quarta-feira, maio 27, 2009

Hipnose uma forma de tratamento

Hoje partilho convosco a minha Mestre de Meditação ;)
A querida Salomé Duarte enviou-me por mail o resumo do seu trabalho e pediu que o divulgasse, que melhor forma de o fazer senão aqui mesmo!?!
Os contactos dela serão colocados ao lado para quem lhe apetecer ir aos Arquivos mas precisa de ajuda, recomendo vivamente!
O que se segue abaixo é escrito pela própria, desfrutem.
O que é a Hipnose:
É um processo onde, recorrendo a técnicas de relaxamento físico e mental (tal como na meditação guiada), o paciente atinge um estado de relaxamento profundo, o chamado estado de transe, e dirige o foco da sua atenção para o que lhe é sugerido pelo terapeuta, mantendo-se sempre consciente, e nunca fazendo nada contra a sua vontade.
A Hipnoterapia ou Hipnose Clínica é o uso da hipnose que tem por fim ajudar o paciente a vencer e lidar com problemas e distúrbios de natureza psicológica e psicossomática, dificuldades emocionais, superar hábitos e vícios, traumas, etc.

Aplicações:

A Hipnoterapia Clínica pode ser utilizada para melhorar ou ultrapassar situações como:

· Regressão analítica a vidas passadas / futuras
· Curar a criança interior e os problemas associados à infância e que depois se projectam na vida adulta
· Progresso Individual
· Fortalecimento de ego
· Ansiedade e Stress – Relaxamento
· Ansiedade pré exames ou provas
· Vencer Fobias e medos
· Ataques de pânico
· Gestão da raiva
· Disfunções psico-sexuais
· Pesar/dor/depressão
· Reactivar o gosto de viver
· Projectar e construir objectivos
· Problemas dermatológicos
· Hipertensão
· Alívio das sintomas da Asma
· Insónias – distúrbios do sono (primários e secundários)
· Gaguejar - ensino e prática de técnicas de relaxamento e controle específicas
· Sonhos recorrentes, pesadelos
· Hábitos e vícios (fumar, beber, comer, etc)
· Melhoria no desempenho frente ao público ou noutras situações, como desportivas, etc.
E outras perturbações do foro psicológico.

A Hipnose no quotidiano:
As manifestações da hipnose ocorrem na vida diária sem que a maioria das pessoas perceba.
Quando assistimos a um filme , lemos um livro ou ouvimos música e estamos realmente a gostar, envolvemo-nos emocionalmente no tema, choramos, rimos, emocionamo-nos dependendo das cenas, sem deixar que a nossa mente analítica esteja alerta.
Somos transportados por instantes para esse outro mundo.
Podemos chamar a este estado um leve estado de transe hipnótico.

"...Para Shrout (1985), vivemos o estado hipnótico pelo menos duas vezes ao dia: quando vamos dormir e quando acordamos. Trata-se de um estado intermediário, similar ao estado de transe hipnótico, onde não estamos acordados nem tampouco dormindo..."

Técnicas de Hipnoterapia

Regressão Analítica:

Esta técnica terapêutica permite o acesso ao subconsciente. A sua mente subconsciente pode ser comparada com um “armazém” de vasta capacidade, onde tudo o que você tenha jamais feito, dito, ouvido, visto e sentido, está armazenado. Ela funciona automaticamente. Não racionaliza nem usa lógica. Simplesmente armazena dados.
Através da regressão, o seu subconsciente ajuda-o a descobrir a origem do conteúdo negativo de experiências do passado. Tal situação permite que a sua mente encontre soluções para problemas com raízes profundas. O resultado obtido é a libertação de condicionamentos que surgiram na infância ou outras vivencias , e que podem estar na origem de problemas físicos e psicológicos.

