segunda-feira, outubro 31, 2011

It's Halloween

- Vinde festejar a data mais importante do ciclo, em que nos libertamos do já vivido e prepararemos o Caminho para o próximo ano.
Passai o Círculo, queridos Irmãos, vinde em paz e com muito amor.

- Na noite da Tradição, em que os Planos se cruzam e as Energias se tocam, o passado é destruído e reordenado para que nasça um novo ciclo.
Aproveitemos a orientação dos Mestres para retomarmos o nosso caminho com Vontade e Segurança.
Pai/Mãe do Universo, Energia Primordial, guia-nos no Bom Caminho e dá-nos Força para vencermos o Bom Combate.
in Rituais Antigos para um Mundo Novo – Manual de Magia de José Medeiros

 Na segunda hora de Vénus do dia de Lua, S. Quintino

domingo, outubro 30, 2011

Inspirando-me

 
 



LoucaMente

O nosso Louco começou a semana com uma pergunta muito pertinente: por que te aprisionas nesse lugar? Esse lugar onde te mantens cativa, para onde foges assim que há um sinal de perigo.
Será que tens medo do que os outros possam pensar ou dizer de ti? Ou é simplesmente orgulho?

Para conseguir sair desse poço fundo onde nos escondemos por vezes, é preciso lembrar que todos temos a capacidade de ir diretos ao assunto. Quando a mente começa a divagar e a fazer-nos prender na insegurança, é preciso desembainhar a espada e cortar o mal pela raiz.

É preciso, também, recordar que, para se ser completamente louco, a aprendizagem da divisão deve ser feita. Primeiro, compreendemos que somos duplos, tudo é dual, mas depois é preciso fazer o processo inverso e compreender que tudo é feito da mesma matéria e, por isso, está tudo unido.

As leis foram feitas para nos ajudar a compreender o funcionamento do Universo, as naturais, pois está claro. Compreender as leis é saber andar aqui, é saber caminhar o Bom Caminho. E a lei mais importante para o Louco é a do Amor, por isso, tudo deve ser partilhado. Tudo o que parte da fonte a ela regressa. 

Assim, todos os pensamentos de medo ou orgulho que partem de nós e nos aprisionam naquele lugar escuro, a nós regressam, sendo portanto vital aprender a manejar a espada para que assim que eles saiam de nós os possamos eliminar para não regressarem mais. Caso contrário, desviamo-nos por uma vereda do nosso caminho. 

E no fim, as mesmas perguntas: Estarei no sítio certo? A fazer a coisa certa? Não deveria antes ter ido por acolá? Enfim, são os meandros de uma mente agitada que não deixa a alma falar. 

O I-Ching confirma as cartas com o hexagrama 14 - Grandes Posses
O homem nobre reprime o mal e promove o bem. Ele obedece à vontade do Céu e executa suas ordens.
 Na segunda hora de Marte do dia de Sol, S. Serapião, S. Marcelo, S. Claudio, S. Alfonso

quinta-feira, outubro 27, 2011

Desafio fotográfico

Que história vos conta este Louco?


Na primeira hora de Marte do dia de Júpiter, S. Elesbão, S. Gonçalo de Lagos

terça-feira, outubro 25, 2011

Louc'ando

A semana promete. Já que temos como energia maior o LOUCO!

Depois de tanto batalhar nas questões mentais, emocionais e afins, temos a oportunidade de começar ou recomeçar, já que nunca há um fim verdadeiro nas coisas.
Enfrentando-se de Margarida Cepêda
Que queremos fazer? Para onde escolhemos ir na semana que passou? É este o nosso início verdadeiro?

Esta semana é ótima para sentirmos o entusiasmo, para nos enchermos de energia e agir loucamente. Deixemos de lado as preocupações, os medos, as dúvidas, e enfrentemos a vida de frente ou de lado, pode até ser num passo de dança, mas encaremo-la!

Olhem nos olhos de quem amam e seja honestos. Olhemo-nos ao espelho, bem nos olhos, vamos fundo e descubramo-nos por inteiro. É isto que o Louco nos oferece! Uma energia única, sem dúvida, será que a vamos aproveitar?

Para inspirar escolhi Bow Bow Bow, Fool Rush In, melodia usada na banda sonora de Marie Antoinette!
Vamos lá andar loucamente, enlouquecer, desvairar, entusiasmar! 

