sábado, fevereiro 15, 2014

Neptuno em Virgem, Balança e Escorpião

Neptuno em Virgem (1928/1929‑1942/1943) está em detrimento, indicando uma geração cujas faculdades criativas e imaginativas são frustradas por circunstâncias materiais adversas.
Neptuno em Virgem inclui grande parte da geração que cresceu durante a Grande Depressão dos anos 30. Foi uma época de caos em todo o sistema económico, resultando em escassez de empregos, que são regidos por Virgem.
O lado negativo de Neptuno em Virgem pode manifestar-se como uma tendência a doenças psicossomáticas e uma excessiva preocupação emocional com detalhes inconsequentes.
É provável que também existam dúvidas ou negatividade com relação aos impulsos intuitivos, que se manifestam no materialismo. Se Neptuno estiver sob tensão em Virgem, são típicos hábitos alimentares insensatos. Grande parte da adulteração química dos nossos alimentos começou durante esse período.
Famosos que nasceram nesta altura: Martin Luther King, John Lennon, Elvis Presley, Al Pacino, Sean Connery, Robert Redford, James Dean, Charles Manson, Beethoven, Woody Allen, Papa Francisco e Bob  Dylan.

Neptuno em Balança (1942/1943‑1955/1957) é a posição da actual geração pós-guerra. Durante a guerra, a instituição do casamento foi submetida a muita confusão e a um aumento crescente do índice de divórcios. François Hollande é uma das celebridades com este aspecto.
O número de lares destruídos conduziu a geração mais jovem à incerteza sobre o valor das obrigações nos relacionamentos. Há um instinto para o conformismo emocional e social com Neptuno em Balança, que, em sua expressão negativa, resulta em cegos conduzindo cegos. Isso manifesta-se em fenómenos contemporâneos como o abuso de drogas.
No lado positivo, Neptuno em Balança proporciona a essa geração uma percepção intuitiva dos relacionamentos sociais. O conceito de responsabilidade social mútua se baseia mais no espírito da lei do que em sua interpretação literal. Esta posição trouxe o desenvolvimento de novas formas de arte.

Eis alguns famosos a título de exemplo: Bill Gates, Leonardo DaVinci, Bruce Willis, Hillary Clinton, Jim Morrison, David Bowie. Oprah Winfrey, George W. Bush e Meryl Streep.

Neptuno em Escorpião (1955/1957‑1970) indica um período de exploração dos desejos naturais do homem.
Poucas pessoas vivenciaram a regeneração espiritual e iniciaram a busca dos mistérios interiores da vida, mas muitos são marcados pela exploração do sexo com propósitos comerciais. Escorpião é o signo do sexo e Neptuno rege as drogas. Pamela Anderson, Madonna, Kurt Cobain, Whitney Houston e Marilyn Manson são exemplos do que foi expresso.

A moralidade licenciosa desta época levou à disseminação de doenças venéreas e à difusão do uso de drogas como uma saída psicológica. Há muita intensidade e confusão emocionais, provocando perturbações no inconsciente que se manifestam através de fenómenos artísticos, como o rock.

Muitas das pessoas nascidas com Neptuno neste signo têm faculdades de clarividência e são forçadas a reconhecer a necessidade da regeneração espiritual.

Tradução livre de The astrologer's handbook de Frances Sakoian & Louis S. Acker

Na primeira hora de Júpiter de um dia de Saturno e de Santa Jovita e S. Romualdo
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...