Terapia de Sugestão:

“Reprogramando” o Subconsciente
Todos nós estamos constantemente “reprogramando” o nosso subconsciente através das experiências vividas, pensamentos e diálogo interno. Se este for negativo, o seu subconsciente armazenará estas crenças e emoções negativas, criando hábitos de pensamento e comportamento que com o decorrer do tempo poderão vir a prejudicar a sua qualidade de vida e saúde.
O mesmo princípio aplica-se a atitudes e pensamentos positivos e construtivos. Com a reafirmação, através da sugestão, de sentimentos de auto-confiança e auto-estima, podemos “reprogramar” o nosso subconsciente. O resultado é muito positivo.
Existem muitas outras técnicas utilizadas em Hipnoterapia que quando administradas por um profissional, produzem resultados muito eficazes e duradouros. Estas técnicas incluem a auto-hipnose, relaxamento, visualização, dessensibilização, dissociação, regressão a vidas passadas, etc. A escolha das técnicas a utilizar depende das necessidades, problemas, objectivos e personalidade do paciente, transformando assim cada consulta numa experiência única e pessoal.

Limpeza Espiritual:

É um processo onde o paciente fica sentado numa cadeira durante cerca de 15/20 minutos, e o terapeuta de pé com as mãos nos seus ombros efectua uma visualização do estado actual do seu ser, a nível de preocupações, emoções, e situações que podem estar a obstruir o curso natural da sua vida e a bloquear o seu caminho.
O terapeuta obtém também informações e direccionamento para o caminho da pessoa naquele momento da sua vida e poderá verificar se existe algum bloqueio a formar-se no corpo energético em alguma parte do seu corpo físico.

Alinhamento Energético:

O nosso Sistema Energético Principal situa-se desde a cabeça até à base da coluna.
Cada centro energético está relacionado com um aspecto da nossa consciência, e funciona como bomba ou válvula que regula o fluxo da energia que flui através desse sistema energético.
Cada centro ou Chakra, está associado a uma glândula endócrina, bem como a um grupo de nervos ou plexo.
Quando sente uma tensão numa parte da sua consciência, sente-a no chakra que está associado a essa parte da sua consciência. A tensão é transmitida de seguida à glândula endócrina associada ao Chakra em questão, que por sua vez segregam hormonas que criam uma alteração química no corpo.
Por exemplo, A tensão sentida ao nível do plexo solar, relaciona-se com as percepções de poder e controlo e da liberdade de ser você mesmo; Ao nível do coração, tem a ver com a percepção do amor e dos relacionamentos na sua vida.
Ao nível da garganta tem a ver com a expressão daquilo que somos. Se ficam coisas por dizer, esse centro energético será afectado; De igual modo, se não gosta daquilo que faz profissionalmente esse centro enfraquece. E assim acontece com cada aspecto da nossa vida com o qual o respectivo chakra está relacionado.

Claro que todos estes conceitos estão aqui retratados muito resumidamente.

Quando a tensão na nossa consciência e portanto nos nossos chakras perdura durante algum tempo, a tensão é comunicada por um grupo de nervos ás partes do corpo a eles associadas. Cada chakra, por meio desses grupos de nervos, está associado a determinados órgãos do nosso corpo, e é deste modo que esses órgãos adoecem.

Se até ao momento tiver tido sintomas, poderá agora tomar a decisão para fazer aquilo que é necessário para regressar a uma situação de equilíbrio, recordando a si mesmo que é você quem decide aquilo que acontece na sua consciência, e portanto no seu corpo.
Claro que, se o seu problema já começou a afectar o órgão físico não basta inverter os pensamentos e o padrão mental de consciência, terá também que consultar um médico dessa especialidade.
Se os sintomas estão ainda no início, uma mudança na sua consciência ajuda muitas vezes, por si só, a repor o equilíbrio.

O propósito é sentir-se feliz e em harmonia consigo e com todo o universo.

Email: salome.duarte@sapo.pt
Cont. 968844579


(Creio que este post já não é actual, ao que parece a Salomé já não trabalha bem assim como aqui está expresso. Actualizado em 7/7/2012)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...