Avançar para o conteúdo principal

O último dia do ano

O Facebook já nos pôs a fazer os melhores momentos de 2013, por todo o lado para onde nos viramos os balanços abundam, revisões e análises...é aquela altura do ano em que revemos o que fizemos e traçamos objectivos para o ano que começa. Mas como disse Zé Pedro Vasconcelos, na verdade, é só uma noite de terça para quarta! Tudo depende daquilo em que acreditamos. Eu, aproveito sempre as energias e uso-as a meu favor.

Primeira parte do balanço é sobre este espaço, diário da minha Jornada.
Este ano não foi tão mau como o anterior, tendo havido quase o dobro das partilhas, mas aconteceu algo que nunca tinha acontecido, fevereiro e março têm uma partilha e em abril e maio não houve qualquer movimento por aqui. Junho foi o mês escolhido para reactivar o Grimoire adormecido e só em dezembro houve algumas paragens, com o meu pai internado não havia muita cabeça para divagar. Mas o balanço é positivo, consegui retomar as partilhas diárias e concentrar-me apenas num espaço, tendo o Flow my Tears encerrado.

Foi este ano também que decidi deixar de ter uma energia de Arcano Maior por semana e passar a ser mensal. As energias destes Arcanos são fortes e precisam de mais tempo para actuar. Foi uma boa decisão.

E pronto, eis a minha selecção dos melhores momentos do Grimoire de 2013:


Segunda parte do balanço, como correu a minha vida. Não foi um ano fácil, mas foi, sem dúvida, o ano em que retomei as rédeas, aparei as pontas soltas, superei provas e conclui projectos. Metade do ano foi vivido ainda na indecisão, mas a partir de junho tudo começou a ficar claro. Invadida pela determinação, rumei em direcção à minha felicidade.

Como todos os anos, houve uma montanha-russa de emoções e de acontecimentos, mas 2013 ficará marcado como o ano em que decidi, escolhi conscientemente, abrir a porta a uma outra parte de mim. Aceitei a sombra, enfrentei as dúvidas e os medos, sai desse encontro cheia!

E agora 2014 trará o fruto dessa escolha. 2014 é o início de uma nova etapa, de um caminho completamente desconhecido, de uma vida nova. Se fizermos a conta ao ano, a carta que ele representa é o Carro, arcano 7. E para mim, sem dúvida alguma, será o ano do Carro.

Desta feita, resta-me terminar com os desejos para 2014 em jeito de oração.

Que eu saiba guiar o Carro com Amor e Sabedoria.
Que o meu corpo seja o templo para a construção da Obra.
Que o Caminho se revele à medida da minha consciência.
Que abundem a tranquilidade, a saúde e a alegria.
Que não me esqueça que nunca estou só e que basta pedir.
Que assim seja!

E a jeito de conclusão, fechemos o círculo.

Foi dito que esta é uma noite de terça para quarta, portanto terminamos o ano com Marte e começamos com Mercúrio.
Deixamos as defesas e os inimigos, manifestados ou ocultos, conscientes ou inconscientes, para trás e activamos as relações positivas, através da comunicação e não da luta. Largamos os ódios, as invejas, a cegueira pela justiça, para nos livrarmos da ignorância e da preguiça. Só na Luz, na consciência e na sabedoria poderemos decidir, encontrando o entendimento.

Para todos nós um próspero 2014!

Na primeira hora de Mercúrio de um dia de Marte e de S. Silvestre, Santa Colomba e S. Sabiniano

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Oração para benzer a casa

Lembrei-me hoje de partilhar a oração que podem utilizar durante a limpeza da casa, é a que eu utilizo e com a que melhor me tenho sentido. Esta reza foi retirada do livro Tissanas, Mezinhas e Benzeduras de Lubélia Medeiros. O livro contém uma recolha de orações e de benzeduras populares muito interessantes, para alguém como eu que não teve tempo de aprender tudo com a avó, torna-se num compêndio muito rico. Além disso, e como o título indica, contém receitas de chás e de pomadas caseiras que podemos utilizar na cura de determinadas doenças. Fica aqui então a benzedura para quando estamos a defumar a casa com alecrim e arruda, ou com outras ervas com que nos sintamos bem:

Em louvor do Santíssimo Sacramento do altar, Esta minha casa eu estou a defumar, Para que todos os espíritos maus, Inveja, praga, mau-olhado E artes diabólicas se hão-de afastar. E a paz de Jesus nos venha abençoar. (abrir a porta da rua e dizer três vezes) Em louvor de São Bento Sai o mal para fora que entre o Bem para dentr…

Invocar e enviar Poder Mágico

Para começar é necessário definir o que é o Poder Mágico, só sabendo do que se está a falar se poderá invocar e enviar. O Poder Mágico é a energia que Mago invoca e molda para seu uso, para os seus objectivos.

Conseguir invocar o Poder Mágico é de uma utilidade extrema para o Mago, seja em que momento for, eu por exemplo invoco o Poder Mágico do meu Nome quando me sinto a ser atacada e impossibilitada de reagir ou quando estou a precisar de me concentrar em alguma coisa. Mas quando nos referimos a invocar a energia para questões de rituais estamos simplesmente a relembrar que tudo neste Universo é constituído por energia, moléculas.

Quando o Mago pretende invocar as energias de algo à sua volta apenas está a aumentar o campo vibratório do objecto. Por exemplo, quando utilizamos catalisadores durante um ritual temos a consciência de que esse objecto não tem poder em si, é apenas quando o mago invoca o poder que lhe conferiu antes do ritual que este poderá ajudá-lo no seu trabalho.

Entã…

Ritual para limpeza de Karma

Nas últimas semanas, as conversas com o Viajante tem andado muito em volta do Karma e como amanhã é um dia poderoso, decidi partilhar um ritual que serve para o podermos limpar conscientemente.
Este ritual foi criado por uma bruxinha linda com quem partilhei um ano de rituais. Sei que ela vai ler este texto e por isso, peço perdão aos outros, vou fazer uma pequena homenagem e deixar aqui no meu livro uma mensagem de gratidão e perdão.
Ela foi a minha mestre em meditação. Surgiu na minha vida no momento certo e com ela aprendi a Beleza das meditações e das limpezas Universais (um dia colocarei aqui como podemos limpar o Planeta das energias negativas). Com ela e através dela aprendi o caminho para o meu mundo interior e cresci muito nos seus braços. Um dia levou-me a outro mestre, que me despertou para a Magia. Nesse momento deixámos de ser discípula e mestre para nos tornarmos amigas de Viagem. Não foi fácil esta passagem, pois como em tudo na vida tinhamos formas diferentes de encarar …