sábado, agosto 31, 2013

sexta-feira, agosto 30, 2013

Day 39 "de rituais"

não é como se o quebrar desse momento trouxesse uma inevitabilidade trágica. não é que sentisse a sua falta quando era quebrado. não é que haja amarras, um elo inquebrável entre quem sou e esse momento. era apenas e só um momento em que ao se concretizar me trazia boas sensações. só por isso mereceu ser cumprido até aqui.

o último cigarro do dia era fumado à janela da cozinha. essa mesma janela onde já vivi, assisti, presenciei, penetrei cenários de um vasta variedade. o ar frio da noite, misturado com o fumo do cigarro, penetrava em mim, entrava-me nos ossos. os barulhos de uma cidade que se preparava para adormecer invadiam os meus ouvidos. ficava ali a presenciar esse pequeno momento, a comungar de um fim, mais um.

a atmosfera apesar de fria era convidativa. oferecia tanto para descobrir, mais sons, mais sensações, cheiros, percepções. sentia-me um gato à janela que lutava contra o seu instinto natural de descobrir o que está para lá do vidro. recolhia-me para o ar quente da casa e como que num passe de magia a humidade e frio dos ossos eram substituídos pela temperatura acolhedora, segura, quieta que encontrava deste lado do vidro.

quando o fim do dia era cumprido assim, mergulhava num sono profundo e rejuvenescedor em apenas alguns segundos. assim ia para outro mundo, preenchida de paz.

o mês da Morte trouxe esta pequena mudança. menos um ritual que se cumpre.
the last time by Shin Tau

Na segunda hora de Lua de um dia de Vénus e do Sagrado Coração de Maria, S. Fiacrio e Santa Rosa de Lima

quinta-feira, agosto 29, 2013

Day 38 "música para a alma"

Acordei cedo e de Alt-J  para Portugal. The Man, descobri Alele Diane e fui, obviamente, parar a The National.

This is the sound by Shin Tau
Não há como boa música para nos acalmar a alma!

Na primeira hora de Sol de um dia de Júpiter e de Santa Sabina e S. António de Rivoli

quarta-feira, agosto 28, 2013

Day 37 "aprendo tanto contigo!"

Hoje quero um post especial para uma amiga especial! Uma já cá teve direito a um dia de aniversário, mas foi a única, foi a Sufas. Hoje é a Juca!!!

Vamos às compras e as coisas que ela me ensina. Passamos férias juntas e as coisas que ela me ensina. Vamos beber café e as coisas que ela me ensina... Meu Deus, é a mulher mais paciente que conheço (até o revirar dos olhos...aí, é melhor fugir!). 

Porque os teus conselhos são preciosos, os teu ouvidos sábios e os teus lábios cuidadosos, adoro-te!!! Amo-te muito minha querida e o meu mundinho fica mais rico e o meu coração sereno por saber que fazes parte da minha vida.

Para ti, fica aqui o seguinte, cá em casa já não se desperdiçam os restos do pão que já não chegam para a torrada matinal. Cá em casa fazem-se croutons para a sopa e para a salada como a tia Juca ensinou ;)

Receita:
Cortar os restos de pão aos cubos. 
Dispor numa travessa de ir ao forno. 
Polvilhar com sal e alho q.b. 
Regar abundantemente com azeite. 
Levar ao forno até torrar. 
Para quem gosta pode usar (e abusar) ervas aromáticas, eu usei tomilho, às vezes orégão ou alecrim. 
Desfrutem!!

Na segunda hora de Marte de um dia de Mercúrio e de S. Agostinho e de S. João de Brionde

Day 36 "um passeio a 2...3...4?!?"

Como é que eu saio à rua contigo nesse estado, pá?!?! Só pode ser porque gosto mesmo de ti!!!

Vá lá, acabei por conhecer um outro Artista através de ti...vá lá...vá lá...

Era um dia de Marte e de Santa Mónica, S. Rufo, S. José de Calasanz e S. Cesário

segunda-feira, agosto 26, 2013

Day 35 "dois"

Special One by Shin Tau
cantinhos

Special by Shin Tau
especiais




Na primeira hora de Vénus de um dia de Lua e de S. Zeferino e S. Liberato

Day 34 "A concha"

A minha casa é concha. Como os bichos
Segreguei-a de mim com paciência:
Fachada de marés, a sonho e lixos,
O horto e os muros só areia e ausência.

Minha casa sou eu e os meus caprichos.
O orgulho carregado de inocência
Se às vezes dá uma varanda, vence-a
O sal que os santos esboroou nos nichos.

