sexta-feira, fevereiro 14, 2014

Neptuno em Gémeos, Caranguejo e Leão

Neptuno em Gémeos (1887/1989‑1901/1902) indica uma geração de pessoas que se esforçam para desenvolver as faculdades criativas e intuitivas da mente por meio da literatura e da poesia, William Shakespear, Ernest Hemingway, John Steinbeck, F. Scott Fitzgerald, J.R.R. Tolkien, Jean Cocteau, Henry Miller e Fernando Pessoa são exemplos disso.
Essas pessoas dessa geração possuem uma imaginação activa e versátil e a capacidade de canalizar ideias de esferas mais elevadas através da habilidade da mente para formar imagens. O pintor catalão Joan Miró ilustra bem esta afirmação.
O lado negativo dessa expressão é a preocupação com um mundo imaginário e seus valores superficiais. Pode também haver confusão no raciocínio prático e na comunicação.

Neptuno em Caranguejo (1901/1902‑1914/1916) indica uma geração de pessoas com fortes ligações psíquicas com o lar, a família e a terra. Elas são bastante compreensivas e emocionalmente sensíveis. Tendem a ser religiosas, mas de maneira emocional. Exemplo disso são Madre Teresa de Calcutá, Abbé Pierre e Joana d'Arc.
Se Neptuno estiver bem colocado e aspectado, são evidentes tendências psíquicas e mediúnicas. Muitos clarividentes nascem com Neptuno em Caranguejo.
O lado negativo dessa expressão são o sentimentalismo piegas e uma ligação exclusiva, emocional, com a família e o país. Pode também haver tendências mediúnicas mal orientadas que podem atrair influências astrais inferiores.
Temos os artistas Salvador Dalí e Frida Kalo que, a meu ver, ilustram bem este posicionamento.

Neptuno em Leão (1914/1916‑1928/1929) indica uma geração de pessoas com fortes talentos musicais e artísticos. Elas se interessam especialmente pelo teatro e outras artes dramáticas. Marilyn Monroe, Paul Newman, Ava Gardner, Charles Bronson, Audrey Hepburn, Marlon Brandon e Rita Hayworth, mas também Frank Sinatra, Andy Warhol, Mozart, Serge Gainsbourg, Edith Piaf e Maria Callas.
Grande parte da sua criatividade inspira-se nos níveis mais elevados da consciência. Esta posição de Neptuno tende ao romantismo e ao idealismo no amor. Nelson Mandela, Malcom X, Papa João Paulo II, Che Guevara e Indira Gandhi são alguns dos famosos com este posicionamento.
O lado negativo dessa expressão pode ser a ilusão no amor. As armadilhas dessa posição são os gastos extravagantes na procura do prazer e inabilidade para lidar com crianças.
Neptuno estava em Leão no período em que especulações imprudentes na Bolsa de Valores levaram o mundo à ruína financeira e à Grande Depressão.

Tradução livre de The astrologer's handbook de Frances Sakoian & Louis S. Acker

Na primeira hora de Mercúrio de um dia de Vénus ede S. Valentim
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...