quarta-feira, junho 24, 2009

Oração a São João

Esta oração é retira de um compêndio espectacular que a editora Anjo Dourado publicou, chama-se O Grande Livro de Orações, um must em qualquer biblioteca caseira. Desde que o adquiri tem estado na cabeceira da minha cama e quase todas as noites encontro nele uma oração para alguém que me pediu ajuda ou para mim mesma. Divino!!!

A noite mágica de São João já foi e este ano decidi seguir o meu coração e não realizei os rituais que há dois anos faço nessa noite. Não sei bem as razões, pois foi uma questão emocional, não estava para ali virada, a experiência do passado ano ainda estava muito na minha mente. Todavia não quero deixar que essa noite fique em claro, por isso partilharei a oração que creio ter dado origem a um dos rituais. Esta oração pode muito bem substituir um ritual, quem sabe este ano crio o meu próprio ritual para essa noite cheia de poder!


Para conseguir encontrar um companheiro.

Nesta noite mística, meu São João, em que elevo o meu pensamento ao Alto, peço-te, meu pastor de ovelhas, a tua protecção, a tua ajuda, a tua intercepção para que eu possa demonstrar a minha fé em ti.

Peço-te, Santo, que esta devota tenha o teu amparo quando pisar as brasas ardentes; que o fogo não me queime, assim como a iniquidade que havia; ao tempo em que viveste não queimou as virtudes que possuías; assim como a ovelha indefesa encontra guarida nos teus braços, quero também encontrar amparo na tua bondade; assim como a ovelha tímida e humilde tem a tua protecção, quero também que sejas o meu pastor.


Meu São João, permite que nesta noite de mistério e poesia eu saiba destinguir ou escolher aquele que será meu companheiro.


Assim como arde a fogueira em teu louvor, que também a chama da paixão e do amor queime no coração do eleito, de quem eu gostaria e pretendo faze-lo feliz sobre a tua protecção.
Noite fria.

Fria também é a minha Vida; porém, quando invoco o teu bendito nome, a minha fé é quente e percebo que a minha esperança também se aquece, porque sei que nunca desamparaste uma ovelha tua meu São João, quando fito a fogueira em teu louvor, a minha súplica é a de que os males que me afligem se tornem cinzas como a sua lenha; que esta prece suba ao céu como a sua fumaça; que o sofrimento que me fustiga se queime nas suas labaredas; que ao apagar-se também se extinga o ódio, o ciúme, a inveja, a perseguição, enfim a maldade dos meus adversários e que no próximo ano, eu acenda outra fogueira em agradecimento a ti, pela graça que alcançarei ainda neste dia.


Num dia do Nascimento de São João Baptista e Rafael, Regente da Energia de Mercúrio

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...