E telhados de vidro, e escadarias
Frágeis, cobertas de hera, oh bronze falso!
Lareira aberta ao vento, as salas frias.

A minha casa... Mas é outra a história:
Sou eu ao vento e à chuva, aqui descalço,
Sentado numa pedra de memória.

Vitorino Nemésio, O Bicho Harmonioso

Era um dia de Sol e de S. Luís de França e S. Gelásio

Day 33 "A ouvir"


Era um dia de Saturno e de S. Bartolomeu

Day 32 "Mais uma fichinha, mais uma voltinha"

E nada melhor do que ter uma surpresa numa sexta-feira!
foto retirada da internet

Mas desta vez eu tenho uma carta na manga MUA-Ah-Ah-Ah

Era um dia de Vénus e de S. Liberato, Santa Rosa de Lima e S. Filipe Benício

Day 31 "O projecto"

E pronto, finalmente consegui concluir o projecto, as minhas bijutarias estão finalmente bem tratadas! Adoro vê-las a decorar a casa!
My portrait by Shin Tau

Quando estou de férias aproveito sempre para dar umas remodelações na casa, há mais tempo e disponibilidade. É importante manter a casa arejada de energias. Renová-las periodicamente. E uma das melhores formas é mesmo embelezá-la. 

Esta é a minha forma de manter a casa protegida e a tua, qual é?

Era um dia de Júpiter e da Virgem Santa Maria Rainha e S. Timóteo

Day 30 "o que ler em férias?"

Não consigo ler. Não me apetece pensar muito em coisas sérias. É melhor procurar um livro levezinho ali na biblioteca...
Once upon a time by Shin Tau

Era um dia de Mercúrio e de S. Anastácio, Santa Joana Francisca de Chantal e Santa Umbelina

terça-feira, agosto 20, 2013

segunda-feira, agosto 19, 2013

Day 28 "para as bijutarias"

Hoje deu-me para as idiotices e pus-me a reutilizar objectos que andam de um lado para o outro cá por casa e que só estorvam. Aliado às bijutarias que são mais que muitas...e tcharam!!!

Um vaso que andava de um lado para o outro a ganhar pó e gordura na cozinha, às vezes servia para guardar laranjas, ganhou uma nova utilidade. Decidi pôr a bijutaria à mostra para ser mais utilizada e sempre serve de decoração. Estes colares estavam guardados numa caixa fechada, passaram três estações sem serem usados. Não pode ser!!! É preciso estar sempre a fazer circular a energia ou criamos mau Feng Shui.

A cozinha tem pouca arrumação e ao longo dos tempos foram-nos oferecendo tanta coisa...exemplo disso é este conjunto para aperitivos que, imaginem, nunca foi usado! Ganhou uma nova utilidade, é um porta-jóias. Estive quase para pôr em vez disto chávenas de café, que abundam cá por casa, mas este conjunto colorido cativou-me.
Mais uma coisa que abunda cá por casa são os castiçais!!! E as pulseiras!!! Juntaram-se os dois à esquina e olha que bem que ficaram!

Falta completar o projecto para fios e brincos, preciso serrar os parafusos e em agosto é difícil de encontrar alguma coisa aberta. O projecto é para a cómoda, que apesar de já estar com outro ar, ainda não está terminada.


To be continued...

Na segunda hora de Júpiter de um dia de Lua e de S. João Eudes, S. Luís Beltrão e Santa Sabina

Day 27 "de pantanas"

Decidi virar a casa de pernas para o ar e remodelar, limpar, reorganizar, ganhar espaço e arrumação!!! Ah que estou cheia de pica!

Vamos começar por nos livrar do que já não faz falta. Livros da faculdade!!!! Apontamentos das aulas!!!! Revistas!!!! É impressionante a tralha que uma pessoa acumula ao longo dos anos. Deus meu!

Vai haver também doação de muitos livros, CD's e coisas do género, estejam atentos que ainda vos pode calhar alguma coisinha de que gostem. E pronto é o que há para hoje!

Era um dia de Sol e de S. Lauro, Santa Clara de Monte Falco, S. Agapito e S. Estanislau

Day 26 "Elysium"

Foi uma sessão para nunca mais esquecer! Um trio de idosas decidiu ir ver o filme na primeira sessão do dia, com certeza já não havia bilhete para a Gaiola Dourada. Só visto!

Não só chegam atrasadas, uma de bengala e tudo, como ainda se põem a comentar o filme, duas filas atrás de mim... Ao que parece uma delas já não devia ler as legendas lá muito bem...