Recuperemo-nos!

Na segunda hora de Lua do dia de Marte, S. Crispim, S. Crispiniano, S. Crisauto, S. Dário

segunda-feira, outubro 24, 2011

São Rafael Arcanjo

Já partilhei, em 2008, um post sobre o Arcanjo Rafael, quem quiser ler basta ir aqui.
Hoje, partilho orações:
Arcanjo Rafael, Senhor das energias de Mercúrio, que a tua vontade me ajude a reagir e a recuperar totalmente o meu corpo físico, devolvendo-lhe o equilíbrio. Dá-me saúde e vigor para que eu posso encontrar e percorrer o Bom Caminho.
in O livro das horas para o terceiro milénio de José Medeiros
São Rafael o Arcanjo por Bartolomé Esteban Murillo

Glorioso Arcanjo São Rafael, que vos dignastes tomar a aparência de um simples viajante, para vos fazer o protetor do jovem Tobias; ensinai-nos a viver sobrenaturalmente, elevando sem cessar nossas almas, acima das coisas terrestres. 
Vinde em nosso socorro no momento das tentações e ajudai-nos a afastar de nossas almas e de nossos trabalhos todas as influências do inferno. 
Ensinai-nos a viver neste espírito de fé, que sabe reconhecer a misericórdia Divina em todas as provações, e as utilizar para a salvação de nossas almas. 
Obtende-nos a graça que vos peço (faça o pedido), de inteira conformidade à vontade Divina, seja que ela nos conceda a cura dos nossos males, ou que recuse o que lhe pedimos. 
São Rafael, guia protetor e companheiro de Tobias, dirigi-nos no caminho da salvação, preservai-nos de todo perigo e conduzi-nos ao Céu. Assim seja.
Oração retirada da Net.

 Na segunda hora de Vénus do dia Lua, S. Rafael Arcanjo, S. Fortunato

domingo, outubro 23, 2011

O Hierofante e a decisão entre caminhar ou esperar

O Hierofante apareceu esta semana para nos ensinar algo. A primeira carta que nos apareceu, e segunda também, como que a reforçar a importância da mesma, o Pajem de Espadas, mostrou-nos que a lição tinha a ver com o mental, como ir direto ao assunto, sem nos perdermos nas armadilhas de uma mente confusa.
O Pajem de Discos levou-nos para uma resposta cheia de perguntas, novamente. Alertou-nos para não vaguear nesta vida, para aprender a ouvir as vozes dos Mestres Antigos e aproveitar para lhes perguntar o que verdadeiramente é relevante: o porquê e o como.

Não é novidade nenhuma a resposta que obtivemos, ou seja, que aquilo que buscamos está apenas dentro de nós. As respostas chegam até nós de variadas formas. Cada um tem a sua forma para entrar em contacto com o Não Manifestado. Sejam os sonhos, as cartas, os pássaros, as palavras dos transeuntes, os olhos das crianças, todas essas formas, e outras, servem para entrarmos em contacto com o nosso Eu, aquele que existe, existirá e sempre existiu. É dentro que a luta se trava e não fora. Lembremo-nos sempre que temos um guerreiro dentro de nós e que com ele vêm uns ajudantes importantes, que estarão sempre ao nosso dispor.

No entanto, por vezes, deixamo-nos levar pelo medo, pela crueldade e desespero. Essas lutas interiores só nos levam para o campo do mental, onde residem armadilhas antigas, verdadeiros labirintos, que nos fazem perder o norte. Só com alguma organização mental poderemos sair do labirinto. A Rainha de Bastões relembrou-nos que a paixão é sempre uma boa bússola. A dedicação ao nosso caminho não pode ser descurada e substituída pelo desespero. Se há fé, se cremos em algo, devemos sempre utilizar essa energia como uma estrela guia. Essa é a Luz que devemos buscar quando tudo se tornou escuro.

Porém, acontece que mesmo depois de tudo o que aprendemos continuamos a sentir insatisfação, aí a palavra de orientação só pode mesmo ser organização. Escolher o importante e estabelecer prioridades. Ordenar as nossas ideias e objetivos. Arrumar as gavetas mentais e relembrar o que é importante. Usar a sabedoria transmitida pela Rainha de Discos, que todos temos capacidades, uns têm umas, outros têm outras, mas cada ser traz consigo capacidades únicas. Desta forma, só precisamos de as usar, pois elas foram-nos entregues para serem usadas em cada etapa da peregrinação.

