quarta-feira, agosto 25, 2010

A Água do Ganges


- Mestre - disse o discípulo -, ensinas que Deus está no interior de cada um de nós, mas como pode a divindade, tão vasta como é, caber dentro de nós?
- Vais até ao Ganges e traz-me um litro de água - respondeu o mestre ao discípulo.
Quando este trouxe a água, o mestre ficou assombrado:
- Mas esta não é a água do Ganges!...
- É claro que sim, tirei-a eu mesmo do rio! - exclamou o discípulo.
- Mas onde estão as tartarugas, os peixes, as pessoas que se banham nele, as embarcações, os cadáveres que arrasta e os monges que fazem nele as suas abluções? Eu não vejo nada disto nela. Não pode tratar-se da água em questão. Corre a atirá-la ao Ganges!
Quando o discípulo regressou, o mestre disse-lhe:
- Agora, o teu litro de água misturado com a água do rio contém tartarugas, peixes e tudo o que lhe faltava antes. Essa é que é a água do Ganges.

História indiana


A compreensão de que só em união com o todo, pois somos parte integrante dele, conseguiremos avançar no mundo manifestado, é uma das primeiras lições a aprender.

«Quando estamos vinculados à imensidão, somos ricos de tudo o que ela contém. Separado do mundo não tenho nada.» 

Alejandro Jodorowsky

Na primeira hora de Vénus do dia de Mercúrio, S. Luiz de França, S. Gelásio
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...