Depois de muita inspiração e expiração lá saiu um XIU e a coisa melhorou. Até que chegou o intervalo e tivemos direito a um resumé da primeira parte e muitos comentários sobre a violência desnecessária e como diz sempre aos netos «Vocês estão estragados, só vêem porcarias» LOL

foi hilariante, sem dúvida, eu sai um pouco da sala pois não queria ser mal-educada e rir-me a bandeiras despregadas dos comentários sobre o filme e também sobre o futuro da sociedade. A idade é um estatuto, pode-se tudo e tudo se perdoa.


Do filme, bom...tirando estas partes cómicas, é bom. Um blockbuster muito bem feito e que, apesar de não ser tão bom como District 9, tem as suas qualidades. Se apanharem um trio de ataque como o meu, nunca mais se esquecerão do filme!

Era um dia de Saturno e de S. Mamede, S. Jacinto da Polónia e S. Tarcísio

Day 25 "Yeah"


Adoro surpresas!

Era um dia de Vénus e de S. Joaquim, S. Roque e S. Estêvão da Hungria

quinta-feira, agosto 15, 2013

Day 24 "à Virgem"

A coroação da Virgem por Diego Velázquez

Que hoje os nossos corações se elevem aos céus!
Que o Sagrado Feminino seja celebrado!
Que o peso que carregamos seja aliviado!
Que a dor, a escuridão, ausência de amor seja curada!

Que hoje nos libertemos! Que nos encaremos! Que nos amemos!
Que assim seja!

Na primeira hora de Vénus de um dia de Júpiter e da Assunção de Nossa Senhora

quarta-feira, agosto 14, 2013

Day 23 "Chilling"

Errant wet feet by Philippe Cailloux
Na segunda hora de Sol de um dia de Mercúrio e de S. Eusébio, S. Atanásia e S. Maximiliano Kolbe

terça-feira, agosto 13, 2013

Day 22 "no forno"

Hoje apeteceu-me pôr este álbum e ouvi-lo

Sempre que fico a precisar de arrumar os arquivos ajuda-me arrumar o espaço. Depois de tanto trabalho, espero que o preparado me satisfaça. Um gratinado de legumes simples para o almoço...
au four by Shin Tau

És servido(a)?

Na primeira hora de Saturno de um dia de Marte e de S. Hipólito, S. Cassiano e Santa Radegunda

Day 21 "tufas! Dino Meira!"



Era um dia de Lua e de S. Herculano e Santa Clara de Assis

domingo, agosto 11, 2013

Day 20 "dos sons"

há uma buzina tranquilizante na rua, que só se ouve a uma certa hora. quando a oiço estou normalmente na cozinha a preparar uma refeição. instintivamente movo os olhos para o lado direito do tecto e sei que horas são. gosto de a ouvir e, por vezes, vou à janela presenciar o ritual que se cumpre sempre depois da buzina. algo expectante sobre qual a figura que sairá daquele espaço rectangular verde e preto.

talvez seja porque há qualquer coisa de muito apaziguador nos rituais. cumprir um gesto sempre da mesma forma. dizer as mesmas palavras pela ordem costumeira. sabemos sempre o que vem a seguir. talvez seja esse poder de conseguir antecipar que futuro se avizinha que nos oferece essa sensação de tranquilidade. essa paz no centro que aquece e serve de matéria prima à combustão necessária para o movimento.

porém, há neste ritual uma variante que ainda não consegui controlar. variante essa que me impede de antecipar o futuro, mas não de sentir prazer e paz por o viver. talvez um dia eu consiga descobrir quem sai do emissor daquele som e sinta a mesma serenidade. talvez um dia descubra a origem de tal prazer.

Na primeira hora de Lua de um dia de Sol e de S. Tibúrcio, S. Susana e S. Taurino


sábado, agosto 10, 2013

Day 19 "pensamento do dia"

Mon(s)tra de Loja by Shin Tau
Se eu não me respeito, como podem os outros respeitar-me?

Na primeira hora de Sol de um dia de Saturno e de S. Lourenço e de S. Filomena

sexta-feira, agosto 09, 2013

Day 18 "a Morte em agosto"

Só hoje houve a oportunidade de retirar a carta que nos acompanhará no mês de agosto. Mês de férias para a maioria das pessoas, de descanso e de libertação e, claro, a energia que nos acompanhará é a Morte.