No I-Ching obtivemos o hexagrama 5 (número do Arcano Maior) - A Espera:
Adicionando o Arcano Maior - obtivemos o hexagrama 10 - Caminhar:
Pisar sobre a cauda do tigre.
Ele não morde o homem.
Sucesso.
Na primeira hora de Lua do dia de Sol, S. Romano, S. João Capistrano

sexta-feira, outubro 21, 2011

4 Copas

Porque a forma como nos sentimos apenas depende de nós, eis uma prancha para deleitar e relembrar!

Na segunda hora de Vénus do dia de Vénus, S. Ursula, S. Gaspar, S. Hilário Abade, S. Hilarião

quinta-feira, outubro 20, 2011

A felicidade é tão simples

Hoje a minha passou por esta simplicidade.
Raina Matar

«Roda!» e eu rodava. Riam-se e pediam novamente: «Roda!». O prazer da gargalhada substituía as tonturas que já se começavam a sentir. E eu rodava, a minha saia fazia roda e elas riam-se. Até que chegaram os meninos e me pediram para os ir ver a brincar. 

«Olha!» Estavam dentro de pneus que servem de canteiro. «Este carro é meu. É invencível!» 
«Mas só tem duas rodas, como pode ser um carro?» 
«Oh, não podes imaginar?»
Que tontice a minha, de facto, não se pode imaginar?

Não há, de facto, nada mais belo do que a alegria das crianças. Ao pé delas qualquer negrume se torna em luminosidade, têm uma capacidade única de viver. E de imaginar!
Werner Wolff

Quando cheguei a casa, reparei que Vénus está na minha casa 5! Só podia!

Na terceira hora de Marte do dia de Júpiter, S. João Câncio, S. Iria

quarta-feira, outubro 19, 2011

Ora aí está


Para quem estava à espera, aqui está um sinal! Era este que querias?

Na segunda hora de Sol do dia de Mercúrio, S. Pedro de Alcântara

terça-feira, outubro 18, 2011

São Lucas Evangelista

São Lucas Evangelista por Guercino
  1. Cheio do Espírito Santo voltou Jesus do Jordão, e foi guiado pelo Espírito no deserto
  2. durante quarenta dias, sendo tentado pelo Diabo. Nada comeu nesses dias; mas passados eles, teve fome.
  3. Então lhe disse o Diabo: Se és Filho de Deus, manda que esta pedra se torne em pão.
  4. Respondeu-lhe Jesus: Está escrito que não só de pão viverá o homem.
  5. Levando-o a uma altura, mostrou-lhe num relance todos os reinos do mundo.
  6. Disse-lhe o Diabo: Dar-te-ei toda esta autoridade e a glória destes reinos, porque ela me tem sido entregue, e a dou a quem eu quiser; 
  7. se tu, pois, me adorares, tudo será teu.
  8. Respondeu-lhe Jesus: Está escrito: Ao Senhor teu Deus adorarás, e só a ele darás culto.
  9. Então o levou a Jerusalém, o colocou sobre o pináculo do templo e lhe disse: Se és Filho de Deus, lança-te daqui abaixo;
  10. porque está escrito: Aos seus anjos ordenará a teu respeito para te guardarem,
  11. e: Eles te susterão nas suas mãos, Para não tropeçares em alguma pedra.
  12. Respondeu-lhe Jesus: Dito está que não tentarás o Senhor teu Deus.
  13. Tendo o Diabo acabado toda a sorte de tentação, apartou-se dele até ocasião oportuna.
Capítulo IV

Na segunda hora de Lua do dia de Marte, São Lucas Evangelista

segunda-feira, outubro 17, 2011

O Hierofante

É o Papa que esta semana nos vem mostrar o que fazer com a nossa Jornada Pessoal! Ele coloca-nos a seguinte pergunta:
Qual é o próximo passo na tua história? 
Então...que resposta lhe vamos dar? Afinal, não é todos os dias que temos a oportunidade de nos reinventarmos, de recomeçar e ser quem verdadeiramente desejamos ser. Assim, do nada...

