em sonhos. Seguindo o curso natural da história ela foi um dia a uma fonte onde deveria oferecer água a um Cavaleiro, tal como vira no seu sonho. Fora nesse instante que os seus caminhos actuais se cruzaram, mas só mais tarde compreendeu Alegria que deveria procurá-la. E ela esperou sempre pacientemente.
Estiveram juntos todo este tempo, viveram em harmonia e as aprendizagens foram muitas, mas como sempre...chegara a hora da despedida. Será que também ela deveria seguir e abandonar esta comunidade que conhecera toda a vida? Se assim for porque não recebeu um sonho, um aviso, uma premonição? Eram estas as dúvidas que assolavam a sua mente e coração. 
«Úrano entrou nos reinos de Carneiro e isso, de facto, convida às mudanças, às limpezas. Sempre pude contar com ele para realizar a harmonia dos corpos e restabelecer as ligações necessárias, eliminado o fútil...mas e agora…Será um bom momento para avançar?» 
Consultando as suas cartas, para uma orientação, a Sacerdotisa deu por si a constatar que um fim estava próximo, mas isso tanto podia representar a partida de Alegria só, um fim nesta etapa partilhada, ou ela seguir com ele, um fim na sua história com a comunidade. Intrigada, decide usar o método que sempre usa quando em dúvida. 
Fechou o círculo mágico, sentou-se no centro, depois de convidar os guardiães das portas, e meditou. Como um flash, uma cena invadiu a sua percepção: o seu coração em tamanho gigante, apertadinho numa sala minúscula. Aproximou-se e tocou-lhe, eis senão quando este se abre e de lá dentro sai a imagem de Alegria e atrás dele uma criança, um rapaz parecido com ele. 
A Sacerdotisa compreendeu imediatamente que esta era a sua família e que este era o desejo do seu coração. 
Virou-se para trás, pois ouvira um som, e viu a sua comunidade em festa. Estavam felizes e a comemorar algo. Aproximou-se e entendeu que era a sua festa de despedida. A Anciã aproximou-se e beijou-lhe o ventre, balbuciando umas palavras que ela não descodificou. Atrás desta veio outra mulher que executou o mesmo ritual e outra e outra e outra ainda. 
A Sacerdotisa sentia-se em estado de graça, até que ... ouviu dentro de si um alerta: 
Cuidado, em todo o caminho há circunstâncias dolorosas, traumáticas. Uma mulher trar-te-á grande desgraça! Cuidado!» 
Despertou do seu transe ainda com aquelas palavras a ecoarem na sua alma. Não deveria ser muito grave, afinal, todos os caminhos têm as suas dificuldades e todos, num momento ou noutro, representamos um desafio para alguém. Mais confiante decide dar as novas, não só a Alegria, mas a toda a comunidade. 
E tal como na sua visão, a sua família realizou uma festa para celebrar a nova vida de Isis, a antiga Sacerdotisa da comunidade do Vale, agora Mãe e Esposa de Alegria, o Caminhante. 
Todavia, no meio da fila de mulheres a abençoarem a nova vida dentro e fora de Isis, havia uma que ela não vira antes. 
Quando os seus olhares se cruzaram, Isis compreendeu que era o aviso a tornar-se realidade. 
«Todos te felicitam pela nova vida que escolhes concretizar, mas eu NÃO. És egoísta ao abandonares toda a família que sempre te apoiou, deixando-nos sem uma Sacerdotisa que te substitua. Não te posso desejar nada de bom, pois dentro de mim apenas cresce ressentimento e ódio por ti! Parte mas não partas em paz!» 
Isis não queria acreditar no que ouvira. Aquelas palavras vindas de alguém que professa a mesma disciplina que ela, como era possível. Cobrar assim a presença de alguém que não deseja mais estar connosco. Porém, numa coisa ela estava certa, era preciso nomear a nova Sacerdotisa...como se poderia ter esquecido! 
Sem mais delongas e sem se incomodar com aquelas palavras, Isis foi para os seus aposentos e convocou assembleia para nomeação da Sacerdotisa. Essa escolha iria retê-la por mais tempo, o ritual deveria ser realizado na lua crescente. 

Et voilá...foi esta a decisão da Sacerdotisa que ao que tudo indica se quis colocar como personagem principal desta aventura. Vamos ver que aprendizagens nos fará chegar.

Foi uma semana de decisões, arrumámos assuntos pendentes (resolvendo ou não), recebemos avisos do Cosmos para nos dar um empurrãozinho e, no fim, tivemos de lidar com assuntos triviais, mundanos quando na verdade nos apetecia era andar a festejar...

