sábado, janeiro 17, 2009

A Imperatriz

Assim foi caminhado...

Introduzida numa paisagem
Maravilhosa,
Pergunto o que há para saber?
Encontra em ti a resposta a
Razão de viver.
Atreve-te a entrar e sentar aos pés do
Trono. Permanece e escuta a
Respiração melódica e
Intensa. Adormece os sentidos e fixa o
Zénite. Lá tudo te será revelado.

Como disse Aristóteles: A dúvida é o princípio da sabedoria. Deixo-vos ainda com uma citação do mestre Crowley que se aplica a esta carta da Rota e um poema seu também:
Eis a Harmonia do Universo, e o Amor reuniu a Vontade de criar com a Compreensão dessa Criação; que tu compreendas a tua própria Vontade. Ama e deixa amar. Rejubila-te de cada forma de amor; que te alimentes e te deixes maravilhar.
4
PÊSSEGOS

Suave e vazio, como tu sobrepujas o duro e cheio!
Isto morre, isto se dá; a Ti é o fruto!
Sê tu a noiva; tu serás a Mãe doravante.
Assim para com todas as impressões. Não as deixes sobrepujarem-te,
porém deixa que se reproduzam em ti. A última
das impressões, vinda para sua perfeição, é Pan.
Recebe mil amantes; tu carregarás apenas Uma Criança.
Esta criança será a herdeira de Fado, o Fundador.
Num dia de Santo Antão, Santa Leonilla, São Alberto de Sena e de Cassiel, Regente da Energia de Saturno
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...