O Hierofante vai ajudar quem precisar de conselhos práticos sobre o estado da sua vida. Com ele poderemos encontrar algumas das respostas que buscamos. Para isso, basta serenar e deixar que as mensagens cheguem até nós. Venham elas de que forma vierem.

Com esta energia é comum acontecerem situações inesperadas, isto é, situações que comummente chamamos de coincidências. Fiquemos atentos para conseguir descortinar as respostas, olhem bem e oiçam ainda melhor! Estejamos atentos e tudo terá resposta!

Como energia sonora escolhi The Veils com uma música a fazer a ponte da experiência anterior para esta - It Hits Deep!

A todos uma semana hierofantizada, com muitas mensagens, que a receção seja feita sem ruído!

Na segunda hora de Mercúrio do dia de Lua, S. Edviges, S. Inácio de Antioquia

domingo, outubro 16, 2011

A Torre trouxe Suavidade e Sucesso

A semana da Torre começou por nos indicar que havia alguma dor que deveria ser eliminada. Estaria a nossa paixão a ser mal empregue? Foi por este caminho que as cartas da semana nos levaram.
Tudo na vida tem dois pólos, o branco e o preto, a luz e a escuridão. Assim, cada experiência pela qual passamos nos ensina algo, fortalecendo o nosso caráter. Com essa prosperidade vem também grande responsabilidade.

Por vezes, na urgência do encontrar a solução para os nossos dilemas pessoais, acabamos por tomar decisões precipitadas. Estas decisões levaram-nos para lugares pouco comuns. A única forma de as testar, sabendo se foram decisões precipitadas mas lúcidas, vem com os nossos sentimentos. Que emoções experimentamos depois de determinarmos este ou aquele curso de vida? Estamos em paz? Sentimos vontade de celebrar a vida? Ou será que sentimos que arriscámos demais? Estaremos a pôr-nos, desnecessariamente, em risco?

É através de pequenas escolhas como estas que a nossa alma se vai acalmando ou inquietando. São este tipo de provas que nos colocam, ou não, no trilho de volta àquilo que é nosso. É através destas situações, corriqueiras até, que ganhamos ou perdemos forças para vencer o Bom Combate. 

Afinal o que nos faz perseverar? Será a garantia, a esperança de que o regresso à Casa do Pai se fará com mais rapidez? Ou gostamos mesmo de andar por aqui à deriva numa sensação de solidão que nos petrifica?
A Torre abandonou-nos com este questionamento. Será tempo de lhe dar uma resposta ou permanecer em silêncio? Cada um deverá dar, silenciosamente, esta resposta à sua alma.

No I-Ching o total das cartas leva-nos para o hexagrama 57 - A Suavidade.
Sucesso através do que é pequeno.
É favorável ter onde ir.
É favorável ver o grande homem.
Com a Torre, perfaz um total de 72 que, por sua vez, dará o hexagrama 9 - O Poder de Domar o Pequeno:
O poder de domar do pequeno (ou pequeno impedimento). Sucesso!
Densas nuvens que não dão chuva se aproximam do oeste.
Afinal, os meus receios iniciais com a Torre esta semana não tiveram qualquer razão lógica, aprendamos, assim, que os preconceitos não nos levam a lugar nenhum. Foi, no fim das contas, uma semana muito produtiva.

Na primeira hora de Mercúrio do dia de Sol, S. Martiniano, S. Galo, S. Elífio 

quinta-feira, outubro 13, 2011

O homem impulsivo - o sistema nervoso I

O carácter primordial de todo o ato impulsivo é de seguir quase imediatamente e sem resistência a incitação que precedeu o ato. Isso corresponde ao que os fisiologistas modernos chamam um ato reflexo.
(...)
Lembremos que a máquina humana é constituída por três usinas superpostas, e que todos os aparelhos agindo nessas usinas são postos em movimento por um sistema  nervoso ganglionar ou sistema do grande simpático. Esse sistema representa uma série de acumuladores ou gânglios (...) Estes agrupamentos tomam o nome de plexos.

Um acumulador, porém, não é mais que um reservatório de forças que regulariza a corrente, mas não produz nada por si mesmo; é preciso carregá-lo por meio de outros aparelhos que produzem a força sem armazená-la. (...)
Ao lado do sistema nervoso do grande simpático existe um outro de que nos vamos ocupar agora.