Foi assim a vossa semana ou isto é apenas um resumo da minha :)

Dia de Sol e de S. António

sábado, junho 12, 2010

Playlist #3

Para inspirar à renovação, indo ao passado e reprogramando o futuro:

Absolute Beginners - David Bowie

All is Love - Karen O and The Kids para a banda sonora de Where the Wild Things Are de Spike Jonze

An End has a Start - EDITORS

La Folie - The Stranglers

Wake Up - Arcade Fire

Na segunda hora de Sol do dia de Saturno, S. João Facundo, S. Onofre, S. Cirino, S. Naboris, S. Nazário

Depende para onde pende

The trick is in what one emphasizes. We either make ourselves miserable, or we make ourselves strong. The amount of work is the same.

Carlos Castaneda


sexta-feira, junho 11, 2010

Aeon esta semana, ah bom!!!

Pois meus queridos, não dá mais para ignorar o chamamento. A Alta Sacerdotisa mostrou-nos que estava na hora de seguir, rumar a algo novo, acordando a centelha divina que ainda dorme dentro de nós. E esta semana que continuação temos? A mesma!  Com o Ritual do Novo Caminho a finalizá-la.

Bem sei que apesar de ter muito para fazer e a Musa ter sido morta, não me posso permitir ceder a não fazer nada, há que reanimá-la. Há que resistir à tentação e persistir perseverar.

Esta carta faz-me sempre pensar numa buzinadela que nos dão quando estamos distraídos a passar a estrada. Aquele som bizarro que nos acorda de um sonho tenebroso. O nosso nome evocado pela pessoa que amamos e que acende as luzes interiores todas...

É o chamado que nos convoca ao Palácio do Rei, onde nos banharemos em águas puras e renovaremos por dentro e por fora.

Esta carta é Shin, a renovação, o insuflar para a nova vida e uma nova acção. É a renovação diária, nas pequenas escolhas de atitude que criam aquilo que chamamos de personalidade, que começam a esboçar o percurso adiante. É a decisão de acção com ou sem consciência da renovação desejada.

Apetece-me tanto fazer isto, morrer e renascer. Estou cansada da imagem que o espelho reflecte, é feia e escura. Arghn!!! Afastei-me tanto de mim que agora está difícil encontrar o trilho onde me perdi. Não me reconheço e sinto-me a ensandecer. Há um vazio nos meus olhos e um buraco na minha alma. Há manchas na imagem que já comecei a limpar...

Que bom que a lua nova está a chegar e uma nova oportunidade a surgir.

Na primeira hora de Lua do dia de Vénus, S. Barnabé, S. Rosalina

quinta-feira, junho 10, 2010

The Real Thing - Agora a Sério?

Tom Stoppard
"Amor exclusivo é colonialismo!"

Esta peça é sem dúvida uma pequena insanidade que alterará a percepção sobre o Amor. Repleto de relações conjugais recheadas de intrigas e de traições. Uma descoberta de si através dos outros, recheada de clichés e que nos põe a pensar e a pensar e a pensar, em qual dos estereótipos nos enquadramos?

Na primeira hora de Lua do dia de Júpiter, Anjo de Portugal, S, Margarida

quarta-feira, junho 09, 2010

Who Killed the Muse?

Jeremy Lipking



Só para avisar que estarei em estado off nos próximos dias...muito trabalho e parece que a Musa foi mesmo morta. Vamos esperar pela ressurreição da semana :)

Não se esqueçam que esta semana estamos a ser acompanhados pela energia XX do Tarot - O Juízo Final, ou como Crowley diz O Aeon.

Esperem renascimentos e muitos!!!

terça-feira, junho 08, 2010

Úrano na casa VIII? Sou livre desapegando-me

Depois do post de ontem, chega hoje Úrano na casa VIII. Porquê? Porque sim! Esta casa tem tudo a ver com morte e sexo. Julgavam o quê? Que eu me tinha passado e colocado algo que não fazia sentido!?! ihihihihihihi Ainda não...ainda não...

As pessoas que nasceram com este posicionamento têm como lição aprender a viver desapegadamente do mundo manifestado, seja material ou sexualmente. Porém, este é o seu campo de trabalho. A liberdade pode e deve ser atingida através do sexo, a magia sexual é uma arte que não devem descurar.

