segunda-feira, maio 31, 2010

O Eremita?!? E esta hein?

A carta que esteve oculta este mês foi o Eremita, ao que parece foi um mês em que andámos mais virados para dentro, será porque o Sol teima em se manter tímido? rkrkrkr

Faz bastante sentido que a energia que nos andou a influenciar tenha sido o Eremita, energia 9, não só porque o mês termina com a Lua Cheia Gémeos/Sagitário, mas também porque as energias do Tarot que nos acompanharam foram um pouco montanha-russa e isso provoca sempre um recolhimento.

Espero que o virar para dentro tenha sido proveitoso. 

O início do mês começou com o surgimento inesperado de oportunidades que aproveitámos e isso colocou-nos no centro do Universo. Mas, a partir do meio do mês, as energias começaram a ser mais lentas e introspectivas. Fomos ao fundo das nossas ilusões e premonições para sair dessa água lodosa com o vigor da Temperança. 

Foi um mês intenso que mexeu com o Virgem no nosso mapa natal. A mim mexeu em Saturno...fui mesmo levada a ter calma! e finalmente este planeta vai entrar em movimento directo!

Na primeira hora de Saturno do dia de Lua, Visitação de Nossa Senhora, S. Petronilha, S. Ubaldo

domingo, maio 30, 2010

Equilíbrio, Juízos e Avaliações - Decisões...

Meus queridos, esta foi de facto, para mim, uma semana de Temperança. Fui forçada pelas circunstâncias a exercer a minha diplomacia. A sair do conforto dos meus sapatos para me colocar no dos outros. A ser juiz, carrasco e amiga. Enfim, foi uma semana muito Balança, mas o melhor é que descobri mesmo que o consigo ser! Não gosto de o fazer, mas se tiver de ser, já sei que sou capaz!

Bom, mas vamos ao Alegria que interessa mais!

Alegria encontrou a sua resposta. Em todo o seu corpo se firmava a certeza de que só podia seguir em frente. O fim daquele estádio havia chegado.
Mesmo assim, decidiu repensar novamente a sua decisão, de forma a que não fosse apenas uma partida do Ego, mas uma decisão consciente da sua Vontade. E assim, caminhou até ao seu passado mais recente. Foi à origem deste desejo. Traçou o caminho desde a materialização até à formação da ideia.
Recordou que este estado de plenitude nesta comunidade se deveu à sua capacidade de os organizar. Usando da sua diplomacia e do seu poder de organização ele fizera com que os seus modos de actuação mudassem e isso levou-os à plenitude.
Lembrou-se dos vários momentos em que reavaliou a sua posição, e que ponderou a entrada neste grupo e como isso fora um trabalho árduo.
Inevitavelmente a imagem da Sacerdotisa apareceu nestas recordações. Lembrou-se como ela era a sua alma gémea, como lhe trouxera o equilíbrio necessário para esta tarefa. Fora ela que lhe ensinara a discernir a ilusão do real. Fora ela que o ensinara a compreender que o estado interior se espelha no exterior. Quantas vezes Alegria se questionara sobre a ilusão da sua quietude interior perante a turbilhão do exterior. Mas Ela mostrara-lhe que é possível manter essa quietude dentro e que, mais cedo ou mais tarde, ela passará para o exterior.
Alegria sentia-se bem. Esta reavaliação da sua decisão trouxera-lhe ainda mais certeza. Ficava apenas alguma tristeza por Ela não ir fazer parte da sua nova caminhada, mas a certeza de que faria sempre parte de si acalmava-o.
E assim tão simplesmente o nosso caminhante descobriu algo sobre si. Afinal ele era capaz de usar da Arte de equilibrar as coisas, conseguira aprender a ser sensato e moderado. Fora um bom líder e um bom agente da comunidade. A sua Jornada solitária nunca fora um escape da sociedade, mas sim uma escolha consciente.
Estava agora pronto para seguir o seu caminho. Só faltava agora transmitir-lhes a sua decisão.

E foi assim a semana com a Temperança. Faz sentido para vós? Foram forçados a reavaliar muitas coisas? Foi uma semana em que tiveram de controlar as emoções? Os desejos? Mas valeu a pena?

Na primeira hora de Lua do dia de Sol, S. Fernando, S. Nereu, S. Aquileu

sábado, maio 29, 2010

Inspirando-me



Na primeira hora de Marte do dia de Saturno, S. Máximo, S. Teodódio, S. Maria Madalena de Pazzi

sexta-feira, maio 28, 2010

Úrano na casa VII? Sou livre nas Relações

O desejo de liberdade nas relações matrimoniais e em parcerias é o que mais caracteriza este posicionamento e a necessidade extrema de liberdade nestas relações pode levar a divórcios.

A verdade é que é nesta área que as mudanças súbitas podem ocorrer, divórcios, separações e fins de relações são o campo de batalha de quem tem Úrano na casa VII, principalmente se o posicionamento for pouco harmonioso. Porém, também pode revelar simplesmente casamentos súbitos ou debaixo de circunstâncias pouco usuais. 

Há a possibilidade de pessoas com esta conjuntura se sentirem por vezes abafadas pelo seu par. Alguma tendência para mudar de opiniões, atitudes ou estados de espírito podem criar conflitos nas relações públicas, deixando o outro meio confuso.

Seja qual for o estado em que este Úrano se encontra a verdade é uma, o casamento e as relações servem como campo de experiência, onde a liberdade individual será testada.

Exemplos famosos, ora cá estão alguns dos eleitos: Barack Obama, Shakira, Wolfgang Amadeus Mozart, Russell Crowe, Bono, Sigmund Freud, Ludwig van Beethoven, Ophra Winfrey, Roman Polanski, Elton John,  Liz Green e Carl Gustav Jung. 

