terça-feira, fevereiro 04, 2014

Fevereiro dependurado

Eis uma energia que raramente sai por estas bandas - O Dependurado. Mas, honestamente, para mim, faz todo o sentido que saí neste mês tão importante.

O Dependurado em fevereiro vem lembrar-nos coisas simples que tendemos a esquecer neste mundo da imagem, do status, do self, do convencional, do normal, da exigência, da aparência, da concorrência, da responsabilidade, do dever, da obrigação, da confusão, de tudo o que nos afasta cada vez mais de nós próprios.

Este mês façam o que fizerem, escolham o que escolherem, não se esqueçam - a única obrigação que temos de ver cumprida é o respeito pela nossa natureza. É ela que nos mantém alinhados, é ela que nos permite permanecer em equilíbrio neste mundo desequilibrado. É ela, a nossa natureza, que nos oferece a consciência tranquila, a serenidade para no final do dia beijarmos quem amamos em plenitude, olharmos os colegas de trabalho com respeito, sorrir para quem encontramos ao longo do dia e sentirmo-nos realizados, em paz, consciente e inconsciente unidos, coração e razão a fluir como um só.

E agora a pergunta inevitável: qual é a tua natureza? Aquela que te mantém o pé agarrado na cruz, impedindo-te de te estatelares no chão.

Se houver algum sacrifício associado a este Arcano, ele só pode ser o de aceitar a natureza das coisas. Só desta compreensão poderá vir paz. E, ainda, aquela desculpa das obrigações, que temos todos de assumir pois fazemos parte da grande máquina e ela só funciona assim, essa desculpa este mês tem de ir à vida. Não podemos abandonar as obrigações, é certo, porém, podemos abandonar a forma como as assumimos.

Ai! fevereiro vai ser um mês em cheio!

Era um dia de Sol e de S. Lourenço e da Purificação da Nossa Senhora
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...