Estas pessoas têm naturalmente uma sensibilidade para o mundo do além, o oculto, o mistério, a alquimia, a feitiçaria. Os mistérios da vida e da morte são assuntos que os interessam. Esteja Úrano aflito ou harmonioso a morte é uma constante da vida destas pessoas. Podem ter experimentado, por si ou por pessoas próximas, a fragilidade deste mundo físico. Diz-se que estas pessoas podem, até, percepcionar a hora da sua morte (apre!).

Materialmente recebem quantidades de energia muito grandes de  forma inesperada, através de heranças, investimentos, seguradoras, jogos ou até simplesmente dos impostos. A utilidade que lhe darão dependerá de cada um.

Seja como for, este posicionamento indica pessoas com grandes aptidões para o sobrenatural que desejam conhecer a vida além aparências. Se seguem o seu desejo ou não, isso é outro assunto, mas que têm estas capacidades, lá isso têm.

Para mim, o campo de trabalho é através das relações sexuais que estabelecem onde, dependendo do grau de conhecimento, conseguiram manipular a kundalini e tornar-se num receptor de Conhecimento muito forte.

Quando Úrano está aflito todas estas características tendem a ser menos positivas, dando origem a manipuladores possessivos, cujas relações são o alvo predilecto de Úrano, ou seja, é aqui que as mudanças súbitas ocorrem.

Como famosos a título de exemplo temos os seguintes: Marilyn Monroe, Monica Bellucci, a Princesa Diana, Léonard de Vinci, Helena Blavatsky, Guy de Maupassant, Julio Iglesias, Sean Penn, Ava Gardner, Greta Garbo,  Coco Chanel e Silvio Berlusconi.

Na primeira hora de Júpiter do dia de Marte, S. Salustiano, S. Severino

segunda-feira, junho 07, 2010

Hoje estou nisto...séria e divertida ao mesmo tempo...

A cena original, pode chocar, de Silence of the Lambs...

e a paródia, tão ou melhor, Clerks 2...


Qual gostaram mais? O_o

domingo, junho 06, 2010

A Sacerdotisa trouxe novidades assustadoras

Alegria sabia que o seu desejo por Ela ainda se encontrava activo, mas sabia também que deveria seguir caminho. Reuniu todas as suas forças e foi ao seu encontro.
A Sacerdotisa estava mais bela que nunca, havia um halo de luz à sua volta, engrandeciam-na aquelas vestes em tons de azul. Sentada no seu trono, agarrando o livro sagrado, desviou o olhar e encontro os olhos dele.
«Bem sei que te desviaste. Este não é mais o teu Caminho. Não há explicação lógica nenhuma para que abandones esta comunidade e a mim, até. Porém, todo o teu ser te diz que é chegada a hora. Avança, recua no tempo e regressa ao trilho onde te encontrei. Aí encontrarás o teu lugar novamente. Aproveita o momento Mercúrio caminha em Aquário.»
«Não creio voltar a encontrar no meu Caminho alguém que ame tanto como a ti. A nossa separação é a coisa mais difícil que alguma vez tive de fazer. E eu, encarnado num momento em Vénus habitava Capricórnio, sei bem do que estou a falar. Entregar-me assim a alguém não é fácil.»
«Ó Alegria, a nossa separação é uma mera ilusão. Mesmo antes de nos conhecermos já nos possuíamos e mesmo quando nos separarmos fisicamente continuaremos a fazê-lo, o nosso elo transcende este mundo físico. O que é a realidade num mundo de aparências veladas?
Ainda por cima partes mas deixas nesta comunidade uma semente tua. No último ritual de união conseguimos a bênção divina e dentro de mim está o teu futuro.»
Alegria nem sabia o que dizer, aquela notícia deixava-o feliz e triste ao mesmo tempo. Seria pai, poderia continuar a sua Jornada com outras almas que o escolheram, mas ... tinha de ir embora, tinha de seguir. A encruzilhada era grande. Porque havia ela esperado para lhe contar esta novidade apenas quando ele se decidira a partir? 
Parecia que Alegria estava possuído. Aquela certeza de que devia seguir não o abandonava, nem mesmo agora que sabia que um ser gerado por si iria nascer neste lugar. Como poderia ficar imune a tal vontade. Esta era a perfeição que buscara toda a vida, uma família!
A Sacerdotisa olhava-o, serena e atentamente. Como se estivesse dentro da sua cabeça, questiona:
«Como pode ser este o teu desejo de perfeição? Acreditas que dentro de ti há algo que te quer mal e te ruma a um trilho diferente daquele que desejas? Como poderás acreditar no que te diz a tua mente assustada num momento de decisão como este? Confia no que sentes ser a TUA verdade. 
Alegria ... - a Sacerdotisa parecia desesperada. - fecha os olhos e sente. Qual dos dois caminhos o teu coração almeja?»
Sem mais hesitações, Alegria verbalizou o desejo do seu coração:
«Parto rumo a um novo trilho. Quererás acompanhar-me?»