Na primeira hora de Mercúrio do dia de Vénus, S. Germano de Paris, S. Justo

quinta-feira, maio 27, 2010

Arcade Fire

E mais uma música para hoje...
Depois da Beleza de ontem, os novos singles de Arcade Fire. Para quando um concerto em terras Lusas que não em festival??? Mas se tiver de ser, que seja!

Month of May
The Suburbs

Ontem encontrei a Beleza aqui...


É brilhante, intenso, inventivo e muito boa onda! Um dos momentos da minha vida!

Na primeira hora de Vénus do dia de Júpiter, S. Agostinho da Cantuária

quarta-feira, maio 26, 2010

Playlist #2

A Temperança inspirou-me a isto:

Innocence - Bjork 


Purify - Untold

Return to Innocence - Enigma (esta era fácil, muito fácil!)

O Willow Wally - Isla Cameron in The Innocents Soundtrack

Void - Black to Comm

Na primeira hora de Lua do dia de Mercúrio, S. Filipe de Nero

terça-feira, maio 25, 2010

Temperar as emoções, fácil ou difícil?

Quando as nossas emoções não são controladas, dominadas, acabamos por ter atitudes que, por vezes, nos levam lugares mais escuros, densos e repugnantes dentro de nós.

Com certeza, tudo o quanto nos acontece nos dirige a oportunidades de crescimento, mas porquê escolher fazer o caminho mais difícil quando há outro tão bem mais fácil, deixando-nos libertos para experiências mais felizes? Porquê insistir em passar de parceiro em parceiro ao invés de acalmar e compreender que é a emoção de desejar, o fogo ardente de se apaixonar, que impele? Resolvendo assim a questão e fazendo o que apetece fazer, não seguindo um impulso, mas satisfazendo uma necessidade.

Hoje escolho falar sobre o desejo, o desejo ardente de possuir algo que, por direito, não é nosso. Como conseguimos controlar esse desejo que se alimenta de fantasias e de sonhos por realizar? Como conseguimos dizer «Basta! Não quero mais este desejo!» quando ele já é tão grande que só basta um estalar de dedos para que se concretize.

Conseguiremos eliminá-lo de dentro quando já está entranhado no nosso mais profundo inconsciente? E uma criança, como consegue ela, ainda pura nas limitações morais da sociedade, como consegue ela controlar esse desejo de ter algo que não é seu?

Será o medo das consequências a última coisa que nos prende de estalar os dedos? Ou serão de facto esses valores morais que a sociedade nos transmitiu, que as aulas de domingo com as freiras nos ensinou e que, em última análise, a escola nos incutiu?

O que existe entre nós e a concretização dos nossos desejos mais escabrosos?

Para aqueles que se dizem senhores de uma consciência moral, seja ela não espiritual ou espiritual, será mais fácil? Será que não têm também esses temores nocturnos, assombramentos com o objecto desejado? 

Para mim, é simples. Em cada momento que sou confrontada com esses desejos que de uma ou outra forma me rumarão a caminhos sinuosos e distantes de quem eu quero ser, escolho ser EU, ser MAIS e resistir. Às vezes torna-se difícil, a preguiça que se instala e não me deixa ir estudar, a tentação de não atender o telefone e ignorar que há um problema por resolver, o desejo de estar só no mundo e não cumprir as minhas responsabilidades, de ficar e ligar-me intimamente a ti, de viver a tua vida e não a minha... 

Mas a Vontade de ser mais e melhor do que fui ontem prevalece sempre que uma dessas tentações se coloca e sempre que estou atenta...

Mas uma pergunta permanece no meu coração...e uma criança? Se para nós é tão duro, como conseguem elas vencer essas tentações? E quando não as vencem que fazer? Oh my son, my son. What have you done?

A Temperança na última semana de Maio

Meus queridos,


pela primeira vez desde que me dedico a estas lides, não me sinto inspirada para mandar uns bitates sobre a energia da semana. Por isso, proponho algo diferente. E que tal sereis vós??? 

Aguardo com muita curiosidade as vossas sugestões. 

Deixo-vos com a selecção da energia sonora da semana, The XX com Crystalised. Espero que gostem e eu espero o resto :)


Na primeira hora de Vénus do dia de Marte, S. Gregório, S. Urbano Papa, S. Zenóbio, S. Beda

segunda-feira, maio 24, 2010

Insights e Premonições na semana da Lua

Depois do combate interno sobre a escolha a ser feita, Alegria decidiu que era tempo de se afastar da calma deste lugar e destas pessoas. 
Porém, na semana em que o Ritual Lunar da Vida Manifestada se realizava, este grupo não poderia ficar sem  o seu Sumo-Sacerdote e, assim, permaneceu por mais uma semana.

Enquanto realizava os ritos Alegria apercebeu-se do imenso amor que conseguia sentir por estas pessoas e por tudo o quanto as rodeava. Aqui aprendera a fazê-lo, a valorizar todas as coisas da vida. Nesse segundo compreendeu que agora que voltava para a Estrada iria conseguir ver a Beleza à sua volta, já não se iria regular apenas pelo objectivo de chegar ao lugar mas desfrutaria da viagem e da paisagem.

Durante a cerimónia, enquanto se acendiam as taças do Fogo, Alegria começou a sentir-se estranho. De repete um casal muito belo surge na sua frente, envolto em brumas que a Lua atrás enaltecia. Num tom síncrono, professam: 

«Aprende o Caminho da Beleza e ouve a nossa canção, vozes gémeas na harmonia. Quando uma canta a outra ouve. A nossa canção é o Amor recíproco e o acordo da parceria. Nós somos Úrano em Caranguejo.» 

O homem solta a sua amada e diz, pegando numa taça:

«Eu sou o Caminho. Bebe da minha taça e encontrarás a pureza do teu coração. Se queres seguir deverás fazê-lo. Este é o teu rito de purificação. Aqui deverás largar os desejos e ambições, prometendo que apenas seguirás um caminho.» E entrega-lhe a taça.

