sábado, Junho 20, 2009

Ritual do Solstício de Verão

Amanhã chegará o Verão, chegará o ponto auge da maturidade do Sol, isto é, será o dia em que a sua energia emanada será mais forte, pois a partir dai começará o seu declínio, o seu enfraquecimento. Será o dia em que o deus Pai emanará o Triplo Raio sobre a Terra. Por tal, será um dia para comemorar e aproveitar para nos reequilibrarmos, colocarmo-nos em sintonia com a Grande Roda da Vida.

Como é uma noite de festa deveremos ter vinho, água, uma vela vermelha e uma verde, pois a festa é dedicada à energia Primordial nas suas duas polaridades.

Depois de fecharmos o Círculo de protecção e pedir às Entidades que venham estar presentes para nos auxiliar, comecemos este ritual por colocar a vela vermelha à direita e a verde à esquerda da taça grande. No meio da taça grande, a taça que habitualmente usamos para o fogo, devemos colocar uma taça com água.
Acendemos a vela verde e dizemos:
- Grande Mãe, que te manifestas nas florestas verdes, Senhora das Estrelas, Tecelã dos Destinos, eu te invoco em todos os teus nomes e poderes e peço-te que abençoes esta água.

Acendemos a vela vermelha e dizemos:
- Senhor do Sol, que dás fertilidade e abundância à Grande Mãe, eu te invoco em todos os teus nomes e poderes e peço-te que me acompanhes e protejas neste ritual.

Erguemos os braços sobre a taça grande e dizemos:
- Esta é a Taça Sagrada da Grande Mãe das Três Idades. Esta é a água consagrada que abençoa e renova, tal como os raios do Sol alimentam e abençoam a vida.

Passamos as mãos sobre as chamas das velas, verde e vermelha, enquanto se faz um pedido ou se manifesta um desejo.
Mergulhar o dedo indicador na água consagrada e traçar um pentagrama sobre a fronte.
Ajoelhar perante o altar. Dizer:
- Sou uma pedra do Grande Templo, sem tamanho nem idade, onde a Energia Primordial, nas suas duas polaridades, se manifesta aos homens. Sou uma serva da Grande Mãe e do Grande Pai. Que as Energias e as entidades dos Planos Intermédios sejam minhas testemunhas.

Colocar a taça do vinho, por alguns minutos, sobre o pentagrama. em seguida, erguer a taça, com ambas as mãos, sobre o altar.
Dizer:
- Honra para os Senhores dos Planos, Entidades Intemporais, manifestações da Energia Primordial.
Que a sua bênção caia sobre a Terra.
Que os nossos justos desejos se cumpram.
Que o Bom Caminho continue a ser percorrido.
Assim seja.
Depois disto, despedirmo-nos das entidades que nos protegeram, enviando-as de volta e abrimos o Círculo.

in, Rituais Para um Novo Mundo, José Medeiros

Num dia de São Silvério e de Cassiel, Regente da Energia de Saturno
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...