quinta-feira, outubro 20, 2011

A felicidade é tão simples

Hoje a minha passou por esta simplicidade.
Raina Matar

«Roda!» e eu rodava. Riam-se e pediam novamente: «Roda!». O prazer da gargalhada substituía as tonturas que já se começavam a sentir. E eu rodava, a minha saia fazia roda e elas riam-se. Até que chegaram os meninos e me pediram para os ir ver a brincar. 

«Olha!» Estavam dentro de pneus que servem de canteiro. «Este carro é meu. É invencível!» 
«Mas só tem duas rodas, como pode ser um carro?» 
«Oh, não podes imaginar?»
Que tontice a minha, de facto, não se pode imaginar?

Não há, de facto, nada mais belo do que a alegria das crianças. Ao pé delas qualquer negrume se torna em luminosidade, têm uma capacidade única de viver. E de imaginar!
Werner Wolff

Quando cheguei a casa, reparei que Vénus está na minha casa 5! Só podia!

Na terceira hora de Marte do dia de Júpiter, S. João Câncio, S. Iria
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...