Novamente, na sua frente o mesmo casal que se ajoelha perante Alegria pedindo para beber da Taça. Assim que terminam a acção logo as suas vozes se elevam e em tom grave inquirem:

«Para onde deverás ir? Ambos os trilhos seguem para Norte: qual é o melhor para ti? Se demorares muito o gelo congelá-los-á. Mantém o teu olho atento ao tempo e às suas mudanças. Nós somos Úrano em Capricórnio.»

A resposta foi quase imediata, como seria de esperar Alegria seguiria o caminho que o levaria ao Amor que o casal falara. Seguiria portanto o Caminho da Esquerda, o Caminho da Lua.

Antes de desaparecerem avisaram-no de dois Cavaleiros que iriam aparecer na sua vida. Um, o primeiro, seria quase uma criança, iria reparar nisso pois a sua idade e a função que desempenhará serão dispares. Esse Cavaleiro representaria uma prova para o sua Vontade. Ele abalaria a sua sensação de prazer e belo, agitando a sua Vénus.

«O segundo Cavaleiro - continuaram eles- trará mensagens diferentes, mas nem por isso menos importantes ou dolorosas. Haverá um confronto de ideias. Este cavaleiro tentará desfazer a visão de amor e harmonia que existe dentro de ti . A tua resposta deverá ser racional e não emocional.»

Quando Alegria saiu do transe era altura de concluir os ritos. Todos repararam que o Sumo Sacerdote havia recebido informação durante o ritual e todos estavam muito ansiosos sobre o que seria. Seria possível que a sua vontade fosse invertida?

Na primeira hora de Saturno do dia de Lua, Nossa Senhora Auxiliadora, S. Afra, S. Simeão, o Jovem

sexta-feira, maio 21, 2010

Gémeos

Gémeos é regido por Mercúrio e este planeta é o que mais próximo está do Sol, essa fonte de proximidade com a Luz que tanto desejamos (re)alcançar.
Desta forma, Mercúrio representa para nós essa proximidade da Luz, essa possibilidade de chegar à fonte, daí ser considerado o Mensageiro. 

Mercúrio é a representação do mundo espiritual que existe acima deste mundo físico. Sendo o regente de Gémeos, acaba por lhe transferir algumas das suas qualidades. O Sol hoje entrou neste signo e todos estaremos a ser influenciados por esta energia.
Como a podemos aproveitar?

Os Gémeos ao canalizarem a sua capacidade comunicativa de maneira generosa, permitindo às pessoas e situações que os toquem profunda e emocionalmente, sem fugirem de cena sempre que estes se vejam abalados, conseguem tornar-se num canal muito fluido para a Luz chegar até este mundo físico. 

Têm ainda a capacidade de absorver, analisar e transmitir muita informação e de a comunicar em vários níveis. Têm de aprender, porém, a ser perseverantes e a dar tempo para que as coisas cresçam, se quiserem chegar à Verdade.

Se conseguirem ainda ir além das aparências, poderão vir a encontrar um dom muito especial para criar vínculos entre ele e os outros, mas também entre o Mundo Superior e o Mundo Manifestado.

Assim, torna-se claro que durante os próximos dias, em que o Sol estiver a enviar os seus raios através deste signo, o comum dos mortais seja afectado por estas questões. Cabe-nos agora aproveitar ou não.
Com esta energia teremos a oportunidade de ir além da aparência e mergulhar dentro do significado das coisas mais profundamente. 

Direccionemos a nossa energia para as relações, desenvolvendo-as também no campo da espiritualidade. Mas acima de tudo, aproveitemos para integrar os gémeos que criamos neste mundo e no outro. Façamos o elo, aproveitemos a agilidade da mente e da emoção para integrar as experiências.

Para quem estiver interessado, pode ir aqui e ler a oração dedicada aos Anjos que regem este planeta.

A todos um excelente mês de Gémeos!

Na primeira hora de Vénus do dia de Vénus, S. Manços, S. Venâncio, S. Constantino, S. Pedro Celestino

quinta-feira, maio 20, 2010

Para ver é preciso fechar os olhos.

Recordar a infância não me é muito agradável, mas evocá-la, evocá-la sim!

Vergílio Ferreira

Foto de Rémi, filho de Edouard Boubat, 1995.

Na primeira hora de Marte do dia de Júpiter, S. Bernardino de Sena

quarta-feira, maio 19, 2010

Úrano na casa VI? Sou livre no Trabalho

Quem tiver Úrano na casa VI vê a sua liberdade relacionada com o serviço e o trabalho. Para estas pessoas o ambiente de trabalho, as relações com os colegas, patrões ou empregados é de vital importância.

Estas são aquelas pessoas que no dia-a-dia sabem resolver e lidar bem com todo e qualquer dilema que se lhes apresente. São normalmente aqueles que arranjam soluções para os problemas levantados pelos outros. Sendo, por isso, muito bons na dinâmica do grupo. 
Claro, estes aspectos são positivos sempre que a posição seja harmoniosa, no caso de o não ser tornam-se no exacto oposto. Atraem muitas situações problemáticas no quotidiano, tornam-se naquelas que tudo lhes acontece de repente. Conheço alguém que tem este posicionamento e duas quadraturas e duas oposições, além de estar conjunto a Plutão. De facto esta pessoa é daquelas que tudo lhe acontece, dando uma boa publicidade para os Insólitos Yorn!!! 

Já a nossa querida IdoMind apenas têm uma oposição com Quiron e eu que também a conheço posso dizer que é bem verdade, e vós que acompanhais o Jardim também podem ver como ela se preocupa com o quotidiano e em aplicar toda a sua Vontade nele.

Estas pessoas podem mudar de trabalho muitas vezes, mas acima de tudo mudarão sem a menor hesitação se o ambiente não for de qualidade.  Saberás agora porque te foi tão fácil sair daquele emprego, mesmo gostando do salário e da comodidade que te proporcionava!

