sexta-feira, agosto 27, 2010

Para quê persistir?


Quando no fundo é tão simples. Basta dar liberdade!


Na segunda hora de Vénus do dia de Vénus, S. Mónica, S. Rufo, S. José de Calasanz,S. Cesário

quarta-feira, agosto 25, 2010

A Água do Ganges


- Mestre - disse o discípulo -, ensinas que Deus está no interior de cada um de nós, mas como pode a divindade, tão vasta como é, caber dentro de nós?
- Vais até ao Ganges e traz-me um litro de água - respondeu o mestre ao discípulo.
Quando este trouxe a água, o mestre ficou assombrado:
- Mas esta não é a água do Ganges!...
- É claro que sim, tirei-a eu mesmo do rio! - exclamou o discípulo.
- Mas onde estão as tartarugas, os peixes, as pessoas que se banham nele, as embarcações, os cadáveres que arrasta e os monges que fazem nele as suas abluções? Eu não vejo nada disto nela. Não pode tratar-se da água em questão. Corre a atirá-la ao Ganges!
Quando o discípulo regressou, o mestre disse-lhe:
- Agora, o teu litro de água misturado com a água do rio contém tartarugas, peixes e tudo o que lhe faltava antes. Essa é que é a água do Ganges.

História indiana


A compreensão de que só em união com o todo, pois somos parte integrante dele, conseguiremos avançar no mundo manifestado, é uma das primeiras lições a aprender.

«Quando estamos vinculados à imensidão, somos ricos de tudo o que ela contém. Separado do mundo não tenho nada.» 

Alejandro Jodorowsky

Na primeira hora de Vénus do dia de Mercúrio, S. Luiz de França, S. Gelásio

terça-feira, agosto 24, 2010

Noite de Lua Cheia

Esta Lua Cheia de Agosto tem por si só um grande poder pois enquanto o Deus está em Virgem a Deusa está em Peixes, é noite de festa para recebermos as bênçãos todas! Mas Plutão também está para ficar directo e isso significa que grandes revelações estão prontas para se tornarem públicas, se a isto aliarmos uma bela meditação, quem sabe o que nos será revelado!

A Lua em Peixes pede magia, toda ela transpira a comunicações e revelações, por isso é de aproveitar. Além disso esta Lua está conjunta a Quiron, são só boas notícias! 

Se ainda não tem nada para fazer hoje, reprograme a sua vida e faça uma pausa. Retire-se no seu espaço e oiça o seu interior! Ou então, faça o ritual de Comunhão, pode encontrá-lo aqui!

A todos boas revelações! Beijocas encantadas ***********************

Na segunda hora de Júpiter do dia de Marte, S. Bartolomeu

sexta-feira, agosto 20, 2010

Vénus em conjunção com Marte (actualizado)

Matias Aguayo - Rollerskate

a fazer sextil com a minha Lua natal, que belo momento!

Para aprofundar o tema leia este post ou/e este, por exemplo.

Na primeira hora de Saturno do dia de Vénus, S. Bernardo, S. Leovegildo, S. Amador

quinta-feira, agosto 19, 2010

Desafio fotográfico

Que história conta esta bicicleta?

(foto por Shin Tau)


Na segunda hora de Marte do dia de Júpiter, S. João Eudes, S. Luís Beltrão, S. Sabina

segunda-feira, agosto 16, 2010

A Justiça

Que os nossos passos sejam dados em consciência. Que a Justiça e a Verdade sejam os nossos olhos. Que os nossos pés não vacilem nos momentos difíceis e que o equilíbrio seja possível.

Para a semana em que a Justiça decidiu emanar a sua energia sobre nós, ofereço-vos Koop, uma banda sueca interessantíssima. Divirtam-se muito mas não se esqueçam do Karma, toda a acção gera uma consequência!

Vou voltar para o descanso!

Na segunda hora de Marte do dia de Lua, S. Joaquim, S. Roque, S. Estêvão da Hungria


Actualização: No final da semana decidi mudar a melodia para Matias Aguayo - Rollerskate.

quinta-feira, agosto 12, 2010

Voltei, afinal voltei...


mas ainda continuo com aquele ritmo desacelerado de viver, aquela boa onda que se vive e respira por Amesterdão, será dos moinhos?

Para todos:

Na primeira hora de Mercúrio do dia de Júpiter, S. Herculano, S. Clara de Assis

quarta-feira, agosto 04, 2010

Fui

                                                              

                                        Mas volto ;) 
                                          acho eu!