Uma longa coluna óssea, a coluna vertebral, percorre no corpo humano toda a extensão ocupada pelas três usinas, cabeça, peito e ventre. Esta longa coluna contém todos os fios elétricos que ligam não só as usinas entre si como as usinas ao centro geral, a cabeça.

Chamam-se estes fios cordões nervosos. Ora, conforme estes cordões conduzam as incitações vindas da cabeça e indo até à periferia ou, ao contrário, conduzam as incitações da periferia ao interior, chamam-se, no primeiro caso, nervos motores, no segundo,  nervos sensoriais. (...) Todos estes cordões são brancos e dispostos simetricamente à direita e à esquerda, pois que todos os órgãos que dependem deste sistema nervoso são pares ou simétricos.

Se cortardes transversalmente a medula espinhal, encontrareis uma substância branca, de onde saem os cordões; achareis também no centro da medula uma outra substância, cinzenta, que limita um canalículo indicando o centro de todo o sistema.
(...)
A medula nos aparece, agora, em seu conjunto. Ao redor estão todos os fios telegráficos: na frente, os que levam os despachos do centro (cordões motores); atrás, os que trazem os despachos ao centro (cordões sensitivos); ao meio, uma longa fila de estações telegráficas auxiliares. Cada estação tem dois compartimentos: um, na parte de trás, destinado à receção dos despachos; outro, na frente, que é de onde eles são expedidos. (...)

in Tratado Elementar De Magia Prática de PAPUS

Na terceira hora de Júpiter do dia de Júpiter, S. Eduardo, S. Daniel, S. Colomano

quarta-feira, outubro 12, 2011

Hoje não publico nada...

pois...é isso mesmo. Decidi que hoje não publicava nada que ia ficar a celebrar, obedecendo cegamente às cartas do dia! Obrigada, obrigada, obrigada!
Afinal tenho tanto para celebrar que nem sei se só um dia chega!!! eheheheheh

 E tu, que tens hoje para celebrar?

Na segunda hora de Vénus do dia de Mercúrio, Nossa Senhora Aparecida, S. Serafim, S. Cipriano

terça-feira, outubro 11, 2011

Lua cheia de outubro

A Lua Cheia de outubro, mês de Balança, ocorre em Carneiro, o seu oposto. O que poderemos esperar em termos mágicos desta Lua?
Dizem os entendidos na matéria que esta Lua se chama a Lua da Cura. Pensando no signo do mês, é fácil compreender por que se diz isso. Balança é o signo do equilíbrio perfeito, veja-se a sua imagem, da harmonia do corpo, pela regência de Vénus e da análise profunda, um signo de Ar.

Todas estas características são essenciais para a cura. Sem uma análise profunda aos nossos comportamentos, atitudes e posturas de vida não vale a pena fazer medicação, já que esta apenas servirá para adormecer o problema. É urgente compreender que qualquer manifestação física, de doença, traz consigo agarrado um problema mais profundo, de alma mesmo. Acresce a esta urgência compreender que o nosso corpo necessita de atenção e amor, em forma de nutrição e prazer.

Para ajudar nesta cura, temos, por um lado, as características de Balança, que já mencionámos, e, por outro, as de Carneiro. Para curar é preciso agir, fazer acontecer. É preciso ser-se destemido para enfrentar os problemas de frente e determinação para os solucionar. Isto é-nos oferecido nesta Lua Cheia, que terá as características do bravo Carneiro!

Assim, na próxima noite, em que a Deusa estiver no seu auge, amanhã, façamos alguns exercícios de respiração em frente à Deusa, banhando-nos na sua energia. Permitamos que a sua luz nos preencha de coragem, determinação, ousadia e força. Inalemos essas qualidades e exalemos as dúvidas, os medos, a apatia, a indecisão e tudo o que nos impede de agir e ser quem queremos.

Permitamos que o guerreiro entre em nós, curemos o nosso interior e deixemos que a Deusa se revele nas qualidades mais desejadas de Beleza e Harmonia.