A liberdade no trabalho é o tema central destas pessoas, sem ela, a coisa apenas não funciona! Podem ser pessoas com os seguintes atributos: engenhosos, inventivas mas com espírito científico, dedicados, curandeiros natos e terapeutas! 

Por último, se Úrano estiver aflito, a rotina poderá ser muito difícil de aceitar e isso deverá ser tido em conta. Pessoas assim não podem levar uma vida normal, caso contrário passam os dias nervosos e irritados, podendo provocar a longo prazo graves doenças físicas.

Exemplos famosos: Salvador Dali, George Clooney, Zinedine Zidane, David Beckham, Linda Lovelace, Frederico Fellini, Louis Vuitton, Richard Wagner, Ingrid Bergman, Jean Cocteau, Denis Diderot e William Faulkner.

Na primeira hora de Lua do dia de Mercúrio, S. Prudenciana, S. Ivo, S. Pedro Celestino

terça-feira, maio 18, 2010

Playlist

Hoje apetece-me iniciar uma nova modalidade aqui no Grimoire, pode ser?

Para esta semana ou semanas, escolho estas músicas. Depois aguardo os vossos comentário se gostaram das sugestões ou não e/ou se fariam diferente. Claro, as músicas são para nos inspirarem à meditação sobre a carta da semana, esta semana a Lua.

Aqui fica com o link para o YouTube

Fly me to the Moon - Nat King Cole

Illusions - Cypress Hill

Mad World (Donnie Darko Soundtrack) - Gary Jules
Este seria o filme que indicaria para estudarem o impacto que a Lua tem em nós. 

Everything I Cannot See - Charlotte Gainsbourg

Au Clair de Lune - Debussy

Na primeira hora de Sol do dia de Marte, S: Venâncio, S. Erico, S. Félix de Cantalício, S. Teodoro de Ancina

segunda-feira, maio 17, 2010

A Lua inicia este novo ciclo

Depois da Lua Nova de Touro, que dá início a um novo ciclo lunar, é-nos oferecida a energia da carta número XVIII do Tarot - A Lua ela mesmo, a Grande Inspiração.
Flaming June by Frederic Leighton

Para esta semana podemos contar com algumas situações pouco claras, isto é, algumas intrigas e mexericos a surgirem. É preciso ter atenção a essas situações, mas a nossa criatividade vai ser de tal forma afectada que nada nos irá mandar abaixo.

Tenhamos atenção aos nossos instintos, estejamos mesmo atentos e, claro, aos sonhos desta semana.

Como energia sonora escolho uma banda (confesso que nunca pensei em colocá-los aqui) que não gosto de tudo, mas esta música deixou-me inspirada. Fiquemos com MUSE e música Hoodoo do álbum Black Holes & Revelations. 

Aqui está a letra para quem quiser!

Come into my life

Regress into a dream

We will hide and build a new reality

Draw another picture of the life you could have had

Follow your instincts and choose the other path
You should never be afraid
You're protected from trouble and pain
Why?
Why is this a crisis in your eyes again?
Come to be?
How did it come to be?
Tied to a railroad, no love to set us free
Watch our souls fade away and our bodies crumbling
Don't be afraid
I will take the blow for you
I've had recurring nightmares that I was loved for who I am
And missed the opportunity to be a better man


Na primeira hora de Marte do dia de Lua, S. Possidónio, S. Pascoal, S. Torpes

domingo, maio 16, 2010

O fim de um ciclo oferecido pelo Universo


Depois de ter acordado e ouvido as palavras daquela que o abraçava, Alegria decidiu auscultar o seu coração e decidir se era tempo de ficar ou seguir.
«Em verdade, creio que o que tinha para oferecer aqui já o dei. Poderá, de facto, haver noutros lugares outros grupos que necessitem de mim e eu deles. Não quero ser um daqueles Homens que apenas realizaram uma acção importante nas suas vidas e vivem desse único feito. Desejo alcançar muitas realizações.
Aqui sinto que dominei as minhas emoções. Consigo no meio deste grupo expressar o Amor Universal. Eles fazem-me sentir bem e eu dou o meu melhor. Como sempre, aquilo que dou é o que recebo. Assim sendo, se seguir sei que vou encontrar um grupo que me dará todas as coisas que dei aqui. 
Será por isso mesmo uma prova, onde poderei ver que tipo de acções tenho realizado. Se foram positivas o Dharma entrará em acção e serei liberto. Se, pelo contrário, foram negativas pagarei o meu Karma. Irei constatar se a imposição de regras neste grupo foi ou não produtiva.
Assim seja, chegou o momento de largar as teorias e verificar a prática. Abandonarei este lar e rumarei a um novo. Que o Senhor da Ruína me poupe. Que o Senhor do Prazer Perturbado me ensine. Que o Rei de Copas se manifeste.
Assim Seja!»

Esta semana tivemos o 9 de Bastões em força. Depois de ver as cartas alinhadas compreendi que o início da semana teve uma energia de reflexo para no final podermos verificar em que áreas da nossa vida andamos a ser perseverantes em excesso ou por omissão. 

Olhem para o lançamento e vejam quem é o Rei de Copas (quinta-feira) na vossa vida, o 5 de Copas (sexta-feira) e o 10 de Espadas (sábado) ou o que eles representam. Estas são as oportunidades que nos estão a ser oferecidas, aquilo que o Mundo colocou aos nossos pés. 

Sejam honestos e sensatos.

Na primeira hora de Saturno do dia de Sol, S. Ubaldo, S. João Nepomuceno, S. Brandão, S. Gens, S. Honorato

sábado, maio 15, 2010

Ajudar os "cegos" é um dever de todos ou não?

