quinta-feira, outubro 02, 2008

Dia dos Santos Anjos da Guarda

Hoje não poderíamos deixar este dia passar em branco e uma partilha especial para esta Força que, 24 horas sobre 7 dias por semana, nos acompanha e protege torna-se vital.
Para hoje e para o meu anjinho especial Lelahel deixo uma história pessoal.
A minha avó materna insistiu durante muito tempo ensinar-me a rezar, mas para uma criança como eu era na altura rezar era algo demasiado abstracto e como nunca fui de decorar as coisas, as suas tentativas eram inúteis. Na verdade ainda hoje sou assim, as coisas têm de fazer sentido para que eu as aprenda, senão não vale a pena, a informação simplesmente não entra. É engraçado que decorar significa saber de cor e a expressão antigamente significava saber de coração, em inglês ainda tem esse significado "know by heart", mas hoje em dia esse belo significado em Português perdeu a sua força e saber de cor é simplesmente debitar matéria.
Sendo eu assim, de todas as rezas que a minha avozinha me tentou transmitir, apenas uma ficou, talvez porque fosse a única que eu achasse que fazia sentido, que era algo que eu percebia. Hoje fico triste por não ter tido a capacidade de as aprender, mas o certo é que houve outra senhora que apareceu na minha vida e me foi transmitindo essa tradição, por isso tudo está bem.
A oração tem, obviamente, a ver com o Anjo da Guarda e é uma rima muito simples, mas para mim ainda hoje muito forte.

Anjo da Guarda
Minha Companhia
Guardai a minha Alma
De Noite e de Dia.

Num dia de Júpiter e de Saquiel
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...