segunda-feira, maio 02, 2011

A Máquina Humana

A máquina humana fabrica, pois, forças de uma certa ordem. (...) ela deve tender para dois fins: de uma parte, fornecer forças e meios de ação ao homem de vontade, conforme já o dissemos; de outra parte, alimentar e reparar, sem interrupção, suas próprias engrenagens que se vão gastando à medida que se usam.
Para se fazer uma idéia do organismo humano, deve-se figurar três usinas superpostas e ligadas entre si por tubos e fios elétricos.
A usina inferior chama-se ventre; a usina média, peito, e a usina superior, cabeça.
(...)
Para bem fixar as idéias, pode-se figurar o ventre como uma usina hidráulica na qual as máquinas são relativamente toscas. O peito é uma usina a vapor com as suas bombas, reservatórios, motores, e grandes quantidades de tubos. Enfim, a cabeça é uma usina elétrica com seus dínamos, acumuladores, comutadores e uma prodigiosa quantidade de fios condutores.
(...)
Estas três usinas assim compreendidas dão uma primeira idéia bastante nítida da máquina humana.

in Tratado Elementar De Magia Prática de PAPUS

Na segunda hora de Mercúrio do dia de Lua, S. Mafalda, S. Atanásio
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...