Este é um dos dilemas que já temos falado, um assunto recorrente na minha jornada de louca, ajudar ou não aquele que se recusa a ver para além da sua redoma.
Enquanto fico na indecisão de agir ou não agir, se estarei a ser igual ou pior, o vírus vai alastrando e a ferida tornando-se cada vez maior. Deverei permanecer em silêncio apenas pelo bem do grupo ou deverei manifestar a minha individualidade e gritar em plenos pulmões que está incorrecto?
Não consigo ver injustiças, faltas de ética e profissionalismo e calar-me. Todavia, não serão esses conceitos meros juízos meus. Estarei a ser juíza de algo que não me compete. Estará também o meu Ego a evidenciar-se? 

Se ao menos por um dia decidíssemos todos ser assim e ver para além do nosso EGO e das nossa necessidades...Não estaria tudo resolvido, mas ajudaria, sem dúvida que ajudaria!

Na primeira hora de Vénus do dia de Saturno, S. Isidro, S. Indaleto

sexta-feira, maio 14, 2010

Je t'attends

Mes jours passent, mes nuits pleurent
Et pleure le temps
Ma raison sombre et se meurt
Quand meurt le temps
Ce temps mort que je regrette
Tant et tant
Car sans joie ma vie s'arrête
Et je t'attends

J'attends l'air que je respire
Et le printemps
J'attends mes éclats de rire
Et mes vingt ans
Mes mers calmes et mes tempêtes
En même temps
Car sans joie ma vie s'arrête
Et je t'attends

Je t'attends
Viens ne tarde pas
D'où que tu viennes, qui que tu sois
Viens le temps est court

Je t'attends
Mon rêve inconnu
Quel est ton nom, quel est ton but
Le mien c'est l'amour

Pour que mes jours se transforment
Et que vraiment
Ma vie par toi prenne forme
A chaque instant
Parce que le vide me hante
Avec mon sang
Comme un peintre je t'invente
Et je t'attends

Mes doigts par petites touches
Font tes dents
Avant de croquer ta bouche
Eperdument
Mais ces rêves ne me laissent
Que tourments
Car je traîne ma détresse
Et je t'attends

O Piano

Para hoje uma animação curta.
Que esta lua nova em Touro nos inspire também a amar mais e melhor!
Não se esqueçam de parar a energia sonora no fim do blogue para poderem ouvir melhor esta maravilha!

Na primeira hora de Sol do dia de Vénus, S. Bonifácio, S. Frei Gil, S. Apeles,

quinta-feira, maio 13, 2010

Lua Nova em Touro

Hoje, momento de grande concentração energética, desejo que cada um encontre a escada e a porta que vos leva à prosperidade. 

Reservemos um momento à noite para nós e deixemo-nos banhar pela lua (não está visível, mas está lá). Hoje ela não filtra a energia do Sol e poderemos ter direito a conseguir desvelar alguns juízos que até agora não conseguimos. É noite de revelações, de mistérios resolvidos, vamos sair da nossa redoma de Touros?!?

A energia de Touro está aqui para quem a quiser aproveitar, relembro que o regente deste signo é Vénus e que este actualmente se encontra em Gémeos, o que nos dá um momento excelente para comunicar. Em mim está a fazer quadratura com o Natal neste momento!!! Por isso, eu não farei nada...hoje é um dia meu e para mim!

A todos prosperidade e criatividade!

Na primeira hora de Vénus do dia de Júpiter, Nossa Senhora dos Mártires, S. Pedro Regalado

quarta-feira, maio 12, 2010

É ou não verdade?

Se só houvesse uma verdade, não seria possível pintarem-se cem quadros sobre o mesmo tema.
Pablo Picasso

Na semana do Mundo é importante compreender o que é isso da Verdade. Será que existe? Será que é única? Ou residirá dentro de cada um e, por isso mesmo, mudará de acordo com a perspectiva individual?

Na primeira hora de Júpiter do dia de Mercúrio, S. Joana, S. Nereu, S. Aquileu, S. Pancrácio, S. Flávia

terça-feira, maio 11, 2010

Úrano na casa V? Sou livre divertindo-me!

Este posicionamento tem tudo a ver com o prazer, com o divertimento e com o desejo de novidade, é aqui que estas pessoas recarregam as suas baterias.
As grandes mudanças são operadas nas relações românticas. Gostam de se envolver com os outros, de namoriscar e se Úrano não estiver harmonioso pode ajudar à "facadinha" no relacionamento.

Estas pessoas atraem para si relações com pessoas diferentes, talvez daquelas com Úrano na casa I. As relações surgem espontaneamente mas da mesma forma abrupta com que surge, desaparece. Sexualmente são dadas a grandes criatividades, toda a excitação os ajuda a libertarem-se.
Mais uma vez se Úrano estiver aflito pode originar pessoas boémias e promiscuas até, é preciso ter atenção!!! LOL

Todavia, a liberdade neste posicionamento também é expressa pela criação, terão grandes potencialidade na Arte. Estas pessoas são dotadas de capacidade de expressão criativa fora do comum, mas essa criatividade deve estar ligada à tecnologia. É comum encontrar actores, músicos, estrelas de rádio e/ou televisão. 

Não obstante, a criação também é manifestada nos filhos e pela educação que lhes dão. Os pais com este aspecto são muito bons pais, são aqueles que sabem a medida certa de liberdade que devem dar aos seus rebentos. 

Por último, estas pessoas são muito alegres e tendem a ter uma necessidade de alegria constante. Fazer as coisas por obrigação é simplesmente impossível, tudo deve ser excitante. A dificuldade que sinto, pois tenho este posicionamento, é essa mesma: saber que, às vezes, tem de ser por obrigação!!! o que vale é que é só às vezes e até nas obrigações se consegue encontrar divertimento!

E a ti fez sentido? 