Na segunda hora de Saturno do dia de Marte, Nossa Senhora dos Remédios, S. Firmino, S. Quirino, S. Nicásio

segunda-feira, outubro 10, 2011

Impor limites na semana dos Amantes

A semana dos Amantes tentou-nos mostrar que há momentos, inevitavelmente, em que precisamos de impedir determinadas energias de entrar na nossa vida. Que há pessoas que se aproximam de nós tendo o coração cheio de destruição. Que essas pessoas tentam entram naquilo que amamos para nos destruir. Os Amantes ajudaram-nos a compreender isto.

Para evitar tais situações devemos, efetivamente, submeter as pessoas a provas. Devemos testá-las para compreendermos se são dignas de partilhar connosco as responsabilidades do Caminho. Que aquele que ser chefe possa ser antes uma ponte!

Para atingir isso, precisamos de paciência, prática e muita calma. As provas não são sempre as mesmas, as pessoas não são sempre iguais e, por isso mesmo, as etapas são diferentes. Só com alguma prudência conseguiremos começar a VER quem é merecedor de nós e que não é.

Bem sei que esta lição não é fácil, pois nem eu própria acredito muito que haja pessoas que têm inatamente maldade no coração. Por isso, os Amantes nos mostraram que é preciso avaliar bem as situações, que é preciso ser como a Justiça - imparcial. Cada ação deve ser julgada individualmente. Não com amarras emocionais, mas com leveza de espírito. Ouvindo o que o coração nos diz sobre como agir em cada momento.

Pois que no fundo o que importa é saber que nada nem ninguém tem o poder de nos atingir. Que dentro de nós só nós somos os chefes e só nós nos permitimos sentir assim ou doutra forma. Que a paz de espírito é algo que só nós temos a chave, independentemente do mal que possa bater à nossa porta.

Em suma, Os Amantes ensinaram-nos esta semana a manter as coisas dentro de limites, a ver que em tudo há dualidade, cabendo-nos a nós ser os avaliadores, os arquitetos que fazem as pontes entre cada experiência.

Somando os arcanos menores obtemos no I-Ching o hexagrama 60 - Limitação:
Sucesso. Não se deve perseverar ao exercer uma limitação amarga.
Com a carta da semana obtemos 66, não existindo, o I-Ching só tem 64, usamos a técnica normal na numerologia 6+6=12 - Estagnação:
Homens maus não favorecem a perseverança do homem superior. O grande parte, o pequeno aproxima-se. 
Na segunda hora de Saturno do dia de Lua, S. Francisco de Borja, S. Daniel, S. Claro, S. Gereão

domingo, outubro 09, 2011

Towers

Ainda nem sei muito bem o que escrever sobre a energia que nos vai acompanhar esta semana. Saiu a Torre e até fiquei com um nó no estômago...a mente em branco...porquê? 

Escolhi a melodia com facilidade, Towers de Bon Iver, uma voz que me ajuda sempre a alinhar com a minha paz interior. Mas escrever sobre o que esta semana nos poderá trazer...nem vê-lo...
Busquei a imagem...e palavras nem o cheiro delas...

Bom, é preciso vencer os medos e isso só se consegue ao enfrentá-los. A semana da Torre trar-nos-á provas, serão colocados obstáculos no caminho para serem ultrapassados. Se esta semana que passou conseguimos abraçar os nossos medos, se conseguimos casar a nossa alma com o nosso corpo, se a paz habita novamente em nós, nada teremos com que nos preocupar, pois ela apenas irá deitar fora aquilo que já não faz sentido. 

Contudo, se não superámos a prova, esta Torre poderá implicar ações mais drásticas, mais violentas até. Seja de que forma for, ela está aqui, a emanar a sua energia de transmutação para quem a quiser aproveitar. O impacto que ela terá depende da nossa resistência em abandonar o velho, o caduco, o podre...

A todos uma excelente semana com muitas eliminações!

Num dia de Sol, S. Dionísio, S. Dinis, S. Rústico

sábado, outubro 08, 2011

4 Espadas

Há alturas em que o Cavaleiro precisa de pôr a sua espada no altar e descansar. Hoje parece que é um dia tão bom para isso que não lhe devemos resistir.
Descansemos. Fiquemos inativos. Aprofundemos as nossas capacidades num descanso profundo. Mergulhemos na paz de espírito. Refresquemo-nos para o Caminho.

