segunda-feira, setembro 29, 2008

Dia do Arcanjo Miguel

Hoje é um dia muito especial, é o dia em que muita gente se une e comemora São Miguel Arcanjo.
Apetece-me falar um pouco sobre o que esta Força significa para mim, porém, inevitavelmente terei de dizer que apesar da Igreja Católica e a maioria dos seus crentes utilizarem este Anjo para os proteger das ciladas, dos demónios e dos inimigos, Miguel para mim é muito mais do que isso.
Primeiro, não é um Anjo da Igreja Católica, é uma energia poderosa que desde tempos imemoriais tem vindo a ajudar a humanidade na sua evolução, pelo menos é assim que eu entendo a palavra Anjo, que desde cedo existe ao dispor de quem dele quiser ajuda e que pode assumir qualquer forma.
Segundo, não é aquele Anjo severo, demolidor e cheio de rigor que tantos querem transmitir; mas, em defesa poderemos dizer que a Energia assume a Força e Características que cada um mais precisa, talvez por isso exista tanta gente a ver o Miguel como um punidor, talvez essas pessoas se achem pecadoras e que necessitam dele para as Salvar. Não estou a julgar nada nem ninguém, cada um tem as suas tarefas para ultrapassar e as suas arrestas para limar neste Caminho Espiritual, todos estamos a tentar chegar a algum lado, que nem sempre é o mesmo para todos!
Eu vejo Miguel como uma Força, uma Fonte de Energia inesgotável que está próximo da Verdadeira Fonte de Luz, uma Entidade que é doce e quente, que me ajuda a ultrapassar as minhas dificuldades dando-me coragem e força de actividade, que me ajuda a ser Verdadeira, eliminado as mentiras da minha vida, a ilusão, que através do seu Fogo Demolidor eu posso queimar todas as minhas impurezas e das cinzas restabelecer-me. Em verdade, é assim que eu vejo Miguel, o Anjo regente do Fogo.
Acho que isto dos Anjos é uma experiência que se vive dentro de cada um e que não basta contentarmo-nos com o que lemos ou ouvimos os outros falar, é preciso conhecê-los pessoalmente, sentir dentro de nós essa energia para melhor a reconhecermos, sabermos bem em que momentos ela está mais próxima, como a chamar e como lhe agradecer. Assim, hoje vou deixar o Ritual de Contacto que utilizo sempre que necessito ou quero simplesmente conversar com Miguel, sim, utilizo um ritual para isso. Às vezes é importante dedicar-lhes toda a nossa atenção e mesmo se estamos habituados a conversar diariamente com eles no nosso dia-a-dia não quer dizer que uma vez ou outra não lhes possamos fazer uma festa diferente.
Começo por tomar um banho de imersão, preparar o espaço onde faço os meus rituais normalmente e depois digo as seguintes palavras:

Que desde um Ponto de Luz na mente do Criador Desça a Luz às mentes dos homens e à Terra. Que desde um ponto de amor no coração do Criador, Desça amor aos corações dos homens. Que desde o centro onde a Vontade do Criador é conhecida, Desça a Energia e guie as pequenas vontades dos homens, No propósito que os Mestres conhecem e servem. Que no centro a que chamamos a raça dos homens, Que se realize o plano de Amor e de Luz E feche a porta onde se encontra o mal. Que a Luz, o Amor e o Poder restabeleçam o Plano Divino sobre a Terra, hoje e por toda a Eternidade.
Ámen! Ámen! Ámen!

Depois fecho o círculo mágico invocando:
a Oriente o Arcanjo Rafael, vejo o Oriente encher-se de luz amarela e o Anjo de asas abertas; a Sul o Arcanjo Miguel, vejo o Sul encher-se de luz vermelha e o Anjo de asas abertas a tocarem nas do Rafael; a Ocidente o Arcanjo Gabriel, vejo o Ocidente encher-se de luz azul e o Anjo de asas abertas a tocarem nas de Miguel e por último a Norte o Arcanjo Uriel, vejo o Norte encher-se de luz verde e o Anjo de asas abertas a tocarem nas de Rafael e de Gabriel.
Permaneço no centro deste círculo e faço uma vénia a cada um dos Anjos, sentindo-me relaxada e muito protegida, viro-me para o Anjo com que quero falar e faço-o. Neste caso viro-me para o Sul e falo com Miguel. A Miguel posso sempre recorrer para pedir conselhos sobre as acções que devo tomar, se determinada atitude que tive foi a correcta ou não, se alguém me mentiu ou se eu menti a alguém. Posso também contar apenas com ele para desabafar ou para pedir conforto, o fogo é sempre reconfortante. Por vezes pode acontecer não o ver e apenas sentir a sua energia, quando assim é gosto de fazer algo diferente e apenas ficar sentada a bater palmas em sintonia com o meu batimento cardíaco para lhe agradecer a sua ajuda e apoio. Miguel gosta muito de música e eu gosto de lhe agradecer dessa forma.
Para desfazer o círculo faço na mesma ordem e despeço-me, vendo ou imaginando a energia a desaparecer.
Fica aqui esta partilha que espero poder ajudar alguém a descobrir um pouco mais sobre como contactar com esta energia tão poderosa, mas lembrem-se não há receitas perfeitas, o importante é experimentar e ver como funciona na sua cozinha.

Num dia de Lua e de Gabriel, dia de São Miguel Arcanjo
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...