Como exemplos temos: Pamela Anderson, Elvis Presley, Dave Gahan, Mila Jovovich, Clint Eastwood, Grace Kelly, Catherine Deneuve, Jamel Debbouze, Alfred Hitchcock, William Shakespear, Bob Dylan, Frida Kahlo, Howard Hughes, Albert Camus, Virginia Woolf e Henrique VIII.

Na segunda hora de Mercúrio do dia de Marte, S. Anastácio, S. João Damasceno, S. Berta Estela

segunda-feira, maio 10, 2010

O Mundo a nossos pés

Depois da Roda ter andado a baralhar as nossas vidas (ou não) temos direito a uma semana de descanso, quer dizer, mais ou menos...

Esta carta na Árvore da Vida representa o caminho que vai de Malkut a Yesod, ou seja, da Terra à Lua. É  o Caminho da Personalidade. 
Com esta energia o Peregrino toma consciência de que não faz parte deste mundo, que a sua essência pertence a outro lado! Com essa consciência começa a buscar a Verdade! 

Com a verdade seremos libertos!

Para esta semana poderemos então esperar muitas revelações. A iluminação será intensa! Mas acima de tudo poderemos esperar conclusões de ciclos. Digamos que aqueles assuntos pendentes serão agora concluídos, ainda por cima a partir de quarta-feira Mercúrio deixa de estar retrógrado.

Para uma semana assim, escolho uma música muuuito interessante Au Suivant de Jacques Brel, mas desta vez interpretada pela cantora especialista em canções francesas Wende Snijders. Espero que a intensidade da sua representação vos inspire a agir sem medo!

A todos uma excelente semana!

Na Segunda hora de Júpiter do dia de Lua, S. Antonino

domingo, maio 09, 2010

Quantas vezes girou a Roda?

Alegria estava em êxtase pela sua conquista pessoal. Ter dominado as suas ilusões colocaram-no no caminho certo outra vez, o caminho para o seu Eu Interior.
Com toda esta satisfação acabou por adormecer depois de um dia longo de celebrações. Nessa noite teve um sonho estranho. À sua frente estava um caminho recto, muito longo, tão longo que se perdia no horizonte. Sem mais para fazer decidiu caminhar. 
Caminhou...caminhou...caminhou...caminhou...e, de repente, na linha do horizonte surgiu uma imagem. Ainda com os contornos por definir, Alegria deitou-se a adivinhar o que seria. Era redondo, grande, muito grande para a esta distância conseguir ser visto. Sem mais nem menos, Alegria estava a cinco passos da imagem que tentava descortinar.
Era uma roda gigante daquelas que encontramos nas feiras de diversão. Colorida, muito colorida. Caminhou na sua direcção e decidiu entrar para dar uma volta. Para sua surpresa a Roda não começou a andar para a frente mas sim para trás. 
À medida que ela andava Alegria começava a sentir um certo desconforto, era como se estivesse a voltar atrás no tempo. E, de facto, era mesmo. Passado um tempo a Roda parou e ao seu lado uma figura surgiu. Era ele mais novo com uma cara muito triste, na verdade, os seus olhos estavam banhados em lágrimas.
O Outro olhou-o nos olhos e verbalizou «Como me arrependo de o ter, não... de o não ter feito!» e desapareceu. Alegria não compreendeu imediatamente o que era aquela imagem, mas aprendera já a não questionar e deixar rolar. Fosse o que fosse que deveria ter feito e não fez, não importava pois o caminho seguia e de certo havia sido encontrada uma forma de corrigir o melhor possível aquele suposto erro.
A Roda girou mais uma vez e mais uma figura surgiu. O mesmo outro apenas com mais umas linhas do tempo marcadas na cara.«Afinal, tudo se resolveu. Os meus olhos foram abertos de outra forma. Tudo pode ser emendado!»
Dito isto a Roda voltou à sua actividade, mas desta vez com mais potência. Deu pelo menos duas voltas completas até parar e quando o fez a surpresa foi ainda maior. Ao seu lado estava a figura do Papa que ele conhecera pessoalmente ainda esta semana. 
Este olhou e sibilou «Este não é o teu caminho. Por que estás aqui? É neste lugar, esquecido por todos, com estas pessoas que não te respeitam, que queres terminar a tua Jornada? Segue para trás, regressa ao teu passado e corrigi este erro. Este não é o teu lugar!»
Alegria não queria acreditar no que ouvia. Ainda a tentar recompor-se a Roda entrou em acção e começou a girar no sentido correcto. Acelerou a sua rotação de tal forma que ele já se começava a sentir enjoado. Abruptamente parou. 
O que iria sair agora desta Roda Mágica? Nada...não houve qualquer movimento, qualquer sombra, qualquer imagem a ser formada. E Alegria baixou a cabeça em sinal de cansaço. Fechou os olhos levemente e quando os abriu Ela estava ao seu lado.
«Se for tempo de seguires não te prendas por mim. Tu tens o teu trilho e eu o meu, só poderei desejar que um dia eles se voltem a cruzar pois estar ao teu lado é uma bênção. Avalia o teu coração...ele dir-te-á o que fazer a seguir!»
Abraçaram-se e com uma emoção muito real Alegria acordou apenas para descobrir que a estava mesmo a abraçar. Ao seu lado estava a Sacerdotisa, essa mulher única que ele encontrara e que agora lhe dizia para partir se assim fosse o desejo do seu coração.
Abrandou a intensidade do abraço e deixou-se estar. Como poderia, agora que encontrara tudo o que sempre desejara, abandoná-los? Porque estaria ele a ser convocado para outro lado? Teria terminado a sua missão aqui? Com todas estas dúvidas na cabeça nem se apercebera que ela acordara e o fitava.
«Seja o que for, será sempre para o teu melhor!» 

E foi esta a aventura da semana com a Roda da Fortuna, essa energia que tanto nos põe em cima como em baixo, uma autêntica montanha-russa de emoções e situações!
Espero que vos tenha sido útil.

