segunda-feira, abril 20, 2009

Selo Lemniscata

A doce, criativa, linda e amiga Lemniscata, no meio dos seus processos criativos, decidiu criar um Selo Blogueiro, e em boa hora o fez, pois o seu desafio é bastante interessante. Este selo que se intitula Selo Lemniscata visa destacar os blogues que demonstram talento.
Fui seleccionada para ganhar este selo por vos pôr a pensar (risos), não sei se isso é um talento, mas se ela achou não vou discutir! Cumpre-me agora a tarefa de nomear 7 blogues (Ó Lemniscata porque não são 8? rkrkrkrkrk) e responder à árdua pergunta: “O que é para ti ser um Homo sapiens?”

Eu disse que isto ia dar pano para mangas, mesmo se deixei de lado a questão da Igreja! Por que será tão difícil para a Igreja aceitar que viemos dos macacos? E não me venha com a história da Bíblia, pois é sempre possível de dar a volta ao texto! Mas bom...essa hoje fica de lado, hoje o tema é: O que significa para mim ser Homo Sapiens?

Antes de mais é apenas uma classificação, mas uma classificação que nos chama a atenção para o facto de que antes de sermos como somos, seres pensantes, passámos por vários estádios de evolução. O desconhecimento desses estados faz com que muitas vezes não compreendamos os comportamentos que temos ao longo do dia-a-dia e que outros seres da mesma espécie têm.
Por exemplo: o estudo genético do ser humano, revelou-nos recentemente que há uma quantidade de comportamentos que advém das primeiras fases do Homo, que ainda temos o input desses tempos. (Oh, Meu Deus! - dizem vós! Ah pois é! – digo eu.)
Os famosos sonhos dos quais acordamos sobressaltados porque estamos a cair (quem não teve já um desses?) vêm do nosso tempo em que nos tornámos Homo Erectus. Ainda não completamente adaptados a esse estado, dormíamos nas árvores e inevitavelmente muitos dos nossos antepassados caíram das árvores enquanto dormiam, tendo o famosa morte santa, durante o sono. Este acontecimento relaciona-se com os nossos sonhos de quedas, ainda existe em nós essa informação de que podemos cair durante o sono e morrer. Ou, ainda, descobriu-se porque reagimos tão mal quando ouvimos um “Shiuuu!” As nossas maiores inimigas eram as cobras que viviam connosco escondidas nas cavernas, o som Shiu assemelha-se aos sibilar que as cobras fazem, por isso, ainda hoje temos medo ou reagimos na defensiva perante esse som, curioso, não é?
O que nos leva, então, de volta ao tema. Ser um Homo Spaiens é ser um herdeiro de uma história evolucionária gigantesca, de biliões de ano de existência enquanto unidade celular, de biliões de mudanças e de mais não-sei-quantas gerações, enfim, se compreender a minha família já é complicado, imagino o que será compreender os ancestrais!!!
Todavia, pelo menos uma coisa temos de aprender com a nossa história e essa parece-me que cada vez está mais fácil de compreender, pois todas as crianças nos chamam a atenção para ela. Ao longo da nossa evolução levámos, por várias vezes, várias espécies de animais à extinção, somos uma praga para todos, onde chegamos destruímos, nunca nos integramos com a vida que já existe, impomos a nossa forma e achamos que tudo e todos são uma ameaça. E, infelizmente, isso ainda não acabou pois, mesmo sendo Homo Sapiens, continuamos a fazer o mesmo com tudo e todos. O que me fez pensar que se calhar ainda não estamos na fase final desta família, que se calhar depois do Sapiens virá outra categoria de Homo. Digo isto porque parece que a sabedoria ainda não foi fundida na totalidade, falta aqui algo para nos fazer o clique, ainda não desenvolvemos tudo o que há para desenvolver, aliás basta pensar na massa cinzenta e na percentagem que é utilizada.
Creio que esta fase do Homo estará em vias de extinção (não se riam) não tarda muito e uma nova fase se iniciará, onde poderemos juntar à Sapientia o Cognoscere, claro este dará um novo tipo de Homo, o Homo Cognoscus ou para os amigos o Cogno, aquele que além de pensar, sabe agir, com o coração, pois está claro! Que vos parece? Absurdo? Talvez! Visionário? Talvez!
Mas agora quero ouvir as vossas próprias teorias, pois já chega de falar sozinha! Ó Lemniscata, a culpa é tua, puseste-me para aqui a pensar e olha no que deu!

Ahhh ... não me esqueci....and the winners are:

Adriana das Dimensões Internas, pela forma como coloca questões tão fundamentais de forma simples e Bela, ajudando-nos a relembrar!

António Rosa da Cova do Urso, pelo seu Conhecimento e pelo Talento de pôr toda a gente a falar sobre Astrologia, mas não só!

Medusa do Nodo Ascendente, pelo Rigor e Profundidade dos seus textos! Pela sua genorosidade em nos oferecer a sua Sabedoria!

Mr. Hand do O Movie, Where Art Thou?, pela sua Paixão pelo cinema, por as suas críticas e notícias importantes! Além do seu inigualável talento de nos pôr a ver o Cinema como uma Verdadeira Arte!

Velho dO Velho, pela linda forma de escrever e de nos contar a História do Naró, simplesmente deslumbrante! E pela forma como torna possível o nosso despertar!

Viajante do Café e Bolos, pela diversidade de temas que nos oferece e pela sua infinita capacidade de Compreensão!

Whesley Fagliari dos Santos do Amigo da Sofia, pelos seus Poemas Mágicos que nos falam tanto, que penetram em nós ora com Raios que nos acordam, ora como suaves brisas que nos embalam!

Deixei de fora, a Hazel e a Caillean pois já receberam e, por isso, não voltei a mencioná-las mas elas sabem que o receberiam da minha parte. A Lemniscata está implícita, mas se não estivesse seria com certeza uma das contempladas, pois o seu Talento é imenso! Ficam outros três jovens blogues também de fora apesar de já terem provado ser criativos e muito mais, mas as regras...as malditas regras!!! Ahhh porque não eram 9??? Ou 10??? Rkrkrkrrkrrkrkrkkr

Obrigada Lemniscata, it was fun!

Agora estes 7 talentosos deverão também respeitar as regras deste Selo:

1 - O premiado deverá expor o selo no seu blog e atribuí-lo a 7 outros blogs que considere merecedores.

2 - O premiado deverá responder à seguinte pergunta: O que significa para si ser um Homo sapiens?

Divirtam-se!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...