Até lá...
                                                                       muitos beijos

Shin Tau

Na primeira hora de Lua do dia de Mercúrio, S. Domingos

Desafiaram-me, olhem para isto!!!

É verdade o Grimoire recebeu um desafio ;) mas um desafio bom!

A xamã arKana do blogue Locais Sagrados desafiou-me a dizer "10 coisas que gosto muito", easy :)

Sem obedecer a qualquer ordem a não ser simplesmente o impulso e a memória. Então, gosto muito de:
  • comunicar, ai se gosto!!! Mas curiosamente não por telefone, não tenho muita pachorra para falar ao telefone. Ao vivo e a cores é melhor forma de comunicação ... ou por escrito :)

  • movimentar-me. Mexer-me. Não gosto de estar muito tempo quieta, isto é, inerte. Daí a paixão pela dança...

  •  aprender, alargar horizontes. Adoro sentir que despertei para alguma coisa. Descobrir outras culturas, outras novidades. Sou uma eterna curiosa pelo mundo e pelo outros.

  •  viver. Poder experimentar sensações, sejam elas do foro sensorial ou emocional

  •  por isso, o cinema me diz tanto

  •  a música

  • a literatura

  •  a escrita

  • a meditação e

  • dormir, adoro dormir, poder sonhar!!! ehehehehe
Acho que de forma natural são estas as 10 coisas que gosto muito e que me ocorreram agora. Mana não fiques com ciúmes...era sobre coisas...tu não és uma coisa!!!

Agora lanço o desafio não a 10 blogues amigos mas a todos que o quiserem fazer. A sério, todos os que se sentirem impulsionados, compelidos como que por uma força bizarra...força. Levem-no para os vossos espaços ou deixem-no aqui nos comentários, your choice!

arKana obrigada, é sempre bom haver um momento em que os leitores podem conhecer um pouco mais sobre quem escreve e quem escreve também ;)

Beijocas a todos e bons desafios!

terça-feira, agosto 03, 2010

A Lua, o Imperador e a Cruz

Para este início de Agosto, depois de duas mortes intensas, temos a Grande Mãe a banhar-nos. Esta semana a Lua, energia 18 na Rota, vai ajudar-nos a conseguir superar esta grande Cruz. Cruz essa que foi reforçada este mês pela carta oculta - O Imperador!



Ao que parece andamos todos a ser testados na nossa estabilidade, seja ela financeira, moral, emocional ou espiritual. Com este percurso realizado no mês de Julho, poderemos esperar que essa estabilidade, que essa conquista dos 4 elementos tenha sido concretizada. Senão, voltemos atrás, vejamos as aprendizagens feitas, as experiências de Isis/Alegria. Para ler mais sobre esta Grande Cruz aconselho alguns artigos da Cova do Urso - o Blogue do António Rosa, mais ainda, nesse mesmo blogue poderão encontrar do lado direito, no menu uma parte com o título «Série «Grande Cruz 2010» (e textos de amigos)», vale a pena perder-se um pouco por ali e encontrar respostas para como tirar o melhor proveito do que está a acontecer. Ou isso, ou meditar com o Imperador, pode encontrar aqui.


Com a Lua para este início de semana espero que seja o colo da mãe que esteja a ser anunciado. Que a Grande Deusa nos esteja a dizer «Aconteça o que acontecer, estarei sempre aqui para vos reconfortar.» Prestemos atenção à nossa Percepção, aos nossos Sonhos e às mensagens em geral, tudo vai ser muito importante, mais que o normal, creio mesmo!

Para esta semana escolhi uma variedade de músicas, três clássicas e três alternativas. Escolham as que mais gostam e oiçam até se cansarem!
  • Antonin Dvorak - Song To The Moon
  • Nouvelle Vague - The Killing Moon
  • Beethoven - Moonlight Sonata
  • Elvis Presley - Blue Moon 
  • Debussy - Clair De Lune
  • Mazgani - Moonless Garden
Na terceira hora de Sol do dia de Marte, S. Lídia, S. Estêvão Mártir, S. Nicodemos

segunda-feira, agosto 02, 2010

Duas Mortes Uma Vida


Isis sentia que nada a iria parar e acreditava que essa energia toda vinha de ter estado em contacto com a sua casa, a sua comunidade, através da visita do seu amigo Hierofante. Sabia que poderia mudar o quer que fosse, a sua energia estava imparável.

