terça-feira, junho 05, 2012

Quem canta, sua pedra levanta!

E o que é que tu descobriste?, perguntou Batalha, referindo-se às visitas que ele fazia ao sítio da construção da igreja. O que é que tu descobriste que tens de ser?

Foto de Mars Chen
Descobri que sou uma pedra a meio-caminho de ser um homem, respondeu Pedranceiro, pousando os cotovelos nos joelhos. Eu ouço-os. eu sei que eles também se aperfeiçoam ao construir a igreja deles.
Como é que sabes isso?
Porque eles cantam ao polirem as pedras, disse Pedranceiro. E desbastam as imperfeições deles com as delas. É isso que eu tenho que fazer, mas... Curvou a cabeça. Mas ainda não sei o segredo. Às vezes, fico muito triste e acho que nunca vou aprendê-lo, mas quando me sinto mais confiante vou até à igreja e escuto tudo o que eles dizem. Não me escapa nada. Foi assim que descobri de que pedra sou feito. E passado tanto tempo, tanto que já tive oportunidade para calcorrear todas as montanhas que existem por aqui, por dentro e por fora, pude dar um nome a mim próprio. Foi um grande dia para mim, pequena pedra-de-toque. Suspirou. Um grande dia. Elevando as palmas das mãos, cantou: (...)
in Batalha de David Soares

Que canção cantas tu quando vais polindo a pedra que és? 


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...