Esta foi, ao longo de muitos anos, a carta mais temida do baralho, a número 13!!! Graças à evolução das mentalidades, hoje sabemos que esta energia apenas nos serve na medida em que nos relembra que o que já não pulsa ao ritmo cósmico deverá ser destruído e que só assim poderá pulsar novamente.

A palavra de ordem é transformação. Transformar, mudar o que já não nos serve. Mudar?!?! Nunca dirão alguns Antes a Morte! pois eis que ela aqui está!

Ancient Waltz by Shin Tau

Adoro mudanças! Adoro transformações, pois sou completamente intolerante à estagnação. Tudo neste mundo maravilhoso se transforma, nada se perde. Desta feita, para quê tentarmos ser diferentes, não somos também nós parte integrante da Natureza, onde nada se cria, nada se perde, tudo se transforma?!?

Este mês estendamos os nossos braços e acolhamos a Morte. Dancemos a sua valsa. Que os nossos pés lavrem o terreno para o tornar fértil. Que os nossos braços se ampliem e toquem o Alto. Que o nosso corpo se mova em libertação. Que assim seja!

Na primeira hora de Saturno de um dia de Vénus e de Nossa Senhora da Boa Morte, S. Romão e S. Samuel de Edessa

Day 17 "Nossa Senhora do Ó"

Nossa Senhora do Ó por José Rodrigues
Era um dia de S. Ciríaco, S. Severo e S. Caetano

Day 16 "boas novas"


Era um dia de S. Afra, S. Alberto, S. Severino, S. Sisto e S. Donato

Day 15 "em Viagem"

Para além da curva da estrada
Talvez haja um poço, e talvez um castelo,
E talvez apenas a continuação da estrada.
Não sei nem pergunto.
Enquanto vou na estrada antes da curva
Só olho para a estrada antes da curva,
Porque não posso ver senão a estrada antes da curva.
De nada me serviria estar olhando para outro lado
E para aquilo que não vejo.
Importemo-nos apenas com o lugar onde estamos.
Há beleza bastante em estar aqui e não noutra parte qualquer.
Se há alguém para além da curva da estrada,
Esses que se preocupem com o que há para além da curva da estrada.
Essa é que é a estrada para eles.
Se nós tivermos que chegar lá, quando lá chegarmos saberemos.
Por ora só sabemos que lá não estamos.
Aqui há só a estrada antes da curva, e antes da curva
Há a estrada sem curva nenhuma.

Alberto Caeiro, in Poemas Inconjuntos

Era um dia de S. Agapito, S. Justo e S. Domingos de Gusmão

Day 14 "das sensações simples"

há certas coisas tão pequenas de significado, tão banais, tão simples, que por serem-no assim trazem-me  uma sensação imensa de felicidade.

mergulhar numa cama acabada de fazer. os lençóis a cheirarem a lavado. há um conforto neste acto que me faz sentir preenchida. serão memórias do conforto sentido no útero? ou será mesmo só um prazer que me lembra instintivamente que a felicidade também mora nas coisas pequenas e simples.

Era um dia de Nossa Senhora das Neves, S. Emídio, S. Abel e S. Osvaldo

Day 13 "Poliça - "Tiff""



Era um dia de S. Domingos

Day 12 "a vila das Artes"

Shadows in colours by Shin Tau
Era um dia de S. Lídia, S. Estêvão Mártir e S. Nicodemos

Day 11 "Nossa Senhora dos Anjos"


Apaixonei-me pelas obras de José Rodrigues. 

Era um dia de Nossa Senhora dos Anjos, S. Estêvão Papa e S. Eusébio de Vercelli 

quinta-feira, agosto 08, 2013

Day 10 "As colheitas"

Lembra-me que as obras das minhas mãos Te pertencem e que me pertence devolver-Tas ao ofertá-las. 
Que, se eu faço por gosto do proveito, como um fruto esquecido, eu apodrecerei...

O 1.º de agosto marca o início de um ciclo, é como dizem os populares o 1.º de inverno.

Nos tempos em que dependíamos verdadeiramente da terra e do clima, este era o começo da época da colheita. Era o tempo de limpar os campos e encher as despensas para o inverno.

Hoje, apesar de não estarmos tão ligados à terra, esta data tem um significado simbólico. É o tempo de desfrutar de todo o trabalho que tivemos ao longo do ano. É o tempo de sentir e armazenar os raios solares que começam a perder a sua força. É o tempo de espreguiçar e ficar a rebolar na areia ou buscar as sombras frescas das árvores que abundam no campo.

O ritual pode ser consultado aqui.

Era um dia de Santa Sofia, S. Macabeu e S. Afonso Maria de Ligório
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...