Na segunda hora de Lua do dia de Sol, S. Gregório Nazianzeno

sábado, maio 08, 2010

2.º Aniversário

E com esta facilidade toda o Grimoire completa dois anos de existência! As intenções que existiam quando este blogue foi criado estão expostas aqui. Este ano decidi dar o passo seguinte e colocar um fundo BRANCO!!! ihihihihih

Creio que é um bom momento para reavaliar as intenções que tenho para com este espaço e de uma forma geral elas continuam a ser idênticas. Continuo a desejar aprender e para completar a aprendizagem eu necessito de expor os assuntos. Poderia não ser público, mas para mim a partilha, a conversa, a abertura ao diálogo tornam a viagem mais agradável.

Se pudesse só aprendia coisas em conversas, mas nem todos têm a minha disponibilidade nem a mesma vontade, por isso, recorro aos livros e para que as ideias assentem é preciso escrever.

E aqui entram vocês!!! As vossas partilhas, em forma de comentário, são a argamassa que na maioria das vezes faz com que as ideias fixem ou mudem. A conversa que conseguimos gerar aqui é fabulosa, rica e cheia de amor.

Espero que a abertura e a liberdade sejam cada vez maiores e que o nosso Caminho seja cada vez mais rico e feliz!

Os três post mais lidos são:


Oração para benzer a casa de 29 de Agosto de 2008

Marte em Leão de 10 de Maio de 2008, este foi o 4.º post publicado!

Como fazer água benta de 3 de Dezembro de 2008

E é assim, com muita alegria e emoção, que vos agradeço por todo o apoio e pelas presenças iluminadoras. Sintam-se sempre bem-vindos pois este espaço também sobrevive dos vossos comentários!

Um abraço forte e beijocas suaves para todos!

quinta-feira, maio 06, 2010

Úrano em Conjunção com Mercúrio Natal

Finalmente compreendi porque comecei as minhas partilhas astrológicas com Úrano!!! Desde Abril que ele está a fazer conjunção com o meu Mercúrio natal, conferindo-me a necessidade de partilhar tudo o que apreendo!
É assim que me sinto e sentirei durante este ano! Espero que seja produtivo, que a missão de Mensageira seja cumprida!

A foto foi capturada na casa Milà, mais conhecida por La Pedrera, em Barcelona!

Na primeira hora de Sol do dia de Júpiter, S. Benedita

terça-feira, maio 04, 2010

Úrano na casa IV? Eu sou livro no meu Lar

Úrano na casa 4 indica pessoas cujo o ambiente familiar é o campo das experiências, onde as mudanças ocorrem de forma brusca!
imagem retirada daqui

As pessoas com este posicionamento tendem a revelar diferenças naquilo que é considerado a família normal. São pouco dadas às convenções e aos padrões sociais da família, na infância se não lhes é dada a liberdade que necessita poderá ter uma saída precoce ou um afastamento familiar.

Além disso o seu lar será sempre diferente do dos outros, muito excentricidade na casa e na sua organização. Elas precisam de liberdade para entrar e sair de cena quando quiserem ou sentirem necessidade disso. Uma relação com estas pessoas deve ser muito liberal, com muito espaço. Todavia, a sua casa será sempre um lugar de reunião com amigos, que são normalmente vistos como fazendo parte da família.

Por último, sendo este o lugar de liberdade é natural que seja também neste ambiente familiar que as mudanças imprevistas ocorram. É comum haver mudanças de residência ou de situações familiares com pessoas que tenha Úrano na casa 4, casa de Caranguejo!

Há ainda a probabilidade de haver uma visão de um dos pais excepcional, sendo este quase como um herói, muito importante na sua vida!

Como celebridades para dar exemplo temos: Angelina Jolie, Justin Timberlake, Brigitte Bardo, Marlon Brando, John F. Kennedy, Jim Morrison, David Bowie, João Paulo II, Friedrich Nietzsche, Charles Boudelaire, Thomas Edison, Antoine Lavoisier e Franz Schubert.

Na primeira hora de Vénus do dia de Marte, S. Mónica, S. Benedita, S. Gotardo, S. Antonino de Florença

segunda-feira, maio 03, 2010

A Grande Roda da Vida

Foto retirada daqui

Depois do Hierofante e da descoberta da carta oculta do mês, chega-nos a energia 10 da Rota - A Roda da Fortuna.

Depois de termos comemorado o Beltane ou realizado o Ritual da Fecundidade, onde nos colocámos em sintonia com o ciclo natural da vida, temos esta carta para nos ajudar a aproveitar ainda melhor essa sintonia.

Há sempre, pelo menos, duas formas de encarar as situações e nesta energia a coisa não é muito diferente. Podemos aproveitá-la para sintonizar o nosso Eu com o Todo, conseguindo assim tirar o melhor proveito da Fortuna, ou podemos apenas deixar o volante do nosso carro ser guiado pela Fortuna.

Para esta semana será de esperar que surjam algumas oportunidades, é preciso mesmo esatr equilibrado para as agarrar ou não.

Deixo-vos duas músicas que representam bem essas duas hipóteses! A primeira é Hymn to the big Wheel a cargo de Massive Attack (na voz magnífica de Horace Andy) do álbum Blue Lines. A segunda é Behind the Wheel (outro clássico) de Depeche Mode no álbum Music for the Masses.
Com qual nos sintonizamos?

A todos uma excelente semana! Esta semana a IdoMind faz aninhos e o Grimoire também! É uma semana de festança!!!

Carta Oculta de Abril

Há uns tempos atrás numa conversa intensa com uma amiga, num estado de total relaxe e com a glândula pituitária em acção, surgiu a ideia de encontrar qual a carta que regeu o mês. Passo a explicar: se somar todos as cartas da semana, falando apenas dos Arcanos Maiores, encontrarei a carta oculta do mês.

