terça-feira, junho 08, 2010

Úrano na casa VIII? Sou livre desapegando-me

Depois do post de ontem, chega hoje Úrano na casa VIII. Porquê? Porque sim! Esta casa tem tudo a ver com morte e sexo. Julgavam o quê? Que eu me tinha passado e colocado algo que não fazia sentido!?! ihihihihihihi Ainda não...ainda não...

As pessoas que nasceram com este posicionamento têm como lição aprender a viver desapegadamente do mundo manifestado, seja material ou sexualmente. Porém, este é o seu campo de trabalho. A liberdade pode e deve ser atingida através do sexo, a magia sexual é uma arte que não devem descurar.

Estas pessoas têm naturalmente uma sensibilidade para o mundo do além, o oculto, o mistério, a alquimia, a feitiçaria. Os mistérios da vida e da morte são assuntos que os interessam. Esteja Úrano aflito ou harmonioso a morte é uma constante da vida destas pessoas. Podem ter experimentado, por si ou por pessoas próximas, a fragilidade deste mundo físico. Diz-se que estas pessoas podem, até, percepcionar a hora da sua morte (apre!).

Materialmente recebem quantidades de energia muito grandes de  forma inesperada, através de heranças, investimentos, seguradoras, jogos ou até simplesmente dos impostos. A utilidade que lhe darão dependerá de cada um.

Seja como for, este posicionamento indica pessoas com grandes aptidões para o sobrenatural que desejam conhecer a vida além aparências. Se seguem o seu desejo ou não, isso é outro assunto, mas que têm estas capacidades, lá isso têm.

Para mim, o campo de trabalho é através das relações sexuais que estabelecem onde, dependendo do grau de conhecimento, conseguiram manipular a kundalini e tornar-se num receptor de Conhecimento muito forte.

Quando Úrano está aflito todas estas características tendem a ser menos positivas, dando origem a manipuladores possessivos, cujas relações são o alvo predilecto de Úrano, ou seja, é aqui que as mudanças súbitas ocorrem.

Como famosos a título de exemplo temos os seguintes: Marilyn Monroe, Monica Bellucci, a Princesa Diana, Léonard de Vinci, Helena Blavatsky, Guy de Maupassant, Julio Iglesias, Sean Penn, Ava Gardner, Greta Garbo,  Coco Chanel e Silvio Berlusconi.

Na primeira hora de Júpiter do dia de Marte, S. Salustiano, S. Severino
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...