Na primeira hora de Lua do dia de Saturno, S. Pelágio, S. Demétrio de Salónica, S. Sira, S. Tais

sexta-feira, outubro 07, 2011

quinta-feira, outubro 06, 2011

segunda-feira, outubro 03, 2011

A ti...

Às vezes, só às vezes, chego a pensar que não sou merecedora de tanto Amor...mas rapidamente esses pensamentos impuros desaparecem e relembro que apenas colho o que semeio!

Numa hora de Mercúrio do dia de Lua, S. Cândido, S. Maximiano, S. Francisco de Borja

domingo, outubro 02, 2011

Os Amantes

No seguimento da Justiça e de uma semana com muitas questões importantes, recebemos para esta nova uma oportunidade única - a energia das escolhas correctas.

Que esta semana consigamos casar os opostos dentro de nós. Que esta semana consigamos casar a nossa mente com o nosso coração. Que dessa forma sejamos capazes de fazer as escolhas que nos guiam para dentro de nós!

Que assim seja!

Como energia sonora escolhi Arctic Monkeys com The Lovers. Espero que nos inspire.
A Todos uma semana repleta de Amor, Amantes e Escolhas Importantes.

Semana da Justiça


A semana da Justiça começou com uma energia muito forte. A oportunidade chegou para jubilar depois da celebração do Equinócio de outono. A semana começava, então, com uma intenção muito forte: rejubila e partilha a tua alegria, originada pelas tuas realizações, no seio da tua casa, levando um pequeno pedaço do pão festivo para o caminho.

Contudo, algo aconteceu na segunda feira que nos fez duvidar das nossas verdadeiras capacidades, teríamos mesmo conseguido alcançar algo? Mereceríamos esse jubilo todo? Foi com a Lua Nova que o nosso corpo de acção se encheu de energia e decidiu lançar a primeira pedra para a base do nosso futuro. Mas escapou-se da nossa compreensão no momento aprofundar a verdadeira motivação.

Assim, na quarta, apercebemo-nos que a tarefa iria ser mais difícil do que julgáramos inicialmente. Estávamos a precisar de ajuda para carregar a segunda pedra. Mas a Justiça foi rápida a enviar-nos a ajuda necessária e na quinta recebemos notícias importantes sobre o assunto que iniciáramos recentemente. Todavia, também nos foi lembrado que não havia pressa, urgência, nessa nova actividade. Poderíamos respirar calmamente e dar passos mais seguros e menos precipitados.

Foi assim que na sexta tivemos uma revelação. É preciso integrar os medos, as dúvidas, que nos assombram. Recalcá-las para um poço sem fundo dentro de nós só as tornará ainda maiores. Abraçámos estes nossos inimigos e tornámo-los nossos aliados, conseguindo alguma paz de espírito.

Desta forma, concluímos a semana com uma certeza: Para grandes males, grandes remédios! 

A mensagem da Justiça foi muito simples, ela incentivou-nos a aplicar a nossa coragem, a nossa energia, naquilo que era mais importante e, com todos os medos e dúvidas como aliados, TENTAR.

Ainda não entendi muito bem porquê, mas aconteceu. Estava a rever as cartas e pus-me a somá-las, além de ter reparado que nesta semana só saíram Bastões (fogo) e Espadas (ar). Depois de as somar lembrei-me de uma coisa que gosto muito - o I-Ching.

Então, somando apenas os arcanos menores obtemos o hexagrama 48 - O Poço:
Pode-se mudar uma cidade, mas não se pode mudar um poço.
Este não diminui nem aumenta.
Eles vão e vêm, recolhendo do poço.
Quando se chega próximo ao nível da água, mas a corda não vai até o fundo ou o balde se quebra, isso traz infortúnio.
O Poço relembra o rejuvenescimento constante tão necessário, a partilha, a não estagnação das nossas águas interiores.

Mas, depois lembrei-me que estas cartas saíram com a Justiça, e adicionando-a aos arcanos menores obtemos o hexagrama 56 - O Viajante.
Sucesso através do que é pequeno.
A perseverança traz boa fortuna ao viajante.
Bom, aqui concluímos a análise da semana de 25 de Setembro a 1 de Outubro através das cartas de tarot e os avisos do I-Ching.

Na primeira hora de Marte do dia de Sol, S. Leodegária, Santos Anjos da Guarda
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...