Com esta carta oculta pretende-se encontrar um tema que tenha sido mais predominante, quantas vezes uma ou outra reflexão não fez sentido para mim, talvez no fim, sobre outra perspectiva a coisa funcione melhor. Além disso, vejo-o como a confirmação ou não sobre o que considerei antes.

Então, iniciamos esta rubrica mesmo no início do ano astrológico! Para o mês de Abril a carta oculta foi Os Amantes!
Imagem retirada daqui

O que me parece bem lógico. Foi o início do ano astrológico, o início da Primavera, e em qualquer início há escolhas a serem feitas.

Na imagem do Arcano temos três figuras, um jovem no centro, o Mago, e duas mulheres, uma de cada lado. O jovem deve escolher qual pretende seguir, se a jovem como ele, se a mais velha. A jovem é o desconhecido, o novo que surge na vida, a mais velha é a experiência, o passado, o garantido.

Será que este mês fizemos as escolhas pela novidade? Fomos capazes de ser audazes e irreverentes para escolher agir pela novidade ou jogámos pelo seguro? Mas acima de tudo, estarão os nossos opostos interiores harmonizados e a nossa orientação do Eu Superior disponível?

As respostas só cada um as saberá! Espero do fundo da alma que a união dos nossos gémeos tenha sido feita!

Na fim segunda hora de Lua do dia de Lua, S. Alexandre, S. Juvenal, S. Filipe, S. Tiago Menor

domingo, maio 02, 2010

A desfragmentação da ilusão com o Hierofante

«Alegria pegou na sua insatisfação, aquela sensação concreta que ele identificava como insatisfação, e elevou-a. Focalizou a sua atenção nessa emoção, materializou-a numa bola de cor vermelha e fê-la ir subindo até ao seu coração.

Nesse ponto acendeu uma chama de cor violeta e colocou a bola da emoção a ser transmutada. O vermelho foi-se desintegrando e tudo ficou violeta. Já sem sentir aquela emoção, Alegria dirigiu a nova energia para o seu plexo solar e largou aquela semente ali.

Nesta semana de festa, Alegria iria conhecer um outro Sacerdote que viria de outra terra para estar presente no Beltane, não poderia andar por aí com sentimentos e emoções menos positivas. Contudo, havia uma necessidade a manifestar-se. Alegria começava a sentir que precisava que os seus pares gostassem dele. Precisava de sentir o prestígio. Estaria com receio de ser comparado ao outro ou apenas que ele próprio sentisse que o outro era melhor que ele.

Estava com estes pensamentos contraditórios quando Ela lhe aparece anunciando a chegada antecipada do Sumo-sacerdote da Aldeia Distante. Os seus olhos arregalaram-se em surpresa. O seu coração começou a aumentar a frequência. O plexo solar apertou-se e as tripas reviraram-se. Alegria estava demasiado nervoso com aquela chegada.

Num acto mais automático do que premeditado, pega na sua espada e coloca-a à cintura. Arruma as suas dúvidas e concentra-se na tarefa. E, automaticamente, fecha todos os seus canais de energia, isolando-se do exterior. Ela observa-o e escolhe deixá-lo seguir, é altura de aprender a lição.

Enquanto caminha ao encontro da visita, Alegria vai imaginando como ele é. Mais velho, com barbas longas ao certo. Terá na mão um cajado e nos olhos aquele brilho que confere uma profundidade capaz de desnudar o mais revestido.
Começa também a imaginar que irá ser imediatamente descoberto, afinal ele não tem qualquer jeito para o cargo que desempenha. Será amaldiçoado e excomungado desta comunidade que ele tanto está a aprender a gostar.

Ah...mas não irá ser assim tão fácil. Alegria não vai baixar as armas de forma tão serena. Dará luta. Questionará a autoridade de tal pessoa. Fá-lo-á perder a calma e o respeito da comunidade. Defender-se-á até ao fim. Ela regista a sua agitação interior e quase sorri, nunca o vira tão inseguro.

Ele lá continua, nessa escalada de emoções e pensamentos perturbados. Mas de repente, como se um relâmpago o houvesse atingido, Alegria sorri. Onde estava a lição aprendida ainda nem há horas atrás com a Estrela? Porque haveria este Sacerdote de vir colocar a sua tarefa em questão? Porque haveria ele de o encarar como um inimigo?

Agarou-Lhe na mão e pediu que esperasse. Voltou atrás e depositou a espada na arca. Regressou e sereno seguiu em frente. Suavemente o fluxo energético regressou à normalidade. Alegria estava de novo ele próprio! Estes poucos minutos haviam sido um autêntico pesadelo. Parecia-lhe que havia passado dias, mas na verdade fora tudo muito rápido. A intensidade do drama havia sido real, mas a felicidade de ter conseguido superar essa ilusão era agora muita.»

Esta semana foi muito virada para os pensamentos. Fosse qual fosse a causa da vossa insatisfação, espero que tenham compreendido que ela era produto da vossa mente ou de pensamentos antigos que agora vieram à tona para serem limpos.

Alerto-vos ainda para a possibilidade de ter havido no final da semana um encontro com alguém que terá uma importância na vossa caminhada.
Essa pessoa pode ser de facto alguém com quem não se sentem bem, a chamada de atenção vai para o facto de ser um karma a ser limpo e este será o momento ideal. Poderá haver aqueles que tiveram esse encontro para constatar que finalmente o karma foi limpo e a pessoa nos é agora indiferente.

Relembro ainda que este ano já estivemos na presença do Papa, foi na altura em que Alegria decidiu aceitar a proposta e integrar esta comunidade. E que fizemos nós nas altura? Se a memória vos falha, vejam aqui.

O Papa ajudou-nos a consolidar a aprendizagem dura que realizámos com a estrela. Foi uma semana para confirmar, validar aprendizagens. Foi???

Na primeira hora de Lua do dia de Sol, S. Mafalda, S. Atanásio
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...