quinta-feira, janeiro 08, 2009

A alegria de ser Mulher!

Ontem foi um dia em pleno!!! Primeiro dia 7 do ano em cheio!!!
Às quartas-feiras à tarde estou normalmente com as minhas primas lindas, uma com 10 e outra com 11 anos de idade, dando-lhes um apoio ao estudo. Verdade seja dita que, na maioria das vezes, brincamos mais do que estudamos, mas quando é para trabalhar, trabalhamos mesmo. Apreciamos tanto a presença umas das outras que até mesmo a trabalhar nos damos bem. Elas são filhas dos meus primos, portanto minhas primas em segundo grau, mas na verdade o que sinto é como se elas fossem minhas sobrinhas. Refiro aqui o grau de relacionamento porque acho bizarro esta ligação que existe entre nós. Quando eu era da idade delas, não havia primas da minha mãe para brincar comigo, eram todas mais ou menos da minha actual idade, senão mesmo mais jovens, mas pareciam tão mais velhas! Sempre achei que estas duas pérolas, quando crescessem, e dado a minha profissão, se afastariam, pois ninguém quer estar com a tia/prima careta. Porém, isso não aconteceu e parece que até se verifica o contrário, quanto mais velhas mais gostam de estar comigo e eu com elas. Brincamos muito, pintamos, fazemos yoga, vamos à Net e até cozinhamos. Eu tenho a disponibilidade que, por vezes, as mães (por variadas circunstâncias, não é um julgamento) não têm e acho que é isso que elas valorizam.

Mas a partilha de hoje tem a ver com uma coisa linda, a mais nova tornou-se mulher!!!
Há uns tempos li um ritual lindo que as mães bruxinhas fazem com as filhas nesse dia e achei tão lindo que pensei que gostaria de fazer com elas, mas depois reflecti que talvez as suas mães não apreciassem muito isso (por vezes elas não me acham muito boa influência, permitem que eu esteja com elas enquanto a prima professora, mas de outra forma acham-me um pouco estranha demais! Eu não me importo, pois já há muito que me aceitei como sou, e seja de que forma for as minhas priminhas lindas gostam de mim!) e fazer o ritual um segredo entre nós não me parece correcto. Não sei, confiarei no Universo talvez ele me mostre o que fazer.
O ritual consiste em criar uma boneca de trapos, colocando dentro dela um desejo especial, um objecto querido da infância e um cabelo. Depois cose-se a boneca e esta ficará para sempre consigo, até ao dia em que a sua filha realizar a sua, aí a boneca da mãe é queimada pois o seu papel foi cumprido e há no mundo outra bruxa para lhe dar continuidade.

Apeteceu-me fazer o ritual, mas não fiz...Contudo, vi que ela não estava muito feliz e que até achava que os homens também deviam ter aquilo, porque é que tinham de ser só as mulheres a sofrer?
Depois de um tempo, quando estávamos a arrumar os enfeites e árvore de Natal, como não quer a coisa, disse-lhe:
- Sabes, hoje é um dia importante para ti, tornaste-te mulher! A partir de hoje tens em ti a possibilidade de dar continuidade à Humanidade, de ter um filho, de te tornares mãe! E isso é muito importante, não é um fardo, é um dom.
Ficou pensativa e questionou-me porque eu não queria ser mãe. Ai as crianças...no meu tempo bastava um faz o que eu digo e não faças o que eu faço, mas com estas de hoje em dia isso não resulta.
Lá conversámos mais um pouco, dei-lhe as minhas razões e pareceu-me que aceitou melhor esta sua nova condição, que ela vê (espero que via) como uma condenação!
Esta oportunidade de estar presente no dia em que isto aconteceu deixou-me mesmo a pensar no ritual de iniciação que é transmitido de mãe para filha...tem uma importância tão grande!
O sagrado feminino tão mal tratado durante tanto tempo que agora só nos resta que estas novas gerações aceitem e compreendam a importância dos seus papéis para a História da Humanidade.
Depois tive a oportunidade de partilhar uma experiência de vida para ajudar alguém e, no fim do dia em jeitos de cereja no topo do bolo de chocolate receado de morangos e com cobertura de leite condensado, o anúncio do nascimento de mais uma linda menina, que se chamará Margarida.

Foi sem dúvida um dia em pleno no meio de mulheres...essas deusas inspiradoras!

Num dia de São Lourenço, São Pedro Tomás, São Everardo, Santa Gúdula e de Saquiel, Regente da Energia de Júpiter
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...