domingo, janeiro 10, 2010

A tranformação do Diabo e da Morte

Não houve muito tempo para escrever a história do Alegria na última semana do ano e nesta primeira também não. Hoje, porém, ficam aqui as duas reflexões numa só! Do Diabo à Morte, foi uma lição poderosa, espero que vos seja útil.
Depois do Karma ter sido desperto, Alegria soube o que estaria na sua frente. Era preciso ir ao fundo do seu poço interior e ver as amarras profundas, era preciso meditar nas suas raízes e ver onde elas se enrolavam, era preciso libertar-se desses traumas para poder seguir. Isso significa ir ao encontro da Morte.

Sentou-se, colou as suas mãos em posição de recepção, inspirou profundamente e meditou.
Na sua mente um quadro apareceu, branco, uma tela onde imagens se iam alternando. Subitamente uma dessas imagens parou e Alegria fixou-a. Três mulheres da sua família brindavam. Era um momento de alergia e convívio, mas ele não conseguia compreender qual. Os pormenores da imagem deram-lhe a referência temporal necessária, era Natal.

Alegria aparece na imagem, era novo, muito novo e as três mulheres davam-lhe de beber. Sentiu a bebida a entrar nele e o efeito que esta provocava. O efeito inebriante provocou-lhe a sua primeira impressão e compreendeu que aquele cenário era uma fachada. Olhou as mulheres e viu como elas se ocultavam atrás de estereótipos, como as máscaras eram cuidadosamente mantidas na frente dos rostos duros de uma vida pouco fácil.

Alegria entendeu que esse era o momento em que ele havia saído daquela família. Foram estes acontecimentos que despoletaram a sua revolta e desejo de quebrar aquela fachada. A dor que sentira na sua alma jovem e imatura ainda tinha resíduos em si. Cuidadosamente analisou cada sensação que perdurava em si. Trouxe luz à ferida e aceitou cada uma delas na sua forma, pois compreendeu que só assim, só com essas mulheres mascaradas ele pudera chegar onde estava. Era a sua missão.

Fora esse momento que lhe tirará o Lar, mas fora esse momento e esse Lar que lhe trouxeram a sua busca interior. Só poderia estar grato. Afinal, a anulação daquele lar trouxera-lhe a construção do seu Templo e isso era tudo o que ele agora desejava.

Abriu os olhos, inspirou profundamente e sentiu-se bem. Um sorriso quase que foi desenhado nos seus lábios. Agora era o momento de mudar, accionar pequenas mortes em si para que tudo se harmonizasse. Era um novo ciclo e com ele um novo Alegria deveria nascer.
«A espada embotada pelo combate é polida por mim. Eu guardo o descanso vigilante e supervisiono os preparativos da batalha. Eu trago apenas libertação e luz para os lugares escuros.»

- Ó Mãe do combate, que sabes como e quando agir, ensina-me a ser um guerreiro da luz.
- Quando estiveres numa qualquer situação e a saída não te parecer possível para nenhum lado, lembra-te, no mínimo há duas hipóteses: ficar ou sair. Às vezes, as saídas parecem inexistentes, mas por mais ténue que seja, ela está lá. Tu és já um Guerreiro de Luz!

- Mas Mãe, nesses momentos a minha visão fica toldada pelos acontecimentos passados. O meu coração fica com medo e a inércia apodera-se de mim. Recolho-me e fico cheio de pena de não ter a coragem ou ousadia para agir.
- Quantas vezes já te falaram do AMOR, quantas vezes já resolveste a situação com esse AMOR? Se o coração fica com medo, abre-o à Luz que existe em ti e fora de ti. Pega na foice e elimina-o. Transmuta-o para a sua oitava superior, pois o medo nada mais é do que a oitava abaixo da coragem e da acção. Tudo pode ser transformado.

«Para onde deves ir? Ambas as correntes fluem para o norte: qual é melhor para ti? Se esperares muito tempo o gelo congelá-los-á. Mantém os teus olhos-do-tempo no Caminho.»

Esta foi a lição que o fim de 2009 e o início de 2010 trouxe para todos nós. Em sintonia com a carta que nos irá conduzir, nesta primeira semana alertam-nos para que tenhamos os olhos atentos às oportunidades.

Como se diz em Cabala, a energia do momento se não for aproveitada, nunca mais se repetirá. Que escolhemos fazer?

Na primeira hora de Lua do dia de Sol, S. Paulo, S. Gonçalo de Amarante
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...