Todavia, o inesperado actua e Alegria perde o controlo da carruagem e o acidente é impossível de evitar. Com a força da gravidade a actuar a carruagem desliza para a direita, as rodas soltam-se e Isis é expulsa bruscamente.

Apesar de não se sentir muito dorida, há uma certeza no seu interior, algo aconteceu à criança. Isis sente a vida que se gerava em si a desaparecer e com os olhos em água enfrenta Alegria, que rapidamente a estava a ajudar. O aborto foi inevitável. 

Isis recolheu-se nessa noite com um pesar no seu coração. Havia um buraco na sua alma, mas ela sabia que ainda havia algo para compreender. A paciência seria agora a sua melhor conselheira. Enquanto começava a dormitar e a perder o controlo dos seus sentidos, foi invadida por uma visão.

Um ser escuro, composto por restos de corpos antigos de animais, estava na sua frente. Na mão um sabre. 

«Mais uma vez te encontras num caminho bifurcado. A escolha que fizeres agora ditará o desfecho do teu futuro. Virei mais vezes visitar-te se a escolha não for correcta. É momento para limpeza de karma e se o fizeres grandes sofrimentos serão evitados.»

Isis compreendia perfeitamente o que lhe estava a ser dito. Ela sabia que estava a pagar o preço de ter saído mais cedo do que o previsto da comunidade. 

«Por agora deixo-te a carpir as tuas mágoas, fá-lo. Fecha o ciclo, limpa a tua alma com a água do sofrimento. Mas amanhã terás de estar pronta para enfrentar e defender a todo o custo aquilo em que acreditas.»

E com estas palavras desapareceu ou Isis adormeceu profundamente.

Quando acordou...sentia-se impotente para agir. Era como se os seus pés e mãos estivessem atados. Ela sabia que a sua escolha seria de grande importância e o terror de errar paralisava-a. Afinal, já perderá a vida por erros ou antecipações de acções...mas teria de agir, não podia ficar à espera.

O ser que a visitara na noite anterior esperava-a outra vez ao virar da esquina e, assim que Isis semicerrou os olhos, ela apanhou-a.

«Se queres atingir o alvo, terás de o fazer com um metal afiado. Para haver cura é preciso coragem e uma mão firme. Suga o veneno com a chama da cura.»

Isis sabia que estava a ser forçada a agir. Parecia que a urgência da acção lhe era imposta pelo exterior e não havia saída possível. Errar ou acertar seria apenas um jogo de sorte. O medo, o horror, o terror de errar enraizava-se e ela petrificava. 

O combate interior teve início. Isis mergulhou dentro das suas águas interiores e foi procurar a raiz daquela emoção. Enquanto mergulhava várias imagens invadiam a sua mente mas nenhuma permanecia o tempo necessário para ser descodificada, até que...

«Eu sou a Mãe do Amor que oferece do seu graal para o bem de todos. O meu gole é infinito como o mar. Abre o teu coração alegremente e recebe.»

Foi nesse momento que tudo se encaixou na sua alma. A lama deu lugar a águas límpidas e a Lua Cheia reflectia-se nelas. Isis compreendeu finalmente que ela abrira dentro de si o espaço para que a maldição da noviça actuasse. Fora ela que abrira as portas da sua mente a essa possibilidade, quando acreditou que corria perigo. Não mais!

Ao despertar, Isis nem necessitou de estar em completo alerta para deslumbrar que tudo estava mudado. Ela já não era a mesma, outra vez! 

«Vais-me abandonar? Agora que já não temos a criança...vais regressar. Sim, compreendo que será pelo melhor, pelo menos corrigirás o erro.» 

«Alegria, não há erros na minha vida, apenas atalhos mais longos. E não, não te irei abandonar. O que está feito não pode ser alterado, mas aprendido para não voltar a ser repetido. Seguimos juntos. Rumo a um novo começo.»

A Lua estava majestosa no céu negro e estrelado, era um cenário daqueles que só de vez em quando se conseguem ver. As suas bênçãos caíram em cima deste casal, que, contra todas as probabilidades, ainda continuava junto. Era mais uma vez, o triunfo do Amor. Nada nem ninguém os iria parar, essa era a certeza de alma de Isis.

Na primeira hora de Marte do dia de Lua, Nossa Senhora dos Anjos, S. Estêvão Papa, S. Eusébio de Vercelli
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...