segunda-feira, novembro 07, 2011

Tudo muito temperado

A Temperança levou-nos para o campo do orgulho. O que temos nós alcançado/conquistado para nos sentirmos orgulhosos?

Será que nas semanas que antecederam a Temperança conseguimos alcançar o estado de paz desejado? Já sabemos manejar a espada do Ar e cortar os medos, as dúvidas, as indecisões a tempo de não nos impedirem de seguir o que queremos?

Pois eu creio que a Temperança nos veio confirmar exatamente isso. Não só aprendemos a cortar todas esses empecilhos, como conseguimos alcançar um estado de alerta que nos leva a identificar imediatamente o que é real do que é ilusório. 

Relembrámos, ainda, durante este estado de diplomacia concedido pela Arte a opor-nos ao que não nos interessa. Agora, a questão aqui colocada é outra completamente diferente. 

Por que razão sentimos, depois de tomar essas posições na vida, que ainda não estamos bem? Porque será que nos sentimos dececionados? A razão é muito simples, pelo menos no que as cartas nos dizem. É que cortámos as dúvidas, mas ainda não dominamos a insegurança que nos causa este caminhar assim determinado. 

Não é fácil tomar as rédeas da nossa carruagem. Assumir assim o controlo, a cocriação da nossa jornada. É mais fácil seguir os ensinamentos judaicocristãos da nossa cultura e apontar o dedo ao outro (sociedade/deus) do que assumir que somos nós os únicos responsáveis pelas tretas que nos acontecem. É mais fácil sentir raiva do que tristeza, já que uma nos leva para fora de nós e a outra para dentro.

Mas a Temperança deixou-nos com uma mensagem muito reconfortante. É que independentemente de assumirmos as rédeas, elas são sempre orientadas também pela nossa fé. É mesmo só confiar que as orientações sopradas nos ouvidos dos cavalos que puxam a carruagem será sempre dada por uma entidade protetora. Tudo é apenas uma questão de perspetiva. Assumimos o controlo, mas sabendo que esse nunca será total.

No I-Ching temos o hexagrama 49 - Revolução:
Revolução. Ela só terá crédito quando for completada. A determinação no rumo correto traz recompensas.Os motivos para arrependimento desaparecem.
Mas somando a Temperança encontramos o 63 - Após a Conclusão:
 Faz sentido para ti?


Na terceira hora de Saturno do dia de S. Florêncio, S. Florindo
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...