quarta-feira, abril 20, 2011

Agir para conseguir

Estava hoje na minha rotina diária, aquela que me permite acordar da melhor forma, quando observei um movimento na junção do fachada do prédio com o passeio em frente. Como ainda não tinha acordado, estava sem lentes e só via uma forma acastanhada a mexer-se suavemente.

Primeiro pensamento, é um rato, qu'horror!!! Depois, feita a crítica natural sobre a minha observação, julguei que devia ser um pássaro. E, assim, ele deu um pulo, misturando-se com o branco da fachada para que eu pudesse comprovar o pensamento.

A surpresa foi verificar que não era apenas um, mas vários pardais que ali andavam a pular, buscando algo. Voltei a olhar o que se passava e imediatamente verifiquei que estava debaixo da janela da cozinha do rés-do-chão. Foi, então, que me lembrei que a toalha de mesa deveria, muitas vezes, ser ali despejada. Atraindo assim estes pássaros à janela.

Recordei que há tempos tinha verificado que uma amiga fazia isso conscientemente para atrair os pássaros. Também ela gostava de os ter ali por perto e ouvi-los cantar. E, durante esta cadeia de pensamentos, um elo foi ligado.

Não deveria ser assim a nossa forma de actuação na vida? Se queremos que os pássaros se alimentem ali e nos ofereçam os seus sons maravilhosos, basta colocar umas migalhas no parapeito da janela, no chão da varanda, ou até um pequeno recipiente com água, onde eles se possam banhar e saciar a sede. E assim é com tudo o resto da vida.

Para termos dinheiro, devemos começar a dar, mesmo que seja pouco, a quem ainda necessita mais do que nós. Partilhar atrai abundância. Para termos amor na nossa vida, basta que o comecemos a demonstrar aos outros de forma activa e sem rodeios. Se nos declaramos de forma confusa ou em meias palavras e actos, será apenas isso que iremos receber.

É tal e qual como os pássaros na janela, eles não chegaram lá só porque a sr.ª pensou que era giro ter ali pássaros, mas porque efectivamente fez algo para que isso acontecesse. Façamos a transposição deste momento matinal com pássaros para a nossa vida e vejamos onde estamos a agir activamente ou simplesmente a esperar que aconteça.

Aproveitemos, depois da reflexão, a energia do Louco e façamos o que nos dá na real gana. Criemos um parapeito dedicado ao que desejamos na nossa vida, coloquemos lá símbolos do que verdadeiramente desejamos e, depois, vejamos a magia acontecer com a mudança dos padrões.

Na primeira hora de Marte do dia de Mercúrio, S. Marcelino, S. Inês de Montepulciano.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...