segunda-feira, maio 04, 2009

Ritual para a Lua Crescente de Maio


Este ritual, que José Medeiros denominou de Vida Manifestada, tem como objectivo festejar a manifestação da Vida, agora que chamámos o Verão e que em breve ele chegará no seu auge, devemos manifestar que estamos felizes e abençoados por fazer parte desta eterna Roda. Agradecer à Deusa pela sua Graça e usar a sua energia para nos tornarmos mais férteis.
Precisarão de uma vela branca, álcool, taça para fogo no meio do altar, de uma taça com água e rosas a Oriente.

1 - Círculo Mágico;
2- Abertura.
3- Ritual:

Erguer os braços, saudando o Oriente. Dizer:

Nesta noite da Grande Deusa, a Mãe Terra, venero as forças da Vida e invoco-as para que o seu poder regenerador me auxilie neste ritual. Que as suas forças geradoras de vida se manifestem pelo seu poder reprodutor nos planos animal e vegetal. Que a vida renasça cheia de força e se manifeste nos campos verdes, cobrindo-os de flores.
Que assim seja.


Saudar o Oriente, erguendo os braços e flectindo a cabeça.

Que este círculo seja um lugar de amor, alegria, verdade e comunhão entre os Planos. Que ele seja um escudo contra todo o mal, uma muralha protectora que preserve e contenha o poder que receberei de ti. Por ele te bendigo e a ti me consagro, em nome da Grande Energia Primordial.
Aspergir o templo com água consagrada, começando a Oriente e fazendo o caminho das quatros estações. Repetir o caminho com o incensário e, em seguida, com a taça do fogo ou com a vela do ritual.

Virado para Oriente, traçar no ar, com a vara, um pentagrama de invocação do Ar. Dizendo:

A vós, entidades que guardais a Porta do Oriente, eu vos invoco para que guardais este Círculo e observeis os ritos.


Saudar o Oriente. Virado para Sul, dizer:

A vós, entidades que guardais a Porta do Sul, eu vos invoco para que guardais este Círculo e observeis os ritos.


Saudar o Sul. Virado para Ocidente, dizer:

A vós, entidades que guardais a Porta do Ocidente, eu vos invoco para que guardais este Círculo e observeis os ritos.


Saudar o Ocidente. Virado para Norte, dizer:

A vós, entidades que guardais a Porta do Norte, eu vos invoco para que guardais este Círculo e observeis os ritos.


Virado para Oriente, cruzar os braços sobre o peito, o esquerdo sobre o direito. Flectindo a cabeça, em saudação, dizer:


Mãe Poderosa, Senhora da Natureza, Portadora da fertilidade; pela semente e pela raiz, pelo caule e pela folha, pela flor e pelo fruto, eu te invoco para que e protejas e dirijas neste ritual.
Abrir os braços e afastar as pernas, formando com o corpo um pentagrama. Saudar o Oriente e dizer:


Tu és a Deusa, cheia de Vida, que concedes a alegria aos nossos corações. Trazes à Terra o conhecimento do espírito Eterno e abres as Portas que permitem o contacto entre os Planos. Tua é a Taça do vinho da Vida, que dá a imortalidade.
Tu és a Mãe de toda a Vida, que com o teu amor cobres a Terra de verde. És a Lua branca, o mistério das águas, a alma da Natureza, a Vida do Universo. De ti vem a Força e a Beleza, o Poder e a Tolerância, a Honra e a Humildade, a Alegria e o Amor. Senhora, tu que és a morte que permite a Iniciação e conduz os Homens à Luz da Sabedoria, ajuda-me a conhecer o mistério e a encontrar o Caminho que existe dentro de mim.

Colocar as mãos abertas sobre a taça com a água e as rosas e dizer:

Pelo poder que me é transmitido pela Senhora da Vida, consagro esta água, em nome do Amor, da Harmonia e da Beleza.

Virado para Oriente, erguer a vela do ritual, em consagração. Depois, mergulhar a ponta da vara no álcool, acender a vela e apagar a chama dentro da taça com água e rosas. Dizer:

Que o Fogo te purifique, para que nos possas limpar a alma e equilibrar o corpo. Grande Mãe, Senhora do Universo, ajuda-me a percorrer o Bom Caminho e a vencer o Bom Combate.

4 - Encerramento;
5- Abertura do Círculo Mágico.

in Rituais Antigos para um Mundo Novo - Manual de Magia, José Medeiros

A água consagrada será guardada para outros rituais. As rosas serão enterradas no campo ou lançadas a um rio. A vela do ritual deverá arder até ao fim.
É um ritual muito mágico (risos), onde uma força poderosa é invocada. Que a utilizemos para renovar a vida de todo o Universo.

Num dia de santa Mónica, S. Benedita, S. Gotardo, S. Antonino de Florença
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...