quarta-feira, junho 04, 2008

Ritual do Novo Caminho

Ontem, com a chegada da Lua Nova às 20:23, aproveitei para realizar um Ritual, para poder aproveitar a nova energia da Lua de forma a poder projectar novas aventuras no meu caminho.
Este ritual, como todos os que por enquanto realizo, encontra-se detalhado no livro Rituais Antigos para um Mundo Novo – Manual de Magia de José Medeiros para quem quiser pesquisar mais ou verificar a informação aqui dada.
Este ritual tem como objectivo abrir um novo caminho e/ou auxiliar no caminho interior e para o realizar precisamos de três velas brancas, incenso de sândalo ou jasmim e um vaso com uma planta com flores brancas.
As três velas brancas servem para formar um triângulo, símbolo da trindade divina presente em todas as religiões, a sua cor é para nos oferecer a Luz que necessitamos. O incenso serve para nos ajudar a abrir a terceira visão para a meditação que vamos realizar. Já a planta é mais simbólica do que os restantes elementos, pois se realmente comprarmos uma planta para este ritual teremos como dever cuidar dela ao longo do ano, servindo para vermos como vai a nossa dedicação ao Caminho que escolhemos, a sua cor branca simboliza a pureza do nosso Coração e das nossas Intenções bem como da Luz que necessitamos para nos guiar.

Depois de realizarmos o Círculo Mágico e o Ritual de Abertura deveremos seguir as seguintes indicações:

Colocar o vaso com a planta no meio do Altar, rodeado pelas velas brancas que formarão um triângulo.
Acender as velas e o incenso.
Iniciar o percurso interior visualizando um caminho com uma porta ao fundo. Dizer:

- Poderes da Luz Divina que guia os meus passos nesta viagem interior, ajudem-me a abrir as portas fechadas da minha mente e do meu coração e a realizar o equilíbrio entre os Planos. Auxiliem-me a levantar o véu que oculta o meu passado e o meu futuro e ajudem-me a despertar a consciência do presente. Iluminem o meu caminho e dêem-me força para cumprir o meu destino. Que estas flores brancas, que abrem com a luz da manhã, representem o meu ser, abrindo-se para novas realidades com o auxílio da Luz Divina.

Meditando, percorrer o caminho que está para além da porta, recuando no passado e criando um futuro. Para que a meditação seja mais cómoda deve ser feita sentada.
Quando se terminar a meditação procede-se ao Ritual de Encerramento e à abertura do Círculo Mágico.
Todas as velas dos rituais deverão arder até ao fim e no caso de não ser possível deverão ser enterradas junto a uma árvore grande. A planta deverá ser plantada na Terra para que depois desta união feita, onde se associa a planta ao nosso ser, este possa crescer livremente e com todo a energia a que tem direito.
A meditação deverá também ser escrita com a maior rapidez possível pois todas as suas indicações serão importantes para o novo Caminho que iniciamos e segundo a minha própria experiência quanto mais se demora, menos nos lembramos depois.
Este ritual realiza-se na Lua Nova, sempre indicada para inícios de projectos, de Junho pois este mês tem uma força enorme, não só por ser nele que se realiza o Equinócio de Verão, o apogeu do Deus, mas também porque é o mês que se encontra exactamente no meio do ano.

Num dia de Mercúrio e do Santo Arcanjo Rafael, de São Quirino e de Santa Clotilde
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...