E assim terminou mais uma saga da Jornada deste Louco. O que será que Ela lhe vai responder? E vós, que responderíeis? 
Esta semana foi assim cheia de novidades emocionais para vós? Receberam alguma notícia ou encontraram alguém do vosso passado que tenha trazido para cima da mesa uma emoção antiga?

Bom, o Juízo Final é a energia desta semana. Um renascimento é esperado. Há esperança para o que quer se seja que vai nascer deste episódio.

Na segunda hora de Vénus do dia de Sol, S. Norberto, S. Alexandre, S. Paulina, S. Gerardo

sexta-feira, junho 04, 2010

Tenho Medo de Perder a Maravilha

Tenho medo de perder a maravilha
de teus olhos de estátua e aquele acento
que de noite me imprime em plena face
de teu alento a solitária rosa.

Tenho pena de ser nesta ribeira
tronco sem ramos; e o que mais eu sinto
é não ter a flor, polpa, ou argila
para o gusano do meu sofrimento.

Se és o tesouro meu que oculto tenho
se és minha cruz e minha dor molhada,
se de teu senhorio sou o cão,

não me deixes perder o que ganhei
e as águas decora de teu rio
com as folhas do meu outono esquivo.

Federico García Lorca, in Poemas Esparsos

Na segunda hora de Lua do dia de Vénus, S. Quirino, S. Pedro de Verona, S. Francisco Caraciola, S. Clotilde

quinta-feira, junho 03, 2010

É assim que me sinto...

fora do tempo...revendo o passado, avaliando o presente e projectando o futuro! Hoje estou mesmo assim Saturnina...

Na primeira hora de Mercúrio do dia de Júpiter, S. Ovídio, S. Paula, S. Carlos de Verona

quarta-feira, junho 02, 2010

A Sacerdotisa veio outra vez

Esta semana, início de Junho, chega com a Energia da Alta Sacerdotisa, carta 2 na Rota do Peregrino.
Esta carta abre a porta de Tiphareth a Kether, da Beleza à Coroa, do centro do Sol à Casa do Pai. Inicia também o Caminho do Espírito. E neste caminho largamos a dualidade ou aprendemos que ela existe, dependendo do caminho que estamos ainda a fazer, de cima para baixo ou de baixo para cima.

É com esta energia que podemos integrar a aprendizagem da Temperança, que nos guia da Lua ao Sol, do Fundamento à Beleza, de Yesod a Tiphareth. É com ela que subimos pela coluna central do Equilíbrio.

Ela ensina-nos a viajar dentro do nosso ser, dentro dos desertos que habitam a nossa alma, invocando a luz da Lua durante as noites escuras. Enaltece os astros que nos guiam à morada última do Palácio Real. Adverte-nos para os perigosos abismos do caminho, onde a tentação mora. Para resistir ensina-nos a usar o equilíbrio que os dois pilares branco e escuro revelam. Penetrando-os conseguiremos ouvir a doce voz do nosso eterno amado que nos chama noite e dia.

Entre a dualidade seremos a coluna central, firmes e hirtos na integridade da nossa alma.

Que esta semana a Sacerdotisa nos relembre a essência divina que dorme ainda dentro de nós, que anseia pela madrugada futura do nosso Ser Divino!

Num dia de Mercúrio, S. Blandina, S. Erasmo, S. Guido, S. Marcelino

terça-feira, junho 01, 2010

Feliz dia da Criança!!!

Hoje, dia da criança, apetece-me dizer como a minha criança se sente feliz por pertencer a este pequeno país no extremo da Europa! Que grande passo foi dado nos direitos humanos, Portugal estou orgulhosa!!!  Porquê??? Porque a minha criança é a favor da escolha, sempre!!! 

Que alegria que a partir de agora cada um pode escolher casar com quem realmente ama. A minha criança deseja a todos boas escolhas, que esta coisa de adultos não é fácil ;)
Feliz dia da Criança!!!

Num dia de Marte, S.Firmino, S